Agenda Bonifácio reúne programação e curiosidades do Bicentenário da Independência

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Um lugar onde o público pode acessar de forma simples e direta toda a informação sobre as programações artísticas do Bicentenário da Independência, além de conhecer curiosidades e bastidores do famoso grito de Dom Pedro I em 7 de setembro de 1822, que libertou o Brasil do jugo de Portugal. Este é o objetivo do site Agenda Bonifácio, lançado nesta quarta (18).

Com gestão e produção da Amigos da Arte, iniciativa trata-se de um guia não só de programação como de curiosisades históricas e espaço para debates de especialistas.

O governador Rodrigo Garcia entre Aline Torres (secretária de Cultura da Cidade de São Paulo) e Sérgio Sá Leitão (secretário de Cultura do Estado de São Paulo) em visita às obras do Museu Ipiranga – Foto: Governo SP – Blog do Arcanjo

O novo site foi lançado pelo governador Rodrigo Garcia, durante visita ao Museu Paulista, ou Museu do Ipiranga, como é mais conhecido, que está sendo reformado e foi visitado nesta quarta (18) com a presença também do secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, além do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e da secretária municipal de Cultura, Aline Torres.

Agenda Bonifácio

A Agenda Bonifácio vai oferecer ao público uma série de conteúdos com traçado histórico desde 1500 até os dias de hoje. Isso inclui curiosidades, notícias sobre a Independência, destaques do acervo do Museu do Ipiranga, além de entrevistas com pensadores, historiadores, artistas, descendentes de figuras históricas e personalidades ligadas às programações do calendário.

A plataforma inclui também vídeos com informações sobre a época, galeria de fotos e extensa programação cultural. 

Um marco tão importante para a história do país precisa ser celebrado ao longo de um período significativo, suficiente para que muitos eventos sejam comemorados. A plataforma será alimentada até dezembro de 2022 e depois se tornará um registro da celebração do bicentenário. Escolhemos o nome de Bonifácio para a Agenda, pois José Bonifácio, o patriarca da Independência, foi uma figura importantíssima para o desenvolvimento da Independência do Brasil.

Sérgio Sá Leitão
secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

O projeto disponibilizará ainda conteúdo nas redes sociais (Instagram, Twitter, Facebook, Tik Tok e Youtube) com diversas novidades envolvendo o bicentenário.

Divulgue seu evento

Seguindo uma arquitetura de conteúdo colaborativo, a Agenda Bonifácio possibilita a divulgação de eventos relacionados ao tema. Para compartilhar informações e divulgar seu evento, basta acessar o formulário ou escrever para contato@agendabonifacio.com.br  

“Queremos fazer um convite para a participação de todas as universidades, faculdades e centros de estudo na Agenda, que deve ser construída coletivamente”, diz  Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte. A plataforma está aberta para a inscrição de projetos temáticos diversos, entre eles concursos, ciclos de debates, lançamentos de livros, apresentação de teses e encontros especiais, entre outras possibilidades acadêmicas.

Um país só é independente se ele possui cultura própria e o Brasil mostrou que tem características culturais fortes. Queremos que a Agenda Bonifácio celebre os brasileiros independentes, que assumem sua própria identidade, e que ela tenha como principal objetivo fomentar continuamente uma programação histórica, diversa e democrática, que dialoga diretamente com os ecos deste marco na história e que segue presente até hoje em nossa cultura.

Danielle Nigromonte
diretora-geral da Amigos da Arte

Curiosidades históricas

Além de uma linha do tempo completa, a Agenda Bonifácio inclui um “varal” virtual – inspirado na literatura de cordel – com os destaques da sessão ‘Programação’. Nela, estarão contemplados todos os eventos, mostras, exposições, atrações culturais e acadêmicas, além de Notícias, cujos textos abordam assuntos diversos, como a exposição de Adriana Varejão na Pinacoteca de São Paulo, o restauro de quadros do Salão Nobre e os Ítens encontrados durante restauração do Museu do Ipiranga.

O público também pode passear pela sessão `Curiosidades’ e descobrir mais sobre os bastidores do ‘Grito’, como, por exemplo, que o primeiro documento de separação de Portugal foi, na verdade, assinado por uma mulher. Em ‘Entrevistas’, estará sempre disponível um papo recheado de informações atualizadas e relevantes na voz de notórios pesquisadores, além de uma conversa exclusiva com a tataraneta de José Bonifácio.

A sessão ‘Destaques do Acervo’ traz informações sobre o Caminho do Mar, o Viaduto do Chá e a coleção de Selos Modernistas. Em `Pílulas’, há informações diversificadas como quem foi Maria Quitéria e a origem do nome Brasil e em ‘Outros Heróis’, os holofotes se voltam para figuras icônicas da independência e pouco conhecidas pelo grande público, como a primeira presa política do Brasil e personagens extraordinários que não viraram nomes de rua.

No tópico `Sobre` é possível conhecer mais a respeito da plataforma Agenda Bonifácio e navegar ainda em outras duas plataformas, a ‘Agenda Tarsila’ e a ‘#CulturaEmCasa’, completando a jornada de conteúdo.

José Bonifácio de Andrade da Silva (1763-1838), o patrono da Independência do Brasil, dá nome à Agenda Bonifácio que reúne a programação e informações históricas do Bicentenário da Independência – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Brasilidade

A identidade visual da Agenda Bonifácio é a ressignificação do bicentenário da independência, disruptiva do ponto de vista das representações euro-centradas, através de valores visuais mais acessíveis e conectados, de fato, com a cultura do Brasil.

A construção do ícone principal baseia-se e na síntese de dois elementos muito simples: o primeiro é a bandeira brasileira, criada após a independência, de onde se extrai um losango com ângulos arredondados e suavizados – o segundo elemento – que representa o papel, mídia da época.

Os dois elementos foram combinados, imprimindo leveza e transparência ao conjunto. Junte-se a isso a escolha da paleta de cores, ao mesmo tempo criteriosa e surpreendente, por meio da adoção de tons derivados do amarelo (Ouro e Livre), verde (Atlântica e Bandeira), preto e areia (Ipiranga), remetendo à linguagem dos cordéis, com ilustrações e vinhetas que em tudo lembram as xilogravuras da inconfundível literatura popular brasileira.

O resultado final é a revisitação do binômio clássico (e inesperado) do verde e amarelo, com um design cheio de personalidade e construções capazes de preencher aprendizados democráticos, independentes de ideologias políticas, utilizando como inspiração a literatura de cordel ao criar um estilo de ilustração simples e com poucas cores, que se conecte com o perfil do projeto.

Acesse a Agenda Bonifácio!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas