Curso grátis de produção cultural, programação e curadoria: faça sua inscrição na SP Escola de Teatro!

SP Escola de Teatro oferece curso grátis de produção cultural, programação e curadoria – Foto: Nappy – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Que tal estudar produção cultural, programação e curadoria de graça? Até 9 de agosto, a SP Escola de Teatro está com inscrições abertas para o curso presencial e gratuito Produção Cultural Contemporânea, Programação e Curadoria, com Fabio Maleronka.

Aulas no centro de SP

O curso promove a formação de redes e a mobilização de recursos criativos, para isso são apresentados módulos sobre as linguagens artísticas específicas e é proposto um debate sobre o audiovisual em diferentes perspectivas e diante das vertiginosas alterações no setor. A primeira aula será na unidade Roosevelt da SP e o restante do curso será ministrado no Cine Satyros Bijou, no centro de São Paulo. As aulas acontecem de 17 a 26 de agosto, de segunda a sábado, das 13h às 19h, e as inscrições podem ser feitas pela ficha de inscrição disponível no site da SP.

A finalidade principal da oficina é a de constituir um programa de formação, cujo papel principal é de atualizar e produzir conhecimentos na área da gestão cultural, para isso, as aulas foram organizadas em módulos autônomos acerca do audiovisual. Os aprovados serão divulgados no dia 10 de agosto e a matrícula será online e acontece nos dias 11 e 12 de agosto.

Saiba mais e faça sua inscrição gratuita!

Fachada da SP Escola de Teatro na Praça Roosevelt – Foto: Andre Stefano – Divulgação

Orientador

Fabio Maleronka Ferron é mestre em Estudos Culturais pela Universidade de São Paulo (2017). Foi Diretor Geral de Programação e Eventos da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo (2013-2016), com destaque para a implantação do Circuito Municipal de Cultura . Foi curador da Virada Cultural em 2014 e 2015. Integrou do Conselho Gestor do Auditório Ibirapuera Oscar Niemeyer (2013 2016), é membro do Conselho de Administração da SPcine- Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo (2015-2017)). Em 2010, coordenou série Produção Cultural no Brasil. Foi Consultor do Ministério da Cultura pelo Centro de Gestão e Assuntos Estratégicos em Brasília durante a gestão Gilberto Gil. Fabio Maleronka é um dos organizadores do livro “Depois da Última Sessão de Cinema — Spcine, Audiovisual e Democracia”(2021), publicação que reúne 40 entrevistas inéditas, que roteirizam um panorama do setor com conversas e histórias de produtores, cineastas, empresários, associações e gestores. Seus depoimentos ajudam a explicar como paixão, criatividade e resistência política se unem na atividade audiovisual realizada na cidade de São Paulo.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Jô Soares sofre censura após morte Diário de Pilar na Grécia faz temporada no Teatro das Artes em SP O Deus de Spinoza estreia no Teatro Itália Bandeirantes Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz