Maitê Proença, Lázaro Ramos, Cléo De Páris e Orlando Caldeira estão no palco digital da SP

Por Miguel Arcanjo Prado

O segundo fim de semana de vida da SP Escola de Teatro Digital está com programação poderosa e conta com nomes do gabarito de Maitê Proença, Lázaro Ramos, Orlando Caldeira, Cléo De Páris e Fábio Penna. Os ingressos custam R$ 12,50 na Sympla e são revertidos aos artistas. Quem não puder pagar pode retirar entrada grátis disponível para pessoas em situação de vulnerabilidade social. O projeto busca oferecer novo palco digital para que os profissionais do teatro possam estar perto do público neste momento tão delicado.

Nesta sexta, às 20h, tem Cléo De Páris em Desamparos, sob direção de Fábio Penna. Trata-se de uma encenação poética e digital inspirada na vida e nas crônicas da artista, que está indicada ao Prêmio Arcanjo de Cultura e foi pioneira no teatro digital com sessões no Instagram da atriz.

Já no sábado, é a vez de um espetáculo para as crianças, adolescentes e toda a família, às 15h, com o ator de destaque na cena teatral carioca Orlando Caldeira. Ele protagoniza o infantil Boquinha… E Assim Surgiu o Mundo!, com direção de Lázaro Ramos e Suzana Nascimento. A peça produzida por Draysson Menezzes apresenta a cosmogonia ancestral africana às crianças.

Encerrando a programação, no sábado, 20h, tem trecho de O Pior de Mim, com a grande estrela Maitê Proença, seguido de bate-papo com a talentosa atriz do teatro, cinema e TV sobre a obra inspirada em fatos de sua vida e dirigida por Rodrigo Portella e que fez recente temporada de sucesso no Teatro Petra Gold Online no Rio de Janeiro.

O primeiro fim de semana da SP Escola de Teatro Digital contou com as peças Todos os Sonhos do Mundo (Satyros), L Rapsódia (Sergio Mamberti), O Príncipe (Indelicada Cia. Teatral) e O Filho do Presidente (Teatro Caminho). A programação especial segue até o fim de outubro.

O espaço SP Escola de Teatro Digital na Sympla é um projeto da Coordenadoria de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, instituição paulista dirigida por Ivam Cabral. A programação tem curadoria de Miguel Arcanjo Prado e produção de Giovana Gallucci.

Siga @miguel.arcanjo

Ouça o Podcast do Arcanjo





Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *