Memorial lança revista Nossa América para celebrar Semana de 22

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O Memorial da América Latina acaba de lançar a 58ª edição da revista Nossa América. O foco é a celebração do centenário da Semana de Arte Moderna de 1922. A publicação é do Centro Brasileiro de Estudos da América Latina (CBEAL), braço acadêmico do Memorial.

Esta edição da Nossa América é dedicada ao evento, mas também a analisar como o Movimento Modernista se espalhou pelo continente. Para isso, a publicação traz textos sobre personalidades que articularam e também nomes que participaram da Semana ou de suas ideias, dentre eles Mário de Andrade, Menotti Del Picchia, Villa-Lobos, Pagu e outros.

O número 58 da Nossa América suscita o questionamento de como os modernistas são lidos pela geração atual de artistas e pesquisadores. A pergunta permeia todos os artigos, mas principalmente os dois mais autorais, escritos sob a ótica feminista. Um deles tem um título irreverente que fala por si, “Oswald vestia as calcinhas de Tarsila: 7 posições modernistas 100 anos depois”.

A revista também mostra como o Modernismo influenciou a cultura brasileira e se propagou pela América Latina. Para isso, apresenta uma reportagem sobre o escritor e diplomata mexicano Alfonso Reyes. Ele conviveu e se correspondeu com os grandes nomes da cultura brasileira e latino-americana.

Outro destaque da edição é um instigante artigo sobre Menotti Del Picchia, uma das personalidades que articularam a Semana, e suas contraditórias crônicas de combate em defesa do Futurismo e de uma raiz bandeirante para a modernização do país. Junto com Mário e Oswald de Andrade, Anita Malfatti e Tarsila do Amaral, fez parte do conhecido Grupo dos Cinco – todos contemplados nas páginas da revista, ao lado dos grandes Guiomar Novaes, Di Cavalcanti e Heitor Villa-Lobos.

Confira a publicação completa no endereço: https://memorial.org.br/wp-content/uploads/2022/02/Nossa-América-58_versão-digital.pdf

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Governo do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Morre Glória Maria Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão