Festival For Rainbow faz 16ª edição em Fortaleza de 14 a 21/12 com foco na diversidade; veja filmes selecionados

Diversidade na telona: filme colombiano Petit Mal está entre os selecionados do Festival For Rainbow – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Tradicional festival do Ceará apresenta curtas e longas com temática da diversidade sexual e identidade de gênero

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

A comunidade LGBTQIA+ legitimada nas telonas em um dos mais tradicionais eventos cinematográficos do Brasil. O 16º For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero está programado entre 14 a 21 de dezembro, no Cinema do Dragão, em Fortaleza (CE), sempre com entrada gratuita.

O For Rainbow reafirma o compromisso com a abertura de espaços de discussão e expressão artística que permeiam a comunidade LGBTI+, trazendo para Fortaleza uma programação plural, política e de resistência.

Verônica Guedes
diretora do For Rainbow

Em 2022, o festival recebeu inscrições de 1.667 filmes de mais de 100 países e a comissão de seleção foi formada pela realizadora e atriz paraibana Cristiane Fragoso, pelo jornalista, pesquisador e crítico de cinema cearense Diego Benevides e pela atriz e realizadora paulistana Julia Katharine.

Foram selecionados oito longas e 25 curtas-metragens que representam Brasil, Alemanha, Argentina, Colômbia, Chile, Guiana, Bélgica, Botswana, Burkina Faso, Espanha, Irã e Estados Unidos.

Os filmes concorrem ao Troféu Elke Maravilha nas categorias Melhor Filme (Nacional e Estrangeiro), Direção, Roteiro, Ator, Atriz, Fotografia, Montagem, Direção de Arte, Desenho Sonoro e Trilha Sonora, além do prêmio especial João Nery, em reconhecimento às produções que abordam essencialmente a militância LGBTI+, e do Troféu Artur Guedes, que destaca a luta pela defesa dos direitos humanos e pelo respeito à diversidade sexual e de gênero.

Um júri especial formado por membros da Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine) também elegerá o Melhor Longa e o Melhor Curta brasileiros.

Além da programação de cinema, que também conta com a Mostra Feminino Plural especialmente dedicada às pautas femininas, o For Rainbow realiza apresentações de teatro, dança, música, literatura, exposição de artes visuais, oficinas, debates e ações de acessibilidade, além de uma Mostra Itinerante que percorre diversas cidades brasileiras no decorrer do ano.

SELEÇÃO DO 16º FOR RAINBOW – MOSTRAS COMPETITIVAS

LONGAS-METRAGENS

A Filha do Palhaço (Brasil, 2022), dir. Pedro Diógenes

Corpolítica (Brasil, 2022), dir. Pedro Henrique França

Eu Sou Alma / I Am Alma (Alemanha/Argentina, 2022), dir. Mariana Manuela Bellone

Germino Pétalas no Asfalto (Brasil, 2022), dir. Coraci Ruiz e Julio Matos

Petit Mal (Colômbia, 2022), dir. Ruth Caudeli

Projeto Fantasma / Proyecto Fantasma (Chile, 2022), dir. Roberto Doveris

Um Pedaço do Mundo (Brasil, 2022), dir. Tarcísio Rocha Filho, Victor Costa Lopes e Wislan Esmeraldo

UÝRA – A Retomada da Floresta (Brasil/EUA, 2022), dir. Juliana Curi

CURTAS-METRAGENS

Cabiluda (Brasil, 2022), dir. aColetto e Dera Santos

Capim-Navalha (Brasil, 2021), dir. Michel Queiroz

Comer Mamão à Beira-Mar / Eating Papaw on the Seashore (Guiana, 2022), dir. Rae Wiltshire e Nickose Layne

Ela é a Protagonista / She’s the Protagonist (Bélgica, 2021), dir. Sarah Carlot Jaber

Elusão (Brasil, 2022), dir. Taís Augusto

Esta Terra Nobre / This Noble Land (Botswana, 2022), dir. Theo Silitshena

Fantasma Neon (Brasil, 2021), dir. Leonardo Martinelli

Luazul (Brasil, 2022), dir. Letícia Batista e Vitória Liz

Lute pela sua Liberdade / Fight for Your Freedom (Burkina Faso, 2022), dir. Canisius Avéko

Míssil – Parte 1 (Brasil, 2022), dir. Roberta Marques

Na Estrada Sem Fim Há Lampejos de Esplendor (Brasil, 2021), dir. Liv Costa e Sunny Maia

Nem o Mar Tem Tanta Água (Brasil, 2022), dir. Mayara Valentim

No Céu / In Heaven (Espanha, 2022), dir. Manuel Gomar

Nós, os Outres / We, the Others (Chile, 2022), dir. Mato Ariel Torga

Pedro Faz Chover (Brasil, 2022), dir. Felipe César de Almeida

Pensador / Overthinker (Argentina, 2022), dir. Matías Dinardo

Possa Poder (Brasil, 2022), dir. Victor di Marco e Márcio Picoli

Prazer / Jouissance (Irã, 2022), dir. Sadeq Es-haqi

Procura-se Bixas Pretas (Brasil, 2022), dir. Vinicius Elizário

Promessa de um Amor Selvagem (Brasil, 2022), dir. Davi Mello

Quando Chegar a Noite, Pise Devagar (Brasil, 2021), dir. Gabriela Alcântara

Quinze Primaveras (Brasil, 2022), dir. Leão Neto

Rosa Neon (Brasil, 2022), dir. Tiago Tereza

Tá Fazendo Sabão (Brasil, 2022), dir. Ianca Oliveira

Uma Pessoa Comum / Ordinary (EUA, 2022), dir. Atlas O Phoenix

FOR RAINBOW – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero tem o apoio institucional do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult) e Casa Civil, e é realizado pela Via de Acesso à Arte e Cultura (VAAC), Centro Popular de Cultura e Ecocidadania (Cenapop) e Criar – Comunicação e Cultura.  

Sobre o For Rainbow

Em 15 edições, o For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero exibiu mais de 1 mil filmes, alcançou mais de 600 espaços culturais de todo o Brasil, capacitou mais de 800 pessoas, produziu 20 filmes e atingiu um público médio de 60 mil pessoas. O For Rainbow nasceu com a proposta de introduzir no calendário cultural do Ceará um evento com a missão permanente de difundir e valorizar a cultura LGBTI+, além de promover a cidadania dessas populações, incentivar a produção audiovisual e o respeito à diversidade sexual e a cultura de paz.

SERVIÇO

16º FOR RAINBOW – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero

Data: 14 a 21 de dezembro de 2022

Local: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Fortaleza/CE)

Todas as atividades são gratuitas.

Site Oficial: forrainbow.com.br / Instagram: @festivalforrainbow

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, Rede Brasil, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022 Após críticas, Nômade Festival coloca negros com Erykah Badu Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP