Cinema de rua em São Paulo: 8 espaços para ver filmes como nos bons tempos

Cine Satyros Bijou na Praça Roosevelt: São Paulo conserva cinemas de rua com programação inteligente – Foto: Andre Stefano Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Felizmente, a cidade de São Paulo ainda conserva o bom e velho cinema de rua em oito espaços que resistem à sanha predatória das grandes salas de shoppings e igrejas evangélicas. A aposta desses lugares é ser um lugar agradável e aconchegante, onde se pode ver filmes de alta qualidade artística, em uma ambientação sofisticada e, muitas vezes, vintage.

Esses lugares proporcionam uma experiência de ida ao cinema como nos velhos tempos, a começar por planejar a saída cultural com alguém interessante. Algo muito valioso nesta era do streaming visto em casa, geralmente na cama, de pijama, e de relações via redes sociais. O Blog do Arcanjo apresenta oito cinemas de rua de São Paulo que merecem a sua visita. Afinal, já passou da hora de se levantar, tomar aquele bom banho, vestir uma roupa linda e sacudir a poeira da quarentena!

Satyros Cine Bijou

Praça Franklin Roosevelt, 172, metrô República ou Higienópolis-Mackenzie @satyrosbijou

As poltronas vermelhas de couro dão o tom do célebre espaço de cine arte aberto em 1962 na intelectual Praça Franklin Roosevelt, 172. Reinaugurado no aniversário de São Paulo, em 25 de janeiro último, por Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, fundadores da Cia. de Teatro Os Satyros, após mais de duas décadas sem projeções, a sala única de 77 lugares do Satyros Cine Bijou recebeu o nome da atriz Patricia Pillar. Não custa lembrar que a atriz já representou o Brasil no Oscar com o filme O Quatrilho. A programação é diversa e traz novidades do cinema brasileiro independente, com curadoria de Guilherme Marback, além de lançamentos, palestras, debates e eventos especiais do audiovisual.

Reserva Cultural

Avenida Paulista, 900, metrô Trianon-Masp ou Brigadeiro @reserva_cultural

Com sua grande janelona de vidro para a mais icônica avenida paulistana, o Reserva Cultural é um dos mais charmosos cinemas da cidade desde 1967. A programação elegante posta em filmes de alta qualidade em suas quatro salas, sobretudo aqueles que foram sucessos em festivais como Cannes, Berlim e Veneza. Frequentado por cinéfilos de carteirinha, o local tem restaurante, padaria e café no estilo francês, além de uma livraria que vendem DVDs e Blu-rays de filmes icônicos.

Cinesesc

Rua Augusta, 2075, metrô Consolação @cinesescsp

Outro espaço amado por cinéfilos, sobretudo fãs do cinema brasileiro, o Cinesesc existe desde 1979 em uma das mais famosas ruas da cidade. É nele que acontece o Festival Sesc Melhores Filmes, o mais antigo da cidade, que faz um panorama do melhor do ano anterior, com filmes eleitos pelo público e por críticos renomados (Miguel Arcanjo Prado, diretor do Blog do Arcanjo, integra o júri). Sem preconceitos, o espaço tem programação eclética e abriga pré-estreias e debates, além de sessões especiais dedicadas ao público infanto-juvenil.

Itaú Cinemas

Rua Augusta, 1475, metrô Consolação. @itaucinemas

As cinco salas do Itaú Cinemas na lendária rua paulistana abrigam filmes sofisticados na programação, sobretudo brasileiros, europeus e norte-americanos do circuito arte. Aberto em 1993, o espaço conta com cinco salas, o que permite sempre uma farta programação de filmes. Possui charmoso café, bombonnière e livraria, além de uma bela decoração com pôsteres de filmes de sucesso. É muito frequentado por cinéfilos, artistas e intelectuais.

Petra Belas Artes

Rua da Consolação, 2423, metrô Paulista @petrabelasartes

O icônico cinema que funciona desde 1943 na esquina de Consolação com Paulista atrai gente jovem, inteligente e descolada, mas também antigos cinéfilos que não abrem mão de frequentarem o espaço que quase fechou recentemente. A programação traz filmes de pegada mais artística, mas também é possível ver sucessos de Hollywood. O lugar ainda abriga debates, lançamentos e até mesmo uma feira de discos de vinil.

Cine Marquise

Avenida Paulista, 2073, metrô Consolação @cinemarquise

As charmosas duas salas que compõem o Cine Marquise ficam no famoso Conjunto Nacional. Exibindo filmes desde 1963, a programação do espaço é sofisticada, há ainda um charmoso café no local. A boa localização aliada à uma lista de filmes de arte em cartaz garantem um público elegante e inteligente em suas poltronas.

Cinesala

Rua Fradique Coutinho, 361, metrô Fradique Coutinho. @cinesala

Cinema de rua e de bairro, o Cinesala existe desde 1962 com sua sala única. Localizado em uma região descolada da cidade, aposta em filmes inteligentes para seu público de cinéfilos, artistas e intelectuais. O espaço conta ainda com o Barouche Pipoca, que serve deliciosos acompanhamentos para as sessões intimistas.

Playarte Cine Marabá

Avenida Ipiranga, 757, metrô República @playartebr

Um clássico do centro, a poucos metros da mais famosa esquina paulistana, Ipiranga com São João, o Playarte Cine Marabá aposta em filmes blockbuster, sobretudo filmes arrasa-quarteirão de Hollywood. Inaugurado em 1944, era de efervescência cultural do centro, o lugar é o cinema de rua que tem mais pegada popular, com direito a muita pipoca.

multi colored chairs in row
Photo by Pixabay on Pexels.com

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Governo do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Morre Glória Maria Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão