Rapidinhas Teatrais | Névoa reabre Teatro Vivo com sessões presenciais

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Névoa no Vivo

Os atores Felipe Ramos, Sidney Santiago Kuanza, Felipe Hintze e Felipe Frazão estão na peça Névoa, que reabre o Teatro Vivo, no Morumbi, para sessões presenciais. A obra de Michael Perlmann dirigida por Lavínia Pannunzio faz pré-estreia neste Carnaval, dias 25, 26 e 27 de fevereiro (Sex 20h, Sáb 21h, Dom 18h). As apresentações seguem entre os dias 8 e 30 de março, terças e quartas-feiras, sempre às 20h. Em foco, temas urgentes como o cancelamento nas redes e o bullying. Vale a pena conferir.

Riobaldo por Barros

O ator Gilson de Barros protagoniza Riobaldo, sob direção de Amir Haddad. A obra estreia no Teatro Sérgio Cardoso em 11 de março. O espetáculo foi adaptado pelo ator a partir do livro Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa. Um clássico.

Cursos e peças

Verdadeiro patrimônio das artes cênicas em Minas Gerais, o projeto Teatro em Movimento, de Tatyana Rubim, completa 21 anos produzindo espetáculos digitais inéditos com direção de Carla Camurati e Carlos Gradim e amplia seus eixos de atuação, lançando os cursos de formação on line  Dança e Poéticas da Tela e o Teatro Digital nas Escolas, que se junta à formação em Teatro digital (adulta), lançado em 2020. Para a edição do Teatro Digital as inscrições são do dia 2 a 7 de março, pelo site www.teatroemmovimento.com.br. O projeto também lança nova temporada da websérie com a temática Brasilidade, com exibição pelas redes do projeto. Parabéns.

De volta ao presencial

A atriz Yara de Novaes está na retomada presencial do Teatro em Movimento, em BH, com Love Love Love, peça na qual contracena com Débora Falabella. As sessões serão de 17 a 19 de março, no Teatro do Minas Tênis; O Mistério de Irma Vap, com Luís Miranda e Mateus Solano, dias 2 e 3 de julho, no Sesc Palladium; e Barbara, com Marisa Orth, dias 13 e 14 de agosto, no Sesiminas. Coisa boa.

Luna Lunera em SP

O ator Cláudio Dias e os integrantes da Cia. Luna Lunera já estão se sentindo paulistanos na quinta semana da peça E Ainda Assim se Levantar. A obra tem sessões concorridas neste fim de semana de Carnaval no Sesc Santo Amaro. É bom correr antes que os ingressos acabem. Depois não diga que não avisei.

Teatro Cego no Rio

Depois de fazer sucesso no Memorial da América Latina, em São Paulo, o Teatro Cego faz sua primeira temporada no Rio de Janeiro com Um Outro Olhar. A trupe paulista pode ser vista no Espaço Cultural Sérgio Porto, na Rua Humaitá, 163, com entrada grátis. A coluna adianta que as sessões são nos dias 3 e 4 de março, com 2 sessões diárias, às 18h e às 20h. e com três sessões diárias nos dias 5 e 6 de março, às 15h, 17h30 e 20h. Imperdível.

Kobra no Municipal

Dono de obras que chamam a atenção nos prédios paulistanos, o artista Kobra estará no palco do Theatro Municipal no dia 5 de março, ao lado da Orquestra Sinfônica Municipal, que executará as Bachianas Brasileiras, do modernista Heitor Villa-Lobos. Os concertos Villa Total Parte I e Parte II, sob a regência de Roberto Minczuk, serão ilustrados ao vivo com uma obra do artista visual em homenagem a Villa-Lobos. Coisa linda.

Fartura no FIT Rio Preto

Um dos grandes festivais de teatro do Brasil, o FIT Rio Preto recebeu 830 inscrições para edição 2022. Estão inscritos espetáculos de 15 países e de 23 estados brasileiros, além do DF. A organização promete divulgar a programação selecionada dia 21 de junho. A curadoria é assinada por Adriana Macedo, Kil Abreu e Quitéria Kelly. O FIT Rio Preto acontece de 21 a 30 de julho. Aguardemos.

Isto Não É um Mapa

O Sesc Bom Retiro realiza entre 3 de março e 28 de maio de 2022 a 5ª edição da mostra Isto Não é um Mapa. Trata-se de uma série de cartografias afetivas, poéticas, sociais e micropolíticas em múltiplas linguagens, que promove discussões sobre processos históricos como alimento para o exercício de imaginar cidades coletivamente. Entre os destaques de programação estão: a exibição do filme A Última Floresta com direção de Cristina Flória e Luiz Bolognesi, a performance Okara, O Corte é A Ferida de Lian Gaia, o solo-debate Serviçal com a atriz Ana Flavia Cavalcanti, o espetáculo Estilhaços de Janela Fervem no Céu da Minha Boca da Digna Cia e o espetáculo Lôas da Corpórea Companhia de Corpos. Programação poderosa.

Luccas Papp no stand-up

O ator e dramaturgo Luccas Papp estreia no formato humor stand-up. Em Não Fui Eu… Me Cortaram!, promete fazer a plateia gargalhar com causos dos seus 30 anos de vida, dos quais boa parte no mercado do entretenimento. Estreia dia 12 de março, às 17h, no Teatro das Artes do Shopping Eldorado. Fica por lá até 30 de abril. Estão todos convidados.

Peças de Vitor Rocha viram livro

O multiartista Vitor Rocha lança dois livros de sua autoria com os roteiros de suas premiadas peças pela editora Born Books: Cargas D’Água – Um Musical de Bolso e Se Essa Lua Fosse Minha acabam de sair do forno e já podem ser comprados nas plataformas de venda literária. A coluna adianta que em breve ele lançará o livro com o texto de O Mágico di Ó, Um Clássico em Forma de Cordel pela Panda Books. Danado.

Sérgio Guizé à deriva

Conhecido de novelas como Verdades Secretas, o ator Sergio Guizé também é cantor. O moço estreia a turnê de seu álbum À Deriva no dia 17 de março, 20h, no Teatro Porto Seguro, em São Paulo. Renato Godá foi convidado para fazer participação especial no show. Estão avisados.

A Mentira no Teatro Claro

Os atores Danielle Winits e Miguel Falabella estão contando os dias para chegar 4 de março. É quando estreia, às 21h, no Teatro Claro do Shopping Vila Olímpia, a peça escrita por Florian Zeller. Fica por lá até o fim de maio. Então, tá.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Morre pai do Padre Marcelo: “Até a eternidade” Colplay cancela shows no Brasil por doença de Chris Martin Marilyn Monroe, Blonde: Curiosidades do filme Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes