Exposição Universo Pagu celebra artista modernista em prédio onde ela estudou no Brás

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

A Adaap (Associação dos Artistas Amigos da Praça), que administra a SP Escola de Teatro, instituição ligada à Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, promove a Exposição Universo Pagu, na sede Brás da Instituição, localizada na Avenida Rangel Pestana, 2401, Brás, prédio onde estudou a homenageada. A ação integra as celebrações do centenário da Semana de Arte Moderna de 1922.

A exposição retrata o período em que a artista, escritora, militante, jornalista, tradutora, crítica de artes e diretora de teatro Patrícia Rehder Galvão, a Pagu, estudou no prédio histórico que recebe o evento, antiga Escola Normal do Brás e hoje sede da SP Escola de Teatro.

Patrícia Galvão, eternizada como Pagu, é um dos maiores, se não o maior, nome do modernismo brasileiro e grande incentivadora das artes, em especial do teatro brasileiro. Marcio Aquiles, responsável pela ação, declara a honra de sediar a exposição no local em que ela viveu momentos essenciais de sua formação artística e intelectual.

“Mais do que apenas retratar elementos da vida de Pagu, a exposição Universo Pagu se propõe como apreensão crítica dos aspectos circundantes. São enfatizados na mostra, assim, aspectos histórico- arquitetônicos do prédio – onde ela estudou e que hoje funciona a sede Brás da SP Escola de Teatro -, o entorno do bairro e múltiplas relações éticas e estéticas da artista com o movimento de 1922”, explica Marcio Aquiles, coordenador na instituição e um dos idealizadores da exposição.

Todo o processo contou com a supervisão pedagógica do coordenador dos dois cursos de Cenografia e Figurino e Técnicas de Palco da SP Escola de Teatro, o cenógrafo J.C. Serroni, além dos formadores Telumi Hellen, Viviane Ramos e Marcio Tadeu.

Ivam Cabral, diretor executivo da instituição, é responsável pela idealização, ao lado dos coordenadores Elen Londero, Marcio Aquiles e Joaquim Gama.

Poder homenagear Pagu no centenário da Semana de Arte Moderna e dentro de uma escola onde ela estudou é uma grata coincidência. Ainda mais quando pode-se usar a montagem da exposição como pretexto para exercício dos estudantes. Foram eles que desenvolveram o projeto, que tendo como base o construtivismo russo, criaram um espaço desconstruído, um pouco contestatório ao organizado de uma exposição, o que certamente Pagu aprovaria.

J. C. Serroni
Cenógrafo da exposição Universo Pagu

Estudantes na mostra

Os responsáveis pela criação, pesquisa, organização e montagem do cenário da exposição são os estudantes do curso técnico em teatro de cenografia e figurino e técnicas de palco, com a participação de linhas do estudo como iluminação, sonoplastia, atuação, humor e dramaturgia. Uma ação que envolveu todos os talentos da SP Escola de Teatro.

Entre os destaques da exibição estão as passagens principais da vida da artista, como sua infância, a carreira de jornalista e escritora, o ativismo político, os casamentos e a paixão pelas artes cênicas, sendo ela, ao lado de Paschoal Carlos Magno, responsável pela criação do FESTA – Festival de Teatro Amador de Santos (o festival mais antigo ainda em atividade no Brasil).

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Governo do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Morre Glória Maria Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão