Nobat sobre emoção de gravar com Elza Soares: ‘Realizei esse sonho’

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Não é de hoje que Minas Gerais vem fazendo bonito na nova cena da música brasileira. O sucesso recente da estonteante Marina Sena talvez seja só a ponta de um iceberg da fonte musical que jorra das montanhas mineiras. O mais novo talento que vem das alterosas é Nobat, músico que acaba de lançar o single Me Deixa Sambar, composição dele que traz participações de ninguém menos do que a rainha Elza Soares e também de BNegão, a quem define como “artista que pautou o pensamento e comportamento de uma geração”.

A canção com um samba repleto de groove foi gravada em março de 2021 com produção de Barral Lima. Me Deixa Sambar é um dos últimos registros fonográficos de Elza Soares e ganhou um belíssimo videoclipe, filmado em lugares estratégicos da capital mineira como Praça da Estação, Praça Raul Soares, Mercado Novo e Viaduto de Santa Tereza, entre outros. Um dos destaques é a gravação diante do retrato em grafite de Elza Soares na escadaria que sobe da Estação Central para a Rua Sapucaí, no centro da capital mineira. O vídeo é protagonizado pela dançarina Raquel Cabaneco e conta com roteiro e direção de Natacha Vassou e Lucas Espeto.

Senti muita emoção e acredito que foi ali, ao ouvir a voz de Elza Soares cantando Me Deixa Sambar enquanto rodamos o clipe, que me caiu a última ficha de que, ao mesmo tempo, realizei esse sonho incrível de trabalhar com uma das maiores cantoras da história da MPB. Na noite em quem Elza Soares gravou a canção, nós nos falamos por telefone e foi uma das experiências mais incríveis da minha vida. Ouvi-la dizer meu nome já foi uma das maiores emoções que vivi, mas mais fabuloso ainda foi poder ouvir seu olhar sobre a música, sobre nosso povo, nosso país. Não tenho muitos ídolos, mas Elza, certamente, era, é e permanecerá como uma das únicas da minha vida e carreira.

Nobat
cantor e compositor

O Blog do Arcanjo mostra o clipe.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo Fred Raposo é destaque no Mirada Maitê Proença estreia O Pior de Mim em SP