Crítica: Supla e João Suplicy mostram que o rock’n’roll anda bem vivo

Rock’n’roll, papito: Supla levanta o público no show Suplaego na Audio em São Paulo e conquista as novas gerações – Foto: Divulgação/@suplaoriginal – Blog do Arcanjo 2021

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O ano já está no fim. E todos estamos exaustos, isso é fato. Mas, também é fato que ainda há tempos para constatações que são um verdadeiro alento, como a que este jornalista e crítico chegou na última sexta (17), na casa de shows Audio, em São Paulo, ao apreciar o show dos irmãos Supla e João Suplicy, os Brothers of Brazil, e o posterior show de Supla com sua virtuosa banda: o rock’n’roll ainda está bem vivo. E isso acontece a despeito da predominância de outros estilos musicais mais algoritmados para as atuais paradas digitais de sucesso.

Brothers of Brazil: Supla, Eduardo Suplicy e João Suplicy no palco da Audio em São Paulo – Foto: Divulgação/@suplaoriginal – Blog do Arcanjo 2021

O que Supla e João Suplicy provam é que ainda há espaço para a resistência do velho rock e seu encontro com um público que ainda faz questão de expor seus ouvidos a notas e decibéis não tão programados previamente assim. E a rebeldia com sua constante contestação ao sistema sempre foi o lugar de excelência do rock, e de sua eterna fonte de juventude, como o novo disco Suplaego deixa evidente. Os irmãos visitam o rock com propriedade, bebendo da exuberante fonte chamada música britânica entre 1960 e 1990. E boas referências não faltam aos dois rapazes.

Supla dá um tapa na cara de quem o vê como uma caricatura, provando que é um rock star de farto estilo próprio – Foto: Divulgação @audio – Blog do Arcanjo 2021

Ao navegarem com tamanha naturalidade pelas águas roqueiras, Supla e João fazem o rock conversar com a brasilidade que lhes é intríseca, recriando o estilo à brasileira, dialogando com nossos temas e ritmos e até mesmo com seu progenitor — a participação do pai dos artistas, o político Eduardo Suplicy, foi ponto alto e enternecedor do show.

Supla e João Suplicy no Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal no último dia 8 de dezembro, no qual Supla venceu na categoria Redes – Foto: Divulgação/@joaosuplicy – Blog do Arcanjo 2021

E é preciso aqui dizer que ambos são exímios músicos, tanto João no violão/guitarra quanto Supla em sua bateria implacável e bem ritmada. Eles também seguram com propriedade interessantes arranjos vocais, que mostram que o rock também é terreno de ensaio e compenetrada dedicação.

Se João é uma espécie de roqueiro bom moço bossa nova, o que lhe confere charme especial, Supla é uma intensa explosão. No palco, Supla não duvida em momento algum. É só uma plena certeza que faz levantar até a mais apática das plateias de jovens contemporâneos que precisam aprender a se mexer diante de um rock garage.

Ao renovar seu público, Supla dá um tapa na cara dos maldosos que insistem em tratá-lo como uma caricatura. Afinal, Supla é um rock star que se mantém no tempo eternamente jovem, daqueles que sabem muito bem o que significa ser rock’n’roll, no palco e na vida, baby.

Supla em Suplaego, e Brothers of Brazil, com Supla e João Suplicy
Avaliação: Muito Bom ✪✪✪✪
Crítica por Miguel Arcanjo Prado

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas