Marina Sena, De Primeira: artistas comentam 1º disco solo da cantora

Artistas comentam o disco De Primeira, de Marina Sena, a convite do Blog do Arcanjo
Artistas comentam álbum de estreia solo de Marina Sena, De Primeira, a convite do Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

A cantora Marina Sena acaba de lançar seu primeiro disco solo, De Primeira, que já a colocou no pódio da música brasileira, como definiu o crítico e jornalista Miguel Arcanjo Prado. Diante da novidade, o Blog do Arcanjo convidou 8 artistas companheiros de geração de Marina, alguns que até mesmo já dividiram banda com ela no Rosa Neon e em A Outra Banda da Lua, para dizer o que acham do álbum. Veja só quantas palavras bonitas de uma gente bamba.

Leia também: Marina Sena sobe ao pódio da música com De Primeira

Marina Sena lança disco De Primeira e álbum repercute entre artistas da nova música brasileira - Foto: Fernando Tomaz/Divulgação - Blog do Arcanjo
Marina Sena lança disco De Primeira e álbum repercute entre artistas da nova música brasileira – Foto: Fernando Tomaz/Divulgação – Blog do Arcanjo

Anná

Êta mineira atrevida e antenada! Marina Sena traduz tão bem essa curva que vivemos, curva sonora entre acústico e eletrônico, e a curva das mulheres indo além – antes sós que mal acompanhadas, “se for ruim nem quero!”. Minha preferida em De Primeira é a 9 – Seu Olhar, amei a colagem funk-reggae. Álbum impecável, cantorassa, amei os improvisos, as batidas e o baixo. Não vejo a hora de dançar ao vivo contemplando essa musa!
@canta.anna

Baka

Esse disco da Marina Sena, De Primeira, para mim, é a representação da Broadway brasileira. É uma coisa que dá uma sensação que a gente tá dentro do showbusiness, num filme muito louco, dizendo coisas que a gente se identifica, passando ritmos que a gente quer dançar. É um disco que te envolve, te enlaça, dança com você e te deixa no final feliz e querendo de novo.
@bakadekai

Bia Nogueira

Ouvi o disco da Marina Sena, De Primeira, e fiquei muito feliz. É um trabalho consistente que dialoga com o Brasil e com o mundo. Apesar de ter uma coisa da canção da MPB, ele dialoga com a música produzida no mundo. Achei tropical e solar, gostoso de ouvir. Uma coisa importante é dizer que a Marina é uma mulher, mineira, jovem que está desbravando esse mercado. Ela é resultado da ascensão da música e da cena mineira no Brasil, que começou no Djonga e da Quadrilha, a agência dela. O Djonga foi um padrinho no Rosa Neon e apadrinha outros artistas da cena mineira. Um artista preto periférico do rap está fazendo artistas do pop acontecerem. Isso mostra a importância da cena mineira se unir.
@bianogueiraoficial

Gui Ventura

Conheci o trabalho da Marina Sena na Outra Banda da Lua, e não me surpreende ver o que ela tem construído na sua carreira solo, é uma artista incrível, cantora e compositora habilidosa que sabe costurar com excelência fragmentos da cultura pop com muita personalidade.
@guiventuraoficial

Maíra Baldaia

O que eu acho mais bonito neste voo solo da Marina Sena é que tem muita verdade ali, sabe? Eu vejo a Marina furacão que conheci com A Outra Banda da Lua, a Marina ousada que reencontrei em Rosa Neon e, sobretudo, a Marina muleca de Taiobeiras que já hospedei em minha casa e pude conhecer mais de pertinho, autêntica, simples e gigante ao mesmo tempo, que sempre soube que iria voar alto… Tá tudo ali! De Primeira chega macio nos ouvidos e revela uma Marina Sena que deixa suas raízes brasileiras à mostra, mas com a liberdade de ser pop e ser do mundo! E ser pop é natural pra Marina desde sempre… A gente sente isso nas melodias, letras e arranjos que ela constrói! Sempre torci pelo sucesso dessa moça maravilhosa do norte de Minas e sempre disse que nem o céu seria o limite pra ela, hahaha, e, pois bem, é isso que seu álbum de estreia entrega e vem confirmar! Axé, amiga!
@mairabaldaia

Marcelo Tofani
(ex-Rosa Neon)

A Marina Sena tem um negócio muito raro, que é o seguinte: ela é foda, maravilhosa, desse jeito que a gente vê aí, de um jeito muito fluído. Ela faz parecer que o trem é fácil. E ver as composições que ela já tem há algum tempo crescendo, ficando desse tamanho, inclusive parabéns para Iuri Rui Branco, você malou na produção, meu mano. Esse disco De Primeira está maravilhoso, estamos viciados aqui em casa. Marina, você já é, você é gigante. Esquece, explodiu, te amo!
@marcelotofani

Matheus Bragança
(A Outra Banda da Lua)

Estamos muito felizes com o lançamento do primeiro álbum de nossa irmã Marina Sena, De Primeira. Sem dúvidas é uma das grandes promessas do pop nacional. Desde o começo, quando conhecemos Marina vindo de Taiobeiras para Montes Claros, ela sempre demonstrou sua força e potência criativa, uma artista completa: compositora, cantora, performer, versátil em tudo que faz, seja no pop, na música mais experimental, ela domina e dita as regras onde quer que seja. De Primeira mostra o frescor do seu universo pop/musica brasileira e já é um sucesso. Mas ainda é so uma pequena demonstração do que ela é capaz. Orgulho define.
@matheusbragancaa

Octavio Cardozzo

O disco da Marina Sena, De Primeira, já nasceu clássico, por conta da grande espera do público pelo seu trabalho solo, mas também por não duvidarmos das suas capacidades artísticas. As músicas são uma delícia, pop mas bem brasileiro ao mesmo tempo, e tem perfume do norte de Minas nos ritmos. Carinho especial por “Seu olhar”, música de Marina e que ela me deu a honra de gravar antes dela, que eu estava curioso, e que tá sensacional! E Voltei pra mim, que é a música pop do ano no meu radinho.
@ocardozzo

Leia também: Marina Sena sobe ao pódio da música com De Primeira

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *