Gal Costa morre aos 77 anos, uma das maiores cantoras do Brasil de todos os tempos

Gal Costa morre aos 77 anos em São Paulo – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Morreu Gal Costa, uma das maiores cantoras do Brasil, aos 77 anos, em São Paulo, nesta quarta-feira (9). A cantora baiana sofreu uma parada cardíaca, mas não foram dados detalhes da causa da morte por sua assessoria, que apenas confirmou o óbito. A artista havia se afastado dos palcos após uma cirurgia para retirada de nódulo na fossa nasal direita.

O corpo da cantora Gal Costa será velado na Assembleia Legislativa de São Paulo, na sexta-feira (11) das 9h às 15h. A cerimônia será aberta ao público. O enterro será fechado apenas para amigos próximos e familiares.

Gal Costa e suas famosas pernas abertas tocando violão nos anos 1970 – Foto: Arquivo Gal Costa – Blog do Arcanjo

Maria da Graça Costa Penna Burgos nasceu em 26 de setembro de 1945 em Salvador e foi a voz de clássicos da MPB como Festa do Interior, Divino Maravilhoso, Baby, Dia de Domingo com Tim Maia, Pérola Negra e Barato Total, entre outros.

Cantora brasileira de grande projeção internacional e famosa em países como Argentina e Uruguai, a baiana construiu 57 anos de carreira, iniciada em 1965, já cantando músicas dos amigos de toda uma vida Caetano Veloso e Gilberto Gil. Ela ainda era Maria da Graça quando lançou Eu Vim da Bahia, de Gil.

Em 1968, integrou o movimento da Tropicália, com músicas como Baby e Divino Maravilhoso. Nos anos 1970, abraçou a contracultura e a psicodelia. Seu poin na praia de Ipanema virou as Dunas da Gal. São dessa época hits como Vapor Barato e Pérola Negra. Suas pernas abertas tocando violão levavam o público ao delírio. Ela também fez o grupo Doces Bárbaros, com os amigos Caetano Veloso, Gilberto Gil e Maria Bethânia.

Nos anos 1980, rejuvenesceu seu repertório ao gravar Brasil, de Cazuza, tema de abertura da novela Vale Tudo. Em 2018, gravou Cuidando de Longe, de Marilia Mendonça. Seus LPs são cultuados até hoje, como Gal Fa-tal, Cantar, Índia e Profana.

Gal Costa a Twitteren: "#TBT De volta aos anos 70 #GalCosta  https://t.co/2CFnSXc6wD" / Twitter

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, Rede Brasil, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana Caetano Veloso se emociona em show após morte de Gal Costa Prêmio Arcanjo de Cultura acontece no Teatro Sérgio Cardoso