Sérgio Sá Leitão permanece na Secretaria de Cultura de São Paulo e não será candidato a deputado federal

Sérgio Sá Leitão durante entrevista a Miguel Arcanjo Prado – Foto: Bob Sousa – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Sérgio Sá Leitão, ex-ministro da Cultura e atual secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, anunciou nesta sexta (25) que permanece no cargo e não será candidato a deputado federal pelo PSDB.

“Fui convidado para ser candidato a deputado federal pelo PSDB de São Paulo. Fiquei lisonjeado. Entendi como um reconhecimento. De fato, o Governo do Estado está realizando muito na cultura (e em outras áreas) desde 2019. O orçamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa em 2022 é o maior da história: R$ 1,25 bilhão”, recordou.

O secretário pontuou que a decisão foi tomada após muita reflexão. “A candidatura poderia amplificar essas realizações. E contribuir para que o setor cultural tenha uma representação política mais efetiva. Além disso, o PSDB é hoje o partido com o qual me identifico”, disse o secretário.

“Refleti muito. Conversei com o governador João Doria, com o vice-governador Rodrigo Garcia, com Marco Vinholi (colega de Secretariado e presidente do PSDB no Estado), com Fernando Alfredo (presidente do PSDB na Capital) e com outros parceiros e amigos. Falei, claro, com a minha família e a equipe da Secretaria”, revelou.

Por diversas razões, cheguei à conclusão de que posso contribuir mais para a sociedade, para a cultura de São Paulo, para o Governo e para o projeto político do qual participo continuando à frente da Secretaria [de Cultura e Economia Criativa] e me dedicando ao máximo às muitas entregas que ainda faremos em 2022.

SÉRGIO SÁ LEITÃO
secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Sérgio Sá Leitão ainda fez uma definição de seu perfil: “Sou essencialmente um executivo”, declarou. E fez questão de agradecer a todos que apoiaram a ideia de que ele se tornasse deputado federal.

“Muito obrigado a todos que se entusiasmaram com a ideia da candidatura. Peço sua compreensão. Muito obrigado também ao governador João Doria pela oportunidade de integrar sua gestão vitoriosa; e ao próximo governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, pela oportunidade de continuar na Secretaria nos próximos meses. Ainda há muito por fazer. E faremos!”, prometeu o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado, que é a locomotiva do setor em tempos de pouco apoio e boicote por parte do governo federal.

Secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão recebe o Prêmio Arcanjo 2021 Especial no palco do Theatro Municipal de São Paulo – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.