Orquestra Ouro Preto faz tributo a Vander Lee com participação da filha e do irmão do cantor

O cantor e compositor mineiro Vander Lee é homenageado pelos filhos e Orquestra Ouro Preto – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Concerto reúne músicas do disco O Balanço do Balaio, lançado por Vander Lee em 1999

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Ele cantava que “romântico é uma espécie em extinção”. E tinha toda razão. A Orquestra Ouro Preto presta tributo ao cantor e compositor Vander Lee (1966 – 2016) em concerto que promete tocar o coração do público no dia 7 de agosto, às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium, em Belo Horizonte. A cantora Laura Catarina, filha de Vander Lee, e o irmão do cantor, Marcos Catarina, são presenças confirmadas na homenagem.

Cantar as músicas do meu pai com a Orquestra Ouro Preto é a realização de dois sonhos ao mesmo tempo! Sempre amei orquestra e sua potência, sua grandiosidade sonora. Meu pai tinha o sonho de ouvir suas músicas com arranjos de orquestra e não pôde realizar em vida, então, considero um privilégio representá-lo nesse sonho realizado.

Laura Catarina
cantora e filha de Vander Lee

Sob a regência do Maestro Rodrigo Toffolo, que afirma que o compositor levou a música mineira além das montanhas do estado, o trabalho resgata um dos discos mais emblemáticos de Vander Lee: No Balanço do Balaio, lançado em 1999. Os sambas bem-humorados e as baladas românticas que compõem o álbum ganham versões orquestradas, com arranjos assinados por Marcelo Ramos.

No Balanço do Balaio tem uma diversidade rítmica enorme e além de maravilhoso, o disco é uma ode à mineiridade. Retrata o cotidiano da capital mineira com uma poética sensível, intensa e popular, de maneira que nenhum outro compositor fez. Suas letras demonstram uma intimidade com uma cidade e cultura, com uma musicalidade genuinamente brasileira.

Maestro Rodrigo Toffolo
Regente da Orquestra Ouro Preto

No Balanço do Balaio traz o sotaque mineiro em letras e versos que passam por temáticas do cotidiano da cidade, como o trajeto ao trabalho em ônibus lotado, apelidado pelos belo-horizontinos de “balaio”, as torcidas dos times do coração até os encontros românticos. O álbum revelou a essência de suas composições, o violão refinado e o intérprete sensível que partiu precocemente em 2016.

Quem foi Vander Lee

Conhecido como um dos compositores mais talentosos de sua geração, o belo-horizontino Vander Lee (1966 – 2016) trouxe para a cena musical brasileira seu olhar poético e original, ao longo dos seus 17 anos de carreira. Começou tocando em bares da capital mineira e aos poucos foi introduzindo seu repertório autoral, se apresentando pelos teatros da cidade e interior. Em 1996, ganhou o segundo lugar no festival ‘Canta Minas’, com a música ‘Gente não é cor’. Esse foi o impulso para o artista produzir seu primeiro CD, independente. Em 1998, a convite da cantora Elza Soares fez participações nos shows dela em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. A partir daí gravou com outros grandes nomes da MPB, como Zeca Baleiro, Rita Ribeiro, Emilinha Borba, Leila Pinheiro e Nando Reis. Músicas de sua autoria foram gravadas por Maria Bethânia, Gal Costa, Fábio Júnior e outros intérpretes. Foi autor de sucessos como “Românticos”, “Iluminado” e “Esperando Aviões”. Sua discografia conta com 10 discos e 2 DVDs. Os filhos herdaram o talento para a música e deram continuidade ao seu trabalho. Em 2021, foi lançada a música “A vida não são flores”.

Orquestra Ouro Preto: Vander Lee

Dia: 7 de agosto de 2022, domingo, às 11h.

Local: Grande Teatro do Sesc Palladium – Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro – Belo Horizonte

Classificação: Livre para todas as idades.

Ingressoshttps://bileto.sympla.com.br/event/75362/d/150996

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, Rede Brasil, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana Caetano Veloso se emociona em show após morte de Gal Costa Prêmio Arcanjo de Cultura acontece no Teatro Sérgio Cardoso