O Retrato do Bob: Léa Garcia, 2023

Léa Garcia em retrato de Bob Sousa © Blog do Arcanjo 2023

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo
Foto BOB SOUSA
@bobsousa

Grande dama da dramaturgia nacional, a atriz Léa Garcia emocionou o teatro brasileiro nesta semana ao ser homenageada no Prêmio Shell, realizado no Rio de Janeiro. A grande artista negra de nossa história acaba de completar 90 anos de vida. Nascida em 11 de março de 1933 na Praça Mauá, centro do Rio de Janeiro, ela entrou para a história do cinema em 1959, ao ser indicada Melhor Atriz no Festival de Cannes, na França, pelo filme vencedor Orfeu Negro, de Marcel Camus. Uma das grandes personagens de sua carreira é a vilã Rosa, de Escrava Isaura, de 1976, novela brasileira mais vendida e reproduzida no mundo. Ela também foi pioneira na representação do negro em papéis de classe média na televisão, como quando deu vida à professora de história Leila, na novela Marina, em 1980, que via a filha enfrentar o preconceito racial. Em Anjo Mau, de 1997, voltou a viver uma mãe que precisa ver a filha, interpretada por Taís Araújo, enfrentar os males do racismo, enquanto a filha de cor mais clara, vivida por Luiza Brunet, tinha vergonha da mãe negra. Seu papel mais recente no cinema foi a Dona Preta, do filme Pacificado, ganhador do Prêmio Arcanjo de Cultura 2022. Léa é bastião de nossa cultura, de nossas artes, e merece ser celebrada e aplaudida de pé.

*Bob Sousa é fotógrafo, mestre em Artes pela Unesp e crítico e jurado de Artes Visuais da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) e do Prêmio Arcanjo de Cultura. É autor do livro “Retratos do Teatro” (Ed. Unesp). Retrata grandes personalidades da cultura no Blog do Arcanjo desde 2012 na coluna O Retrato do Bob com assistência de Daniela Hamazaki.
Siga @bobsousa

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ouça Arcanjo Pod no Spotify

Blog do Arcanjo no YouTube

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Jornalista cultural influente e respeitado no Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, desde 2019. É Mestre em Artes pela UNESP, Pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, Bacharel em Comunicação pela UFMG e Crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e apresenta o Arcanjo Pod. Eleito três vezes um dos melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, UMA, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. Integra o júri de Prêmio Arcanjo, Prêmio Jabuti, Prêmio Governador do Estado de São Paulo, Prêmio Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Prêmio Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. Vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Medalha Mário de Andrade do Prêmio Governador do Estado, maior honraria na área de Letras de São Paulo.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *