Série Rota 66 celebra no Globoplay 30 anos do livro lendário de Caco Barcellos, marco do jornalismo literário

Humberto Carrão interpreta Caco Barcellos em Rota 66 – A Polícia que Mata – Foto: Vans Bumbeers/Divulgação – Blog do Arcanjo

Rota 66, série original do globoplay, conta a história de uma investigação feita por Caco Barcellos

A série ‘Rota 66 – A Polícia que Mata’ celebra os 30 anos do lançamento do best-seller e grande marco do jornalismo literário escrito pelo jornalista Caco Barcellos. A obra já está na plataforma de streaming Globoplay, com oito episódios, sendo que seis já estão disponíveis.

Rota 66 é um grande título da literatura documental brasileira e conta a história de Caco Barcellos, jornalista que, ao investigar o assassinato de dois jovens em São Paulo, descobre um grupo de assassinos que opera com aparente aval da Justiça Militar.

Superprodução celebra grande jornalista brasileiro

O original do Globoplay foi filmado entre 2021 e 2022 e traz mais de cem atores no elenco, em cenas que se desenvolvem em mais de 90 locações e 250 sets de filmagem.

Maria Camargo e Teodoro Poppovic, criadores da série, contam que fazer a adaptação do livro para as telas foi um trabalho minucioso, que necessitou um aprofundamento na biografia do jornalista, que este ano comemora 50 anos de carreira.
 
“Para mim, o maior desafio na criação da série foi sintetizar todas essas histórias em um número menor de casos que fossem representativos do todo, que resumissem e colocassem na tela a essência da tragédia que Caco denunciou nos anos 80”, explica Maria Camargo ao Blog do Arcanjo.

A série Rota 66 – A Polícia que Mata criado por Maria Camargo e Teodoro Poppovic, pode ser assistida no Globoplay

Colaborou Carolina Fayad

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, Rede Brasil, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022 Após críticas, Nômade Festival coloca negros com Erykah Badu Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP