Renato Vieira lança livro O Produtor da Tropicália – Manoel Barenbein em SP e no Rio

Renato Vieira e Manoel Barenbein: jornalista faz podcast com o produtor da Tropicália - Fotos: Divulgação - Blog do Arcanjo
Renato Vieira e Manoel Barenbein: jornalista escreveu livro com a história do icônico produtor musical da Tropicália – Fotos: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo


Mentor incomensurável do movimento que culminou na Tropicália, onde exerceu papel crucial como produtor, Manoel Barenbein é o personagem principal do livro obrigatório O Produtor da Tropicália – Manoel Barenbein e os álbuns de um movimento revolucionário, escrito pelo jornalista e pesquisador musical Renato Vieira, um dos grandes nomes do jornalismo cultural brasileiro.

Baseado no podcast de mesmo nome que foi ao ar pela série Discoteca Básica Apresenta (do podcast Discoteca Básica), o livro é composto por entrevistas de Barenbein em que ele conta a Vieira como foi a concepção desses trabalhos históricos e a convivência com Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, Gal Costa, João Gilberto, Jorge Ben, Mutantes e Maria Bethânia.

Com prefácio de Gilberto Gil, O Produtor da Tropicália traz ainda conteúdo exclusivo: entrevistas inéditas sobre os trabalhos que Barenbein fez com Erasmo Carlos, Nara Leão, Rogério Duprat, Ronnie Von, Claudette Soares e Jair Rodrigues.

Editado pela Garota FM Books, o livro já tem sessão de autógrafos marcada em São Paulo, onde está radicado o autor, que é mineiro, e no Rio. Dia 1º de dezembro (quinta-feira), Renato Vieira estará na Travessa de Pinheiros a partir das 19h. No dia 06 de dezembro (terça-feira), ele desembarca no Rio para autografar os exemplares na Travessa do Leblon a partir das 19h.

O Produtor da Tropicália – Manoel Barenbein e os álbuns de um movimento revolucionário celebra o legado tropicalista no ano em que seus dois idealizadores, Gilberto Gil e Caetano Veloso, completaram 80 anos, bem como o próprio Barenbein (Gil em 26 de junho, Caetano em 07 de agosto e Manoel, em 07 de setembro).

Manoel Barenbein sempre gostou de estar nos bastidores. Ele acredita que o holofote tem que ser do artista. Graças à compreensão de Barenbein, esses artistas se sentiram livres para criar. Ele estimulava isso. No livro ‘Verdade Tropical’, por exemplo, Caetano Veloso disse que Barenbein comprou a briga dos tropicalistas com carinho e determinação”.

Renato Vieira
autor de O Produtor da Tropicália

Ele não era nada circunspecto, nada formal. Naquele momento da Tropicália, Manoel era um de nós, colocava a colher na massa do bolo da mesma maneira.

Gilberto Gil
no prefácio de O Produtor da Tropicália

Sobre o autor

Renato Vieira tem passagens pela TV Bandeirantes, Jornal O Tempo (Belo Horizonte) e O Estado de São Paulo. Pesquisador musical, assinou a curadoria e textos de reedições especiais ou compilações de Belchior, Gilberto Gil, Elis Regina, Ney Matogrosso, Jorge Mautner, Novos Baianos e Tom Zé, além da pesquisa e edição do livro “Foi Assim” (Ed. Record), autobiografia da cantora Wanderléa. É autor de “Tempo Feliz – A História da Gravadora Forma” (Ed. Kuarup), lançado em 2022, e fez a pesquisa de imagens da fotobiografia de Gal Costa, lançada em 2021.

Sobre a editora

A Garota FM Books é uma editora de publicações voltadas para o mercado da música criada durante a produção do “Discobiografia Mutante: Álbuns que Revolucionaram a música brasileira”, de Chris Fuscaldo. Também bilíngue, “Jimmy Page no Brasil”, é um livro de Leandro Souto Maior sobre a história de amor do líder do Led Zeppelin com o país. “Renato, o Russo”, de Julliany Mucury, foi lançado em outubro de 2021, mês em que a morte do líder da Legião Urbana completou 25 anos. Em 2022, a editora já lançou “1979 – O ano que ressignificou a MPB”, que reúne 100 artigos sobre álbuns de 1979 organizados por Célio Albuquerque, e “Cantadas – Ensaios Sobre 35 Grandes Vozes de Mulheres da Música Brasileira”, do crítico musical Mauro Ferreira, além de estar editando “De Tudo Se Faz Canção – Os 50 Anos do Clube da Esquina”, organizado por Márcio Borges e Chris Fuscaldo.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Respeitado jornalista cultural e crítico de artes do Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022