A Revolução dos Bichos vira musical Cabaret dos Bichos na Barra Funda

Cabaret dos Bichos faz temporada segundas, terças e quartas, 21h, no Teatro do Núcleo Experimental até 22/6 – Foto: Ronaldo Gutierrez – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Verdadeiro clássico da literatura mundial, o livro A Revolução dos Bichos, fábula sobre o poder e o jugo do homem escrita por George Orwell durante a Segunda Guerra Mundial, ganha a versão musical Cabaret dos Bichos em São Paulo. A estreia acontece no Teatro do Núcleo Experimental, na Rua Barra Funda, 637, nesta segunda, 23 de maio, ficando em cartaz até 22 de junho, sempre segundas, terças e quartas, 21h, com ingressos a R$ 30 pela Sympla.

A obra tem dramaturgia, letras e direção de Zé Henrique de Paula e música original e direção musical de Fernanda Maia, dupla premiada do teatro musical brasileiro. Eles apostam na linguagem artística dos cabarés alemães, tendo como referência Bertolt Brecht e Kurt Weil, nomes fundamentais das artes cênicas.

Na lista dos livros mais vendidos até os dias atuais, a história se ambienta em uma fazenda na qual os bichos resolvem fazer uma revolução, com inspiração na Revolução Russa de 1917. Contudo, após a tomada do poder, brigas internas geram contrarrevoluções e disputas para quem será soberano de fato, e o que seria uma revolução popular se transforma em uma terrível ditadura.

Preparados por Inês Aranha, estão em cena os atores Amanda Vicente, Bruna Guerin e Luci Salutes (alternantes), Dan Cabral, Dennis Pinheiro, Fabiana Tolentino, Flávio Bregantin, Fernando Lourenção e Pedro Silveira. Já a orquestra é formada por Fernanda Maia (piano), Clara Bastos / Pedro Macedo (baixo), Felipe Parisi (violoncelo), Bruna Zenti / Thiago Brisolla (violino) e Priscila Brigante (bateria).

A peça sob produção executiva de Laura Sciulli ainda tem preparo dos atores por Inês Aranha, coreografia de Gabriel Malo, assistência de direção de Rodrigo Caetano, iluminação de Fran Barros e cenografia de Cesar Costa. Já os figurinos são de Zé Henrique de Paula, com visagismo de Louise Helene e cabelos e maquiagem de Dhiego Durso.

Retire seu ingresso!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Respeitado jornalista cultural e crítico de artes do Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022