Wander B. finaliza peça à luz de velas após corte de energia no Bixiga

Por Miguel Arcanjo Prado

O ator, dramaturgo e diretor Wander B. mostrou farta resistência e criatividade na última sessão de sua peça digital O Inferno É Um Espelho da Borda Laranja, na última quinta, 28, pela SP Escola de Teatro Digital. É que acabou a energia elétrica do seu prédio, no bairro do Bixiga, em São Paulo, durante a sessão.

Mas, o artista não se fez de rogado. Reconectou-se com o público utilizando o celular e realizou o espetáculo à luz de velas, no que foi fortemente aplaudido ao fim pelas mais de 30 pessoas que acompanhavam a “sessão histórica”, como ele mesmo definiu. O produtor Rodrigo Barros, responsável pela transmissão, ficou impressionado com a garra do artista. “Ele foi um guerreiro”, diz.

Wander explica o porquê de continuar, mesmo diante do imprevisto. “Como diz no texto da peça: houve um combinado com o meu pai, combinado feito no leito de morte: independente do que acontecer, você precisa se apresentar: The show must go on!!! E foi o que fiz”, conta, em conversa com o Blog do Arcanjo.

Ao ficar sem luz de repente, o profissional dos palcos que celebra 20 anos de carreira com este espetáculo rapidamente pensou numa solução. “Me veio a ideia: vou voltar ao vivo. Preparei tudo rapidamente e, naquele momento da peça, o momento da quebra épica em que conto essa história do meu pai, esse compromisso que fiz com ele e com a minha arte, eu pedi pra produção interromper o vídeo e continuei a peça até o fim à luz de vela”, recorda, orgulhoso do feito.

“Essa sessão vai ficar no coração para sempre”, finaliza Wander B.

+ Artistas, Cultura e Entretenimento

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

Siga @miguel.arcanjo

Ouça o Podcast do Arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *