Anjo de Pedra estreia sob fortes aplausos no Tucarena para o clássico de Tennessee Williams

Anjo de Pedra estreia no Tucarena aplaudida por personalidades da cultura – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo
Fotos ANNELIZE TOZETTO
@annelizetozetto

O espetáculo Anjo de Pedra chegou ao palco do Tucarena, em São Paulo, fortemente aplaudido no último fim de semana por uma plateia repleta de intelectuais e personalidades da cultura.

Escrita pelo dramaturgo norte-americano Tennessee Willians (1911-1983), um dos nomes mais incensados do teatro moderno ocidental, a peça foi traduzida para o português por Luis Marcio Arnaut e David Medeiros e conta com direção de Nelson Baskerville, responsável também pela adaptação do texto em conjunto com Arnaut. A produção é de Rodrigo Velloni.

Estão no elenco da montagem de época os atores Sara Antunes, Ricardo Gelli, Kiko Marques, Chris Couto, Carolina Borelli, Luiza Porto, Thomas Huszar e Selma Luchesi.

A obra se passa nos Estados Unidos no começo do século 20, retratando um amor impossível entre uma recatada — e atormentada — filha de um pastor anglicano, Alma Winemiller, vivida com entrega por Sara Antunes, e um jovem médico galanteador — e também levemente arrogante —, John Buchanan, interpretado com o charme devido por Ricardo Gelli.

Circundam o embate do casal o peso de uma família e sociedade tradicionalistas e conservadoras e também o de uma pandemia, no caso do espetáculo, da Gripe Espanhola, que o diretor busca de forma sutil colocar em analogia à pandemia atual que paira sob o mundo.

Público aplaude estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo

Em conversa com o Blog do Arcanjo os artistas celebraram a retomada do teatro.

Encenar Anjo de Pedra do Tennessee Williams é a realização de um sonho. Durante anos trabalhei a peça com alunos do Teatro-Escola Célia Helena e sempre quis montá-la. É sobre um tempo da delicadeza, de ingenuidades, no qual as pessoas se comunicavam através de sentimentos e palavras. Acho que dessa vez conseguimos uma contextualização maior, por causa de um avanço religioso sobre a política brasileira e por causa também da Covid-19, já que a obra se passa na época da Gripe Espanhola, com dois personagens que tentam isolar o vírus. Foi uma época com os mesmos problemas atuais, com pessoas não querendo usar máscara, se vacinar. É a época ideal para montá-la e precisava também de um elenco, que, com certeza, consegui.

NELSON BASKERVILLE
diretor

O processo de Anjo de Pedra foi muito intenso. Tennessee Williams é amplamente engajado, humanamente e nas questões da subjetividade feminina. Começamos os ensaios com a covid-19 muito em alta e fomos tirar as máscaras só dez dias antes da estreia. Eu me engajei muito no teatro digital e estava morrendo de saudade do encontro com o público, desse corpo único na junção de atores e plateia. Está sendo lindo. Jamais vamos nos esquecer desse momento de reencontro. São dias inesquecíveis de voltar ao palco e revalorizar esse nosso ofício presencial.

SARA ANTUNES
atriz

Foram dois anos de ausência, sem o teatro, sem o palco. Poder estar de volta neste nosso lugar e reencontrar o público é um momento especial. E fazer um texto delicado de Tennessee Williams, com sua carga dramática e beleza rara, é uma satisfação a toda equipe. Sentir a energia emanada pelo público nos deixa muito felizes. Viva o teatro, viva a arte e vamos em frente!

RICARDO GELLI
ator

A montagem tem música original de Marcelo Pellegrini, cenografia e pintura de arte de Chris Aizner, iluminação de Wagner Freire, figurinos de Marichilene Artisevskis e direção de imagem de André Grynwask e Pri Argoud, além de contrarregragem de Fábio Ollyver e assistência de direção de Anna Zepa.

Broadway e Hollywood

Não custa lembrar que Anjo de Pedra, cujo título original é Summer and Smoke (Verão e Fumo, em tradução livre), foi escrita por Tennessee Williams após os sucessos À Margem da Vida e Um Bonde Chamado Desejo.

A peça Anjo de Pedra estreou na Broadway, em 1948, sem muito êxito, e foi adaptada para Hollywood em 1961, revelando a atriz Geraldine Page, que já havia interpretado a mesma personagem no circuito off-Broadway, em Nova York, em 1952. Ela foi indicada ao Oscar 1962 pelo papel, mas perdeu para Sophia Loren em Duas Mulheres. Ao todo, o filme teve quatro indicações ao Oscar (melhor atriz para Geraldine Page, melhor atriz coadjuvante para Una Merkel, direção de arte e trilha sonora).

No Brasil, a peça já foi montada com Cacilda Becker em 1950 e com Nathália Timberg em 1960. Williams chegou a dizer que em Anjo de Pedra escreveu uma de suas melhores personagens femininas.

A nova versão de Anjo de Pedra pode ser vista até 19 de maio, sexta e sábado, às 21h e domingo, às 18h, no Tucarena (r. Bartira esquina com r. Monte Alegre, Perdizes). Retire seu ingresso.

O Blog do Arcanjo esteve na estreia e mostra como foi nas fotos de Annelize Tozetto.

Anjo de Pedra estreia no Tucarena aplaudida por personalidades da cultura – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo

Blog do Arcanjo entra no camarim de Anjo de Pedra e revela bastidores

A atriz e protagonista Sara Antunes nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O ator e coprotagonista Ricardo Gelli nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O ator Kiko Marques nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
A atriz Chris Couto nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
As atrizes Luiza Porto e Selma Luchesi nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
A atriz Carolina Borelli nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O ator Thomas Huszari nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
A atriz Selma Luchesi nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O contrarregra Fábio Ollyver nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O diretor Nelson Baskerville nos bastidores da estreia de Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
Elenco de Anjo de Pedra durante o aquecimento antes da estreia no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
Elenco de Anjo de Pedra durante o aquecimento antes da estreia no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo

Retire seu ingresso para ver Anjo de Pedra no Tucarena!

Blog do Arcanjo mostra quem já aplaudiu Anjo de Pedra no Tucarena

A atriz e humorista Mariana Santos aplaudiu a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
A atriz Ana Lúcia Torre aplaudiu a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O ator Cássio Scapin aplaudiu a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O cenógrafo Chris Aizner, o ator Cássio Scapin e o produtor Rodrigo Velloni aplaudiram a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
A atriz Mariana Santos e o produtor Rodrigo Velloni aplaudiram a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O ator Odilon Esteves aplaudiu a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O cinesta Sérgio Rezende e o produtor Rodrigo Velloni aplaudiram a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O ator, palhaço e ex-secretário de Cultura de São Paulo Hugo Possolo e a atriz Camila Turim aplaudiram a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
Miguel Arcanjo Prado, jornalista, diretor do Blog do Arcanjo e crítico da APCA, aplaudiu a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
Os assessores Douglas Picchetti e Helô Cintra aplaudiram a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
O produtor teatral Rodrigo Velloni aplaudiu a peça Anjo de Pedra no Tucarena – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo

Retire seu ingresso para ver Anjo de Pedra no Tucarena!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.