Grupo Galpão propõe sensibilidade com peça sonora Quer Ver Escuta

Grupo Galpão faz a peça radiofônica Quer Ver Escuta - Foto: Divulgação - Blog do Arcanjo
Grupo Galpão faz a peça radiofônica Quer Ver Escuta – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Neste mundo acelerado pelas novas tecnologias, o Grupo Galpão aposta na sensibilidade de uma volta a um passado mais vagaroso e prazeiroso, com a peça radiofônica Quer Ver Escuta. A obra estreou no último fim de semana na Rádio Inconfidência, a tradicional emissora de rádio com 85 anos de história em Belo Horizonte, cidade onde fica a sede da premiada companhia teatral mineira.

Os cinco episódios podem ser ouvidos aos sábados e domingos, 21h, na FM 100,9 na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e pela AM 880, em Minas Gerais. Quem não está nas alterosas pode ouvir pelo site da emissora: inconfidencia.com.br com transmissão para o mundo todo.

As incertezas e a alienação dos tempos atuais figuram no trabalho sonoro que tem inspiração no poema Quer ver?, do escritor mineiro Francisco Alvim. Com direção de Marcelo Castro e Vinícius de Souza, Quer Ver Escuta traz, no elenco, Antonio Edson, Eduardo Moreira, Inês Peixoto, Júlio Maciel, Lydia Del Picchia, Paulo André e Teuda Bara, com participações especiais de Alberto Pucheu, Clara Kutner, Felipe Andrade, José Artur Coelho de Aguiar, Masha Serebryakova, Mírian Cavour, Paulo José, Rossandra Cabreira, Simonete Torres, Walmor Corrêa e Zora Santos.

Ainda integram o projeto textos dos escritores Alberto Pucheu, André Dahmer, Angélica Freitas, Júlia Panadés, Prisca Agustoni e Ricardo Aleixo, selecionados no final de 2019 e em 2020 durante o preparo da peça, que seria feita presencialmente, não fosse a pandemia.

O Blog do Arcanjo compartilha a sinopse de Quer Ver Escuta:

As pessoas acostumaram-se a trabalhar e a se divertir com retinas grudadas às telas eletrônicas. O olhar, portanto, acaba confinado ao excesso de imagens e a mínimos espaços. Por meio das delicadezas do ouvir, ao contrário, é possível ampliar, dia a dia, os modos de fruição da vida – e da arte. Os sons, afinal, nos tornam do tamanho que bem desejarmos. Eis o mote da nova experiência estética – e sonora – do Grupo Galpão.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *