Cinema de rua em São Paulo: 8 espaços para ver filmes como nos bons tempos

Cine Satyros Bijou na Praça Roosevelt: São Paulo conserva cinemas de rua com programação inteligente – Foto: Andre Stefano Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Felizmente, a cidade de São Paulo ainda conserva o bom e velho cinema de rua em oito espaços que resistem à sanha predatória das grandes salas de shoppings e igrejas evangélicas. A aposta desses lugares é ser um lugar agradável e aconchegante, onde se pode ver filmes de alta qualidade artística, em uma ambientação sofisticada e, muitas vezes, vintage.

Esses lugares proporcionam uma experiência de ida ao cinema como nos velhos tempos, a começar por planejar a saída cultural com alguém interessante. Algo muito valioso nesta era do streaming visto em casa, geralmente na cama, de pijama, e de relações via redes sociais. O Blog do Arcanjo apresenta oito cinemas de rua de São Paulo que merecem a sua visita. Afinal, já passou da hora de se levantar, tomar aquele bom banho, vestir uma roupa linda e sacudir a poeira da quarentena!

Satyros Cine Bijou

Praça Franklin Roosevelt, 172, metrô República ou Higienópolis-Mackenzie @satyrosbijou

As poltronas vermelhas de couro dão o tom do célebre espaço de cine arte aberto em 1962 na intelectual Praça Franklin Roosevelt, 172. Reinaugurado no aniversário de São Paulo, em 25 de janeiro último, por Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, fundadores da Cia. de Teatro Os Satyros, após mais de duas décadas sem projeções, a sala única de 77 lugares do Satyros Cine Bijou recebeu o nome da atriz Patricia Pillar. Não custa lembrar que a atriz já representou o Brasil no Oscar com o filme O Quatrilho. A programação é diversa e traz novidades do cinema brasileiro independente, com curadoria de Guilherme Marback, além de lançamentos, palestras, debates e eventos especiais do audiovisual.

Reserva Cultural

Avenida Paulista, 900, metrô Trianon-Masp ou Brigadeiro @reserva_cultural

Com sua grande janelona de vidro para a mais icônica avenida paulistana, o Reserva Cultural é um dos mais charmosos cinemas da cidade desde 1967. A programação elegante posta em filmes de alta qualidade em suas quatro salas, sobretudo aqueles que foram sucessos em festivais como Cannes, Berlim e Veneza. Frequentado por cinéfilos de carteirinha, o local tem restaurante, padaria e café no estilo francês, além de uma livraria que vendem DVDs e Blu-rays de filmes icônicos.

Cinesesc

Rua Augusta, 2075, metrô Consolação @cinesescsp

Outro espaço amado por cinéfilos, sobretudo fãs do cinema brasileiro, o Cinesesc existe desde 1979 em uma das mais famosas ruas da cidade. É nele que acontece o Festival Sesc Melhores Filmes, o mais antigo da cidade, que faz um panorama do melhor do ano anterior, com filmes eleitos pelo público e por críticos renomados (Miguel Arcanjo Prado, diretor do Blog do Arcanjo, integra o júri). Sem preconceitos, o espaço tem programação eclética e abriga pré-estreias e debates, além de sessões especiais dedicadas ao público infanto-juvenil.

Itaú Cinemas

Rua Augusta, 1475, metrô Consolação. @itaucinemas

As cinco salas do Itaú Cinemas na lendária rua paulistana abrigam filmes sofisticados na programação, sobretudo brasileiros, europeus e norte-americanos do circuito arte. Aberto em 1993, o espaço conta com cinco salas, o que permite sempre uma farta programação de filmes. Possui charmoso café, bombonnière e livraria, além de uma bela decoração com pôsteres de filmes de sucesso. É muito frequentado por cinéfilos, artistas e intelectuais.

Petra Belas Artes

Rua da Consolação, 2423, metrô Paulista @petrabelasartes

O icônico cinema que funciona desde 1943 na esquina de Consolação com Paulista atrai gente jovem, inteligente e descolada, mas também antigos cinéfilos que não abrem mão de frequentarem o espaço que quase fechou recentemente. A programação traz filmes de pegada mais artística, mas também é possível ver sucessos de Hollywood. O lugar ainda abriga debates, lançamentos e até mesmo uma feira de discos de vinil.

Cine Marquise

Avenida Paulista, 2073, metrô Consolação @cinemarquise

As charmosas duas salas que compõem o Cine Marquise ficam no famoso Conjunto Nacional. Exibindo filmes desde 1963, a programação do espaço é sofisticada, há ainda um charmoso café no local. A boa localização aliada à uma lista de filmes de arte em cartaz garantem um público elegante e inteligente em suas poltronas.

Cinesala

Rua Fradique Coutinho, 361, metrô Fradique Coutinho. @cinesala

Cinema de rua e de bairro, o Cinesala existe desde 1962 com sua sala única. Localizado em uma região descolada da cidade, aposta em filmes inteligentes para seu público de cinéfilos, artistas e intelectuais. O espaço conta ainda com o Barouche Pipoca, que serve deliciosos acompanhamentos para as sessões intimistas.

Playarte Cine Marabá

Avenida Ipiranga, 757, metrô República @playartebr

Um clássico do centro, a poucos metros da mais famosa esquina paulistana, Ipiranga com São João, o Playarte Cine Marabá aposta em filmes blockbuster, sobretudo filmes arrasa-quarteirão de Hollywood. Inaugurado em 1944, era de efervescência cultural do centro, o lugar é o cinema de rua que tem mais pegada popular, com direito a muita pipoca.

multi colored chairs in row
Photo by Pixabay on Pexels.com

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.