Rapidinhas Teatrais | Lilia Cabral volta a SP para estrear peça com a filha Giulia Bertolli

Lilia Cabral e Giulia Bertolli estão em A Lista – Foto: Pino Gomes Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Em casa

Paulistana da Vila Romana que foi morar no Rio quase quatro décadas atrás, a atriz Lilia Cabral está de volta a São Paulo. Ela estreia dia 12 de março no Teatro Renaissance ao lado da filha, Giulia Bertolli, a peça A Lista. A obra de Gustavo Pinheiro dirigida por Guilherme Piva mostra duas vizinhas na pandemia. Por conta do espetáculo, atriz e filha se mudaram temporariamente para o bairro de Higienópolis, onde Lilia comprou uma apartamento. Bem-vindas.

Herança merecida

Luís Holiver acaba de estrear no papel de Olívio, o tímido contador evangélico da peça Pessoas Brutas, de volta ao Espaço dos Satyros na Praça Roosevelt. O personagem já foi vivido por Robson Catalunha e Tiago Leal. Ator talentoso e muito querido por todos, Luís começou na bilheteria do Satyros e construiu seu respeito na companhia degrau por degrau, até alçar o posto de protagonista. Danado.

Riso inteligente

Lázaro Ramos e Ana Paula Bouzas assinam em conjunto a direção da comédia Antes do Ano que Vem, com Mariana Xavier. A peça pode ser vista no Teatro Unimed e critica a “felicidade obrigatória” em nossa sociedade. Ela interpreta sete personagens que reavaliam suas vidas na noite de Réveillon. Versátil.

Participação especial

Nome quente da nova cena do humor, Bruna Braga é a convidada de honra da comédia Só por Deus, no Teatro Itália, neste sábado, às 21h. Ela promete divertir o público ao lado de Darwin Demarch e Rita Murai, dupla que provoca gargalhadas na comédia dirigida por Grace Gianoukas e sob produção de Paulo Marcel, da Ventilador de Talentos. Estão todos convidados.

Noite de estreia

Ary França, Débora Falabella, Juan Manuel Tellategui, Karin Hils e Yara de Novaes estiveram entre os atores que aplaudiram a estreia da comédia A Mentira, com Miguel Falabella e Danielle Winits, no Teatro Claro do Shopping Vila Olímpia. O roteiro mostra um casal que precisa encarar a verdade em um relacionamento repleto de segredos. O povo ri de nervoso.

Quase cuiabano

Rodolfo García Vázquez está feliz da vida assim como os artistas de Mato Grosso. Depois de dois anos de modo online, o diretor voltou presencialmente à MT Escola de Teatro, em Cuiabá, da qual é um dos fundadores. Coisa boa.

Astro dos musicais

Depois de brilhar em Charlie – A Fantástica Fábrica de Chocolates, o ator Gui Leal está em clima de contagem regressiva para a estreia de Sweeney Todd – O Cruel Barbeiro da Rua Fleet. Dia 18 de março, no 033 Rooftop. Anotou na agenda?

Espaço do riso

Diogo Portugal celebra os 18 anos do Risorama, a mostra de stand-up criada por ele em parceria com o Festival de Curitiba. “No começo, o Risorama tinha um nome mais forte que o dos humoristas. Ninguém sabia quem viria, as pessoas iam para o Risorama. Mas, com o tempo, nós fomos o primeiro grande público de muitos comediantes que estão em cena”, recorda. É isso mesmo.

Aberta a perguntas

O musical A Família Addams marcou encontro com a imprensa para a manhã do dia 8 de março, no Teatro Renault. Entre os presentes, Marisa Orth, a Mortícia mais uma vez. Ah, a estreia está marcada para dia 10 de março, mas haverá sessão VIP no dia 9. Tem gente se estapeando por um ingresso. Eita.

Guerra e paz

Ivam Cabral lembrou sua passagem pela Ucrânia na década de 1990, junto com a Cia. de Teatro Os Satyros, fundada por ele e Rodolfo García Vázquez. Eles estiveram no país do Leste Europeu em tempos de fim da Cortina de Ferro, quando os jovens ucranianos esperavam dias melhores assim como os jovens artistas brasileiros. A recordação foi feita na abertura do semestre na SP Escola de Teatro. O ator e dramaturgo definiu a esperança da juventude como fator crucial para mudar este horrível mundo de guerra. Falou bonito.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.