Espetáculo Começo do Fim estreia de forma digital no Teatro Sérgio Cardoso

Gabriela Mellão estreia peça digital Começo do Fim no Teatro Sérgio Cardoso - Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Gabriela Mellão estreia peça digital Começo do Fim no Teatro Sérgio Cardoso – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

A peça-filme Começo do Fim tem sua estreia neste domingo, 1º de maio, no feriado do Dia do Trabalhador, de forma digital no Teatro Sérgio Cardoso, na capital paulista.

Quem assina texto e direção é a jornalista Gabriela Mellão. O elenco é composto pelos atores Reinaldo Soares e Liris D. Lago, com narração de Eucir de Souza e Luna Martinelli. Aline Santini faz a direção de fotografia e Rafael Drodo a criação de projeções.

Além de autora, diretora e crítica de teatro, Gabriela é colaboradora da Revista Bravo!, membro da Associação Internacional de Críticos de Teatro e crítica e jurada do prêmio APCA. Foi ainda repórter teatral da Folha de São Paulo e curadora de festivais e editais.

Trata-se de um convite para que o espectador mergulhe nas contradições da alma humana e, a partir delas, se projete na obra em busca de revelações próprias e, quem sabe, apaziguamento para suas contradições.

Nascimento do projeto

O trabalho nasceu do mergulho da autora e diretora no mundo dos sonhos e do inconsciente, ao viver um processo de separação. Os sonhos, objeto de estudo de variadas correntes terapêuticas, são expressão e prova viva da eterna luta do homem dentro de si mesmo.

A peça/filme busca dissecar para o espectador esta luta. Na empreitada, Mellão expõe sua batalha pessoal entre consciente e inconsciente, transformando símbolos trazidos pelos sonhos em reflexões sobre si mesma e o mundo.

Criada a partir de cerca de 60 sonhos da autora durante 6 meses de terapia, em cruzamento com um estudo da mitologia, a obra ilumina a qualidade profética dos sonhos, trazendo uma reflexão sobre a importância dos mitos na elaboração e entendimento de nossa psiqué, não só entre povos antigos, mas também no mundo contemporâneo.

Meus sonhos são o ponto de partida desta obra. Foi uma experiência absolutamente surpreendente ver meu inconsciente trabalhando na elaboração dramatúrgica. E estes sonhos se revelaram mais do que criadores de histórias. Anunciaram transformações que viriam acontecer comigo, mostrando haver um diálogo estreito entre minha psiquê, o inconsciente coletivo e a mitologia. Foi um despertar para forças e saberes que dão à experiência da vida uma dimensão maior.

Gabriela Mellão
Gabriela Mellão estreia peça digital Começo do Fim no Teatro Sérgio Cardoso - Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Gabriela Mellão estreia peça digital Começo do Fim no Teatro Sérgio Cardoso – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

A história

Começo do Fim apresenta a jornada afetiva de uma mulher ao longo de um processo de separação, e os símbolos criados pelo seu inconsciente. Enquanto a personagem lida com os conflitos de um relacionamento, seus sonhos já vislumbram o fim. Em cena, vemos a relação de aproximação e distanciamento de um casal, ao mesmo tempo em que esta mulher começa a compreender o poder de seu inconsciente e a buscar o seu caminho individual.

Colaborou Michele Marreira

Começo do Fim

Quando: 1º até 30 de maio de 2022. Domingos e segundas-feiras, às 19h.
Onde: Teatro Sérgio Cardoso Digital – Transmissão: culturaemcasa.com.br
Quanto: R$ 10,00 a R$ 40,00 (contribuição solidária).

Gabriela Mellão estreia peça digital Começo do Fim no Teatro Sérgio Cardoso - Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Gabriela Mellão estreia peça digital Começo do Fim no Teatro Sérgio Cardoso – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Gabriela Mellão estreia peça digital Começo do Fim no Teatro Sérgio Cardoso - Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Gabriela Mellão estreia peça digital Começo do Fim no Teatro Sérgio Cardoso – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.