Prêmio Bibi Ferreira realiza 9ª edição no Teatro Santander: veja os indicados!

Noite celebra melhores do teatro musical e do teatro de prosa

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Nesta quarta-feira, 21, no Teatro Santander, em São Paulo, acontece o 9º Prêmio Bibi Ferreira, a maior celebração do Teatro Musical brasileiro, e que agora contempla também produções teatrais não-musicais.

O evento idealizado e dirigido por Marllo Silva é apresentado pelo Santander e Atlas Schindler, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Marllos Silva, idealizador do Festival Paulista de Teatro Musical e do Prêmio Bibi Ferreira: um dos grandes nomes que coloca os musicais em lugar de prestígio - Foto: Caio Gallucci/Divulgação - Blog do Arcanjo 2021
Marllos Silva, idealizador do Prêmio Bibi Ferreira: um dos grandes nomes que coloca os musicais em lugar de prestígio – Foto: Caio Gallucci/Divulgação – Blog do Arcanjo 2021

A noite celebra os espetáculos que cumpriram temporada na cidade de São Paulo entre 1º de julho de 2021 e 21 de junho de 2022, e estará, mais uma vez, sob o comando dos Mestres de Cerimônia Alessandra Maestrini e Miguel Falabella.

A dupla abrirá a grande noite, repleta de homenagens e com 10 números musicais, conduzida também por outros grandes nomes dos palcos e da TV, que integram o time de anfitriões e o elenco das atrações da noite.

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado, CEO do Blog do Arcanjo, integra o júri.

Relembre, a seguir, os indicados.

Prêmio Bibi Ferreira 2022
Indicados

TEATRO EM PROSA

MELHOR PEÇA
“A Flor do Meu Bem Querer”
“Brilho Eterno”
“Misery”
“Tectônicas”
“Terremotos”

MELHOR ATRIZ EM PEÇA DE TEATRO
Claudia Missura – “Benditas Mulheres”
Lilia Cabral – “A Lista”
Marisa Orth – Barbara
Mel Lisboa – “Misery”
Paloma Bernardi – “Terremotos”

MELHOR ATOR EM PEÇA DE TEATRO
André Garolli – “Tectônicas”
Eduardo Martini – “Simplesmente Clô”
Luiz Amorim – “O Vendedor de Sonhos”
Marcello Airoldi – “Misery”
Reynaldo Gianecchini – “Brilho Eterno”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM PEÇA DE TEATRO
Giulia Bertolli – “A Lista”
Grace Gianoukas – “Procuro o Homem da Minha Vida, Marido Já Tive”
Regina Maria Remencius – “Terremotos”
Renata Brás – “Brilho Eterno”
Totia Meireles – “Procuro o Homem da Minha Vida, Marido Já Tive”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM PEÇA DE TEATRO
Giovani Tozi – “Terremotos”
Luiz Guilherme – “Terremotos”
Marcelo Ullmann – “A Pane”
Nilton Bicudo – “A Flor do Meu Bem Querer”
Oswaldo Mendes – “A Pane”

MELHOR DIREÇÃO EM PEÇA DE TEATRO
Bruno Guida – “Bárbara”
Eric Lenate – “Misery”
Jorge Farjalla – “Brilho Eterno”
Marco Antônio Pâmio – “Terremotos”
Mika Lins – “Pós-F”

MELHOR CENOGRAFIA EM PEÇA DE TEATRO
Duda Arruk – “Terremotos”
Eric Lenate – “Misery”
Marcelo Lazzaratto – “Tectônicas”
Rogério Falcão – “Brilho Eterno”
Zezinho Santos e Turíbio Santos – “A Mentira”

MELHOR FIGURINO EM PEÇA DE TEATRO
Fábio Namatame – “Terremotos”
Fábio Namatame – “Teatro para Quem Não Gosta”

MELHOR DRAMATURGIA EM PEÇA DE TEATRO
Célia Forte – “Benditas Mulheres”
Gustavo Pinheiro – “A Lista”
Juca de Oliveira – “A Flor do Meu Bem Querer”
Samir Yazbek – “Tectônicas”

MELHOR DESENHO DE LUZ EM PEÇA DE TEATRO
Cesar Pivetti – “Brilho Eterno”
Wagner Antônio – “Terremotos”
Wagner Freire – “Tectônicas”

TEATRO MUSICAL

MELHOR MUSICAL
“A Família Addams”
“Brenda Lee e o Palácio das Princesas”
“Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”
“Chicago”
“Conserto para Dois, o Musical”
“Donna Summer Musical”
“Sweeney Todd”

MELHOR MUSICAL BRASILEIRO
Bom Dia Sem Companhia”
“Brenda Lee e o Palácio das Princesas”
“Conserto para Dois, o Musical”
“Nautopia”
“Tatuagem”

MELHOR ATRIZ EM MUSICAIS
Andrezza Massei – “Sweeney Todd”
Carol Costa – “Chicago”
Cláudia Raia – “Conserto para Dois, o Musical”
Karin Hils – “Donna Summer Musical”
Marisa Orth – “A Família Addams”
Verónica Valenttino – “Brenda Lee e o Palácio das Princesas”

MELHOR ATOR EM MUSICAIS
Jarbas Homem de Mello – “Conserto para Dois, o Musical”
Marcel Octavio – “Assassinato para Dois”
Murilo Rosa – “Barnum – O Rei do Show”
Rodrigo Lombardi – “Sweeney Todd”
Velson D’Souza – “Silvio Santos Vem Aí!”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MUSICAIS
Giulia Nadruz – “Barnum – O Rei do Show”
Kiara Sasso – “Barnum – O Rei do Show”
Lilian Valeska – “Chicago”
Marina Mathey – “Brenda Lee e o Palácio das Princesas”
Pamela Rossini – “A Família Addams”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MUSICAIS
André Torquato – “Tatuagem”
Fred Silveira – “A Família Addams”
Gui Leal – “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”
Lucas Cândido – “Chicago”
Rodrigo Miallaret – “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”

REVELAÇÃO EM MUSICAIS
Cleomácio Inácio – “Tatuagem”
Dennis Pinheiro – “Sweeney Todd”
Diva Menner – “Barnum – O Rei do Show”
Marina Mathey – “Brenda Lee e o Palácio das Princesas”
Verónica Valenttino – “Brenda Lee e o Palácio das Princesas”

MELHOR DIREÇÃO EM MUSICAIS
Federico Bellone – “A Família Addams”
John Stefaniuk – “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”
Kleber Montanheiro – “Tatuagem”
Miguel Falabella – “Donna Summer Musical”
Zé Henrique de Paula – “Sweeney Todd”

MELHOR DIREÇÃO MUSICAL EM MUSICAIS
Daniel Rocha – “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”
Marcelo Caldi – “A Hora Da Estrela Ou O Canto de Macabéa”
Marco França – “Tatuagem”
Thiago Gimenes – “Barnum – O Rei do Show”
Thiago Rodrigues – “A Família Addams”

MELHOR ARRANJO ORIGINAL EM MUSICAIS
Carlos Bauzys – “Donna Summer Musical”
Marco França – “Morte e Vida Severina”
Marco França – “Tatuagem”

MELHOR COREOGRAFIA EM MUSICAIS
Bárbara Guerra – “Donna Summer Musical”
Gabriel Malo – “Cabaré dos Bichos”
Katia Barros – “Conserto para Dois”

MELHOR CENOGRAFIA EM MUSICAIS
Federico Bellone – “A Família Addams”
Rogério Falcão – “Barnum – O Rei do Show”
Zezinho Santos e Turíbio Santos – “Donna Summer Musical”

MELHOR FIGURINO EM MUSICAIS
Fabio Namatame – “A Família Addams”
João Pimenta – “Sweeney Todd”
Theo Cochrane – “Donna Summer Musical”

MELHOR VISAGISMO EM MUSICAIS
Dhiego Durso – “Sweeney Todd”
Dicko Lorenzo -“Conserto para Dois, o Musical”
Feliciano San Roman – “A Família Addams”

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL EM MUSICAIS
Anna Toledo – “Conserto para Dois, o Musical”
Daniel Salve – “Nautopia”
Fernanda Maia – “Brenda Lee e o Palácio das Princesas”

MELHOR LETRA E MÚSICA EM MUSICAIS
Anna Toledo, Thiago Gimenes e Tony Lucchesi – “Conserto para Dois, o Musical”
Daniel Salve – “Nautopia”
Elton Towersey e Vitor Rocha – “Bom Dia Sem Companhia”

MELHOR VERSÃO EM MUSICAIS
Fernanda Maia – “Sweeney Todd”
Mariana Elisabetsky e Victor Mühlethaler – “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”
Rafael Oliveira – “Naked Boys Singing”

MELHOR DESENHO DE LUZ EM MUSICAIS
Caetano Vilela – “Donna Summer Musical”
Mike Robertson – “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”
Valerio Tiberi e Emanuele Agliati – “A Família Addams”

MELHOR DESENHO DE SOM EM MUSICAIS
Marcelo Claret – “Morte e Vida Severina”
Gastón Briski – “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”
Tocko Michelazzo – “Barnum – O Rei do Show”

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo