Após humor polêmico no #29M, Tina faz autocrítica em clipe: ‘Pesei a mão’

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

A Roda Viva da fama gira rápido no mundo digital. Após muito refletir, a personagem humorística Tina resolveu transformar em arte a forte polêmica sobre o humor feito por ela nos protestos do #29M contra o presidente Jair Bolsonaro e que quase causou seu cancelamento nas redes por parte da esquerda. “Eu pesei a mão”, reconhece a personagem criada pelas atrizes Isabela Mariotto e Julia Burnier no clipe Tempestade, lançado no Instagram @a.vida.de.tina.

O vídeo foi gravado Igor Marotti, o Glauber Rocha do Teat(r)o Oficina no terreno ao lado do espaço e que pertence a Silvio Santos, onde o grupo sonha em instalar o Parque Bixiga. Isabela Mariotto é integrante do grupo teatral, o mais longevo do país, com 62 anos de trajetória libertária e à esquerda. O clipe ainda teve produção musical com beats da paz de Felipe Ionescu Botelho. Há quem reconheça no vídeo inspiração em Dilúvio, o famigerado clipe lançado por Karol Conká após o cancelamento no BBB.

Pelo jeito, Tina não aceitou ser bode expiatório e transformou seu clipe-resposta em um sonoro: “mééééééé”. Como aprendeu a fazer com Zé Celso. Veja o clipe:

Entenda o caso

A personagem Tina costuma ser altamente irônica com o campo jovem progressista e privilegiado da sociedade. Ela fez vídeos nos protestos do #29M na avenida Paulista, contrária ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu desastre na condução da pandemia. Com seu jeito satírico, Tina protestou contra o fascismo com muito glamour, com coreografias ao som de “Fascismo stop, é hora do amor e a nossa luta top” e uma ciranda para encerrar.

Parte da esquerda não gostou da sátira e condenou fortemente a personagem nas redes, onde ela foi ameaçada de cancelamento. A polêmica lembrou a “patrulha ideológica”, termo cunhado pelo cineasta Cacá Diegues na década de 1970, quando o diretor foi atacado por conta do filme Xica da Silva, de 1976, protagonizado por Zezé Motta. O filme foi acusado de ser festivo pela esquerda ideológica de então.

Tina é interpretada por Isabela Mariotto e dublada por Julia Burnier.

Veja os vídeos polêmicos de Tina no protesto #29M:

Personagem premiada

Criada em 2020 por Isabela Mariotto e Julia Burnier no Instagram, a personagem Tina rendeu às criadoras em abril último o Prêmio Arcanjo de Cultura 2020 na categoria Redes, aos cuidados da jurada Zirlene Lemos: “Pelo humor ferino das atrizes Isabela Mariotto e Julia Burnier no Instagram, onde a personagem conquistou o público inteligente com uma cutucada divertida no campo progressista privilegiado”, justificou o júri presidido por Miguel Arcanjo Prado.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Respeitado jornalista cultural e crítico de artes do Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022