Márcia Dailyn celebra estreia no cinema

Márcia Dailyn, atriz e diva, está feliz da vida. Além de fazer o espetáculo digital de sucesso de público A Arte de Encarar o Medo, já visto por 8 mil pessoas com a Cia. de Teatro Os Satyros, ela celebra agora destaque no cinema.

Márcia é uma das estrelas do curta-metragem Mamãe Tem um Demônio, dirigido por Demerson Souza, que acaba de ser finalizado e agora segue para os principais festivais.

Também estão no elenco Marcelo Thomaz e a atriz mirim Nina Denobiles Rodrigues, que também atuam com Márcia em Arte de Encarar o Medo.

O Blog do Arcanjo adianta que a história se passa na década de 1990, na qual a cantora Tete Barilove faz sucesso como dona de hits repletos de sensualidade. Mas, seu fim inesperado causa reviravoltas até que se descobre o que realmente aconteceu.

Veja o trailer:

Vestido de Miss Biá

Márcia Dailyn ficou emocionada neste sábado (27) quando o fotógrafo Bob Sousa postou uma imagem sua feita durante os ensaios da peça Entrevista com Phedra, ganhadora do Prêmio Nelson Rodrigues no ano passado.

No retrato, ela incorpora a diva cubana Phedra D. Córdoba com um figurino mais do que especial. “O vestido que uso nesta imagem foi feito por Miss Biá”, conta, emocionada, lembrando a amiga e percursora da cena artística LGBTQIA+, que morreu vítima da covid-19.

Além de atriz e diva do Satyros e da praça Roosevelt, Márcia ainda é musa do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, do Bar da Dona Onça e da boate The Week. Ela foi a primeira bailarina trans da história do Theatro Municipal de São Paulo.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *