Orquestra Ouro Preto faz tributo a Vander Lee com participação da filha e do irmão do cantor

O cantor e compositor mineiro Vander Lee é homenageado pelos filhos e Orquestra Ouro Preto – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Concerto reúne músicas do disco O Balanço do Balaio, lançado por Vander Lee em 1999

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Ele cantava que “romântico é uma espécie em extinção”. E tinha toda razão. A Orquestra Ouro Preto presta tributo ao cantor e compositor Vander Lee (1966 – 2016) em concerto que promete tocar o coração do público no dia 7 de agosto, às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium, em Belo Horizonte. A cantora Laura Catarina, filha de Vander Lee, e o irmão do cantor, Marcos Catarina, são presenças confirmadas na homenagem.

Cantar as músicas do meu pai com a Orquestra Ouro Preto é a realização de dois sonhos ao mesmo tempo! Sempre amei orquestra e sua potência, sua grandiosidade sonora. Meu pai tinha o sonho de ouvir suas músicas com arranjos de orquestra e não pôde realizar em vida, então, considero um privilégio representá-lo nesse sonho realizado.

Laura Catarina
cantora e filha de Vander Lee

Sob a regência do Maestro Rodrigo Toffolo, que afirma que o compositor levou a música mineira além das montanhas do estado, o trabalho resgata um dos discos mais emblemáticos de Vander Lee: No Balanço do Balaio, lançado em 1999. Os sambas bem-humorados e as baladas românticas que compõem o álbum ganham versões orquestradas, com arranjos assinados por Marcelo Ramos.

No Balanço do Balaio tem uma diversidade rítmica enorme e além de maravilhoso, o disco é uma ode à mineiridade. Retrata o cotidiano da capital mineira com uma poética sensível, intensa e popular, de maneira que nenhum outro compositor fez. Suas letras demonstram uma intimidade com uma cidade e cultura, com uma musicalidade genuinamente brasileira.

Maestro Rodrigo Toffolo
Regente da Orquestra Ouro Preto

No Balanço do Balaio traz o sotaque mineiro em letras e versos que passam por temáticas do cotidiano da cidade, como o trajeto ao trabalho em ônibus lotado, apelidado pelos belo-horizontinos de “balaio”, as torcidas dos times do coração até os encontros românticos. O álbum revelou a essência de suas composições, o violão refinado e o intérprete sensível que partiu precocemente em 2016.

Quem foi Vander Lee

Conhecido como um dos compositores mais talentosos de sua geração, o belo-horizontino Vander Lee (1966 – 2016) trouxe para a cena musical brasileira seu olhar poético e original, ao longo dos seus 17 anos de carreira. Começou tocando em bares da capital mineira e aos poucos foi introduzindo seu repertório autoral, se apresentando pelos teatros da cidade e interior. Em 1996, ganhou o segundo lugar no festival ‘Canta Minas’, com a música ‘Gente não é cor’. Esse foi o impulso para o artista produzir seu primeiro CD, independente. Em 1998, a convite da cantora Elza Soares fez participações nos shows dela em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. A partir daí gravou com outros grandes nomes da MPB, como Zeca Baleiro, Rita Ribeiro, Emilinha Borba, Leila Pinheiro e Nando Reis. Músicas de sua autoria foram gravadas por Maria Bethânia, Gal Costa, Fábio Júnior e outros intérpretes. Foi autor de sucessos como “Românticos”, “Iluminado” e “Esperando Aviões”. Sua discografia conta com 10 discos e 2 DVDs. Os filhos herdaram o talento para a música e deram continuidade ao seu trabalho. Em 2021, foi lançada a música “A vida não são flores”.

Orquestra Ouro Preto: Vander Lee

Dia: 7 de agosto de 2022, domingo, às 11h.

Local: Grande Teatro do Sesc Palladium – Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro – Belo Horizonte

Classificação: Livre para todas as idades.

Ingressoshttps://bileto.sympla.com.br/event/75362/d/150996

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz Musical A Pequena Sereia encanta família inteira no Teatro Santander Capital Inicial lança Natasha com feat de Marina Sena Evita Open Air conquista o público no Parque Villa-Lobos