Festival em SP tem artistas com mais de 70 anos

Zezé Motta faz show gratuito em São Paulo no Festival 70+ – Foto: Jardiel Carvalho/Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Começa em 28 de setembro e vai até 1º de outubro em São Paulo o Festival 70+. Com entrada gratuita, ele foca em artistas com mais de 70 anos que permanecem na ativa, com organização da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

A peça “A Doida” abre o evento, com a consagrada atriz Teuda Bara, uma das fundadoras do Grupo Galpão, de Belo Horizonte. As apresentações ocorrem nos dias 28 e 29 de setembro, às 20h, na Sala Olido.

Outro destaque da programação é a atriz e cantora Zezé Motta, que apresenta no dia 30 de setembro, às 15h, na Praça das Artes, seu último trabalho, “Negra Melodia”. O álbum é uma homenagem a Luiz Melodia e Jards Macalé.

No dia 1º de outubro, a cantora Angela Maria se apresenta no Boulevard São João. No show, ela canta músicas de seu novo disco, “Angela Maria e as Canções de Roberto e Erasmo”, lançado em maio pelo selo Biscoito Fino.

A Praça das Artes recebe também Angel Vianna, bailarina e fundadora, junto com seu marido, da Escola Klauss Vianna de dança. Pioneiras da dança contemporânea no Brasil, Angel é a convidada especial de “Ferida Sábia”, espetáculo dirigido e concebido pela coreógrafa Ana Vitória que é encenado nos dias 30 de setembro, às 20h, e 1º de outubro, às 19h.

A programação traz ainda show de Agnaldo Rayol, 1º/10, às 14h, no Boulevard São João; duas leituras dramáticas, uma com Eva Wilma e Tales Cabral, do romance “Ensina-me a Viver”, de Collin Higgins, no dia 30, às 19h, e outra do texto “Memória de Minhas Putas Tristes”, com os atores Paulo César Pereio e Sergio Guizé, dia 01/10, às 19h, ambas na Biblioteca Mário de Andrade.

O evento ainda tem o espetáculo “Cabaré dos Artistas”, que reúne moradores do Palacete dos Artistas para contarem suas histórias desde o tempo da ditadura militar, a censura, a tragédia da Aids, entre outros fatos que marcaram suas vidas dentro e fora dos palcos. Com direção de Rodolfo García Vázquez, do grupo Os Satyros, as apresentações ocorrem nos dias 30 de setembro, às 20h, e 1º/10 de outubro, às 19h, na Sala Olido.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us: