Trans, negros e asiáticos fazem história com indicações ao Emmy 2021

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Com trans, negros e asiáticos indicados em sua 73a edição, o Emmy Awards confirma a importância da diversidade na TV. A lista da Television Academy ao considerado Oscar da TV nos Estados Unidos é um verdadeiro marco histórico quando o assunto é representatividade.

Em 2021, 49 indicados pela atuação e reality show são pessoas não-brancas. O maior número da história. A edição consagra ainda a primeira indicação de uma atriz trans em uma categoria principal de atuação para Mj Rodriguez, protagonista da aclamada série Pose. Ela sucede Rita Moreno como segunda mulher latina a estar entre indicadas a melhor atriz de série dramática.

“É incrível, e não é só para mim. Estou ganhando para tantas pessoas lá fora, tantos bebês lá fora, a geração que vem depois de mim – é para ela, não é para mim ”, celebrou a atriz. “É louco. De todo o tempo que trabalhei e me esforcei, sempre achei que estaria em um lugar de estabilidade e possivelmente chegaria a um ponto de estar nesta posição. Mas eu nunca pensei em um milhão de anos que acordaria um dia e veria que fui indicada como Melhor Atriz Principal em Série Dramática”, pontuou.

Mj Rodriguez é a primeira atriz trans a ser indicada em categoria principal de atuação do Emmy na história – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

A edição também registrou a primeira vez em que co-protagonistas negros são indicados pela mesma série com Jonathan Majors e Jurnee Smollett, de Lovecraft Country. Ao lado de Regé-Jean Page, de Bridgerton, todos são estreantes na premiação.

O musical Hamilton, repleto de diversidade, rendeu indicações para Lin-Manuel Miranda, Leslie Odom Jr, Daveed Diggs, Anthony Ramos, Jonathan Groff e Renée Elise Goldsberry.

Bowen Yang: primeiro descendentes de asiáticos a ser indicado ao Emmy como melhor ator coadjuvante em comédia – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Bowen Yang, de Saturday Night Live, é o primeiro artista de ascendência asiática a ser indicado como ator coadjuvante em uma comédia, e Phillipa Soo, de Hamilton, se junta a ele como a primeira atriz coadjuvante asiática a ser indicada em uma minissérie.

Michaela Coel é primeira mulher negra a ser indicada ao mesmo tempo como Melhor Atriz e Melhor Roteiro ao Emmy – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Falando em representatividade, outro feito é o da série I May Destroy You, que concorre a nove estatuetas, o que inclui Melhor Atriz e Melhor Roteiro em Minissérie para a atriz e criadora Michaela Coel. Já A Black Lady Sketch Show disputa em cinco categorias.

Na categoria de atriz principal de drama, três mulheres negras foram indicadas: Uzo Aduba (In Treatment), Mj Rodriguez e Jurnee Smollett. Apenas duas mulheres negras levaram a estatueta pra casa: Viola Davis, por How to Get Away With Murder, em 2015, e Zendaya por Euphoria, em 2020.

Pelo jeito, o 73º Emmy Awards 2021, em 19 de setembro, promete ser a noite da diversidade.

73º Emmy Awards 2021

Comédia

Melhor Atriz

  • Aidy Bryant, por “Shrill”;
  • Kaley Cuoco, por “The Flight Attendant”;
  • Allison Janney, por “Mom”;
  • Tracee Ellis Ross, por “Black-ish”;
  • Jean Smart, por “Hacks”.

Melhor Ator

  • Anthony Anderson, por “Black-ish”;
  • Michael Douglas, por “The Kominsky Method”;
  • William H. Macy, por “Shameless”;
  • Jason Sudeikis, por “Ted Lasso”;
  • Kenan Thompson, por “Kenan”.

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Hannah Einbinder, por “Hacks”;
  • Aidy Bryant, por “SNL”;
  • Kate McKinnon, por “SNL”;
  • Cecily Strong, por “SNL”;
  • Juno Temple, por “Ted Lasso”;
  • Hannah Waddingham, por “Ted Lasso”;
  • Rosie Perez, por “The Flight Attendant”.

Melhor Ator Coadjuvante

  • Carl Clemons-Hopkins, por “Hacks”;
  • Kenan Thompson, por “SNL”;
  • Bowen Yang, por “SNL”;
  • Brett Goldstein, por “Ted Lasso”;
  • Brendan Hunt, por “Ted Lasso”;
  • Nick Mohammed, por “Ted Lasso”;
  • Jeremy Swift, por “Ted Lasso”;
  • Paul Reiser, por “The Kominsky Method”.

Melhor Atriz Convidada

  • Jane Adams, por “Hacks”;
  • Yvette Nicole Brown, por “A Black Lady Sketch Show”;
  • Bernadette Peters, por “Zoey’s Extraordinary Playlist”;
  • Issa Rae, por “A Black Lady Sketch Show”;
  • Maya Rudolph, por “SNL”;
  • Kristen Wiig, por “SNL”.

Melhor Ator Convidado

  • Alec Baldwin, por “SNL”;
  • Dave Chappelle, por “SNL”;
  • Morgan Freeman, por “The Kominsky Method”;
  • Daniel Kaluuya, por “SNL”;
  • Daniel Levy, por “SNL”.

Melhor Série de Comédia

  • ”Black-ish” (ABC);
  • “Cobra Kai” (Netflix);
  • “Emily in Paris” (Netflix);
  • “Hacks” (HBO Max);
  • “The Flight Attendant” (HBO Max);
  • “The Kominsky Method” (Netflix);
  • “Pen15? (Hulu);
  • “Ted Lasso” (Apple TV+).

Minisséries, filmes para TV e antologias

Melhor Atriz

  • Michaela Coel, por “I May Destroy You”;
  • Cynthia Erivo, por “Genius: Aretha”;
  • Elizabeth Olsen, por “WandaVision”;
  • Anya Taylor-Joy, por “The Queen’s Gambit”;
  • Kate Winslet, por “Mare of Easttown”.

Melhor Ator

  • Paul Bettany, por “WandaVision”;
  • Hugh Grant, por “The Undoing”;
  • Ewan McGregor, por “Halston”;
  • Lin-Manuel Miranda, por “Hamilton”;
  • Leslie Odom, Jr., por “Hamilton”.

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Phillipa Soo, por “Hamilton”;
  • Renee Elise Goldsberry, por “Hamilton”;
  • Jean Smart, por “Mare of Easttown”;
  • Julianne Nicholson, por “Mare of Easttown”;
  • Moses Ingram, por “The Queen’s Gambit”;
  • Kathryn Hahn, por “WandaVision”.

Melhor Ator Coadjuvante

  • Daveed Diggs, por “Hamilton”;
  • Jonathan Groff, por “Hamilton”;
  • Anthony Ramos, por “Hamilton”;
  • Paapa Essiedu, por “I May Destroy You”;
  • Evan Peters, por “Mare of Easttown”;
  • Thomas Brodie-Sangster, por “The Queen’s Gambit”.

Melhor Minissérie

  • ”I May Destroy You” (HBO);
  • “Mare of Easttown” (HBO);
  • “The Queen’s Gambit” (Netflix);
  • “The Underground Railroad” (Amazon Prime);
  • “WandaVision” (Disney+).

Melhor Filme para TV

  • ”Dolly Parton’s Christmas on the Square” (Netflix);
  • “Oslo” (HBO);
  • “Robin Roberts Presents: Mahalia” (Lifetime);
  • “Sylvie’s Love” (Amazon Prime);
  • “Uncle Frank” (Amazon Prime).

Drama

Melhor Atriz

  • Uzo Aduba, por “In Treatment”;
  • Olivia Colman, por “The Crown”;
  • Emma Corrin, por “The Crown”;
  • Elisabeth Moss, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Mj Rodriguez, por “Pose”;
  • Jurnee Smollett, por “Lovecraft Country”.

Melhor Ator

  • Sterling K. Brown, por “This Is Us”;
  • Jonathan Majors, por “Lovecraft Country”;
  • Josh O’Connor, por “The Crown”;
  • Rege-Jean Page, por “Bridgerton”;
  • Billy Porter, por “Pose”;
  • Matthew Rhys, por “Perry Mason”.

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Aunjanue Ellis, por “Lovecraft Country”;
  • Gillian Anderson, por “The Crown”;
  • Helena Bonham Carter, por “The Crown”;
  • Emerald Fennell, por “The Crown”;
  • Madeline Brewer, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Ann Dowd, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Yvonne Strahovski, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Samira Wiley, por “The Handmaid’s Tale”.

Melhor Ator Coadjuvante

  • Michael K. Williams, por “Lovecraft Country”;
  • John Lithgow, por “Perry Mason”;
  • Tobias Menzies, por “The Crown”;
  • O-T Fagbenle, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Max Minghella, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Bradley Whitford, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Giancarlo Esposito, por “The Mandalorian”;
  • Chris Sullivan, por “This Is Us”.

Melhor Atriz Convidada

  • Alexis Bledel, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Claire Foy, por “The Crown”;
  • Mckenna Grace, por “The Handmaid’s Tale”;
  • Sophie Okonedo, por “Ratched”;
  • Phylicia Rashad, por “This Is Us”.

Melhor Ator Convidado

  • Don Cheadle, por “The Falcon and the Winter Soldier”;
  • Charles Dance, por “The Crown”;
  • Timothy Olyphant, por “The Mandalorian”;
  • Courtney B. Vance, por “Lovecraft Country”;
  • Carl Weathers, por “The Mandalorian”.

Melhor Série de Drama

  • ”The Boys” (Amazon);
  • “Bridgerton” (Netflix);
  • “The Crown” (Netflix);
  • “The Handmaid’s Tale” (Hulu);
  • “Lovecraft Country” (HBO);
  • “The Mandalorian” (Disney+);
  • “Pose” (FX);
  • “This Is Us” (NBC).

Variedade e competições

Talk shows

  • ”Conan” (TBS);
  • “The Daily Show with Trevor Noah” (Comedy Central);
  • “Jimmy Kimmel Live!” (ABC);
  • “Last Week Tonight with John Oliver” (HBO);
  • “The Late Show with Stephen Colbert” (CBS).

Realities de Competição

  • ”The Amazing Race” (CBS);
  • “Nailed It!” (Netflix);
  • “RuPaul’s Drag Race” (VH1);
  • “Top Chef” (Bravo);
  • “The Voice” (NBC).

Melhor Apresentador de Reality Show

  • Nicole Byer, por “Nailed It!“;
  • Bobby Berk, Karamo Brown, Tan France, Antoni Porowski and Jonathan Van Ness, por “Queer Eye”;
  • RuPaul, por “RuPaul’s Drag Race”;
  • Mark Cuban, Barbara Corcoran, Lori Greiner, Robert Herjavec, Daymond John and Kevin O’Leary, por “Shark Tank”;
  • Padma Lakshmi, Tom Colicchio and Gail Simmons, por “Top Chef”.

Realities de bastidor ou spin-off

  • ”Becoming” (Disney+);
  • “Below Deck” (Bravo);
  • “Indian Matchmaking” (Netflix);
  • “RuPaul’s Drag Race Untucked” (VH1);
  • “Selling Sunset” (Netflix).

Programa de Sketches

  • ”A Black Lady Sketch Show” (HBO);
  • “Saturday Night Live” (NBC).

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *