Cia Pé no Mundo leva legado da dança negra de Ismael Ivo à SP Escola de Teatro

Cia Pé no Mundo de dança com Cláudia Nwabasili e Roges Doglas na SP Escola de Teatro - Foto: Edson Lopes Jr. - Blog do Arcanjo
Cia Pé no Mundo de dança com Cláudia Nwabasili e Roges Doglas na SP Escola de Teatro – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Cia Pé no Mundo dança no histórico prédio da SP Escola de Teatro no Brás pelo projeto Residências SP Modernistas, que celebra 100 anos da Semana de 22

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo
Fotos EDSON LOPES JR.
@edson_lopes_jr

Cláudia Nwabasili e Roges Doglas são figuras que conquistam cada vez mais seu espaço na dança brasileira. Herdeiros do legado da dança negra de Ismael Ivo (1955-2021), com quem dançaram mundo afora, os diretores, coreógrafos e bailarinos da Cia. Pé no Mundo foram os convidados da segunda edição do projeto Residências SP Modernistas, da SP Escola de Teatro em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo em celebração ao Centenário da Semana de Arte Moderna de 1922. Sob curadoria de Miguel Arcanjo Prado, que idealizou a ação ao lado de Ivam Cabral, o projeto apresenta os novos modernistas do século 21, que criam novos paradigmas para a cultura brasileira, como a potente dança negra da Cia. Pé no Mundo.

Cia Pé no Mundo de dança com Cláudia Nwabasili e Roges Doglas na SP Escola de Teatro - Foto: Edson Lopes Jr. - Blog do Arcanjo
Cia Pé no Mundo de dança com Cláudia Nwabasili e Roges Doglas na SP Escola de Teatro – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

O Blog do Arcanjo mostra imagens de bastidores da gravação do vídeo, no qual os bailarinos dançam na sede histórica da SP Escola de Teatro, onde estudou Pagu. O clipe contou com produção de Rodrigo Barros, direção e edição de Henrique Mello, direção de fotografia de Edson Lopes Jr., assistência de Margarete de Lara e comunicação de Luiza Camargo.

Siga @ciapenomundo

Cia Pé no Mundo

A paulista filha de nigeriano Cláudia Nwabasili e o baiano Roges Doglas,  estrelas dessa segunda edição da série Residências SP Modernistas, reconstroem no vídeo o imaginário acerca dos corpos negros na dança.

Os idealizadores e diretores da Cia Pé no Mundo, fundada em 2011, representam uma nova geração de artistas multidisciplinares. Seus trabalhos se baseiam em pesquisas práticas e teóricas sobre o diálogo entre manifestações populares brasileiras e afro-brasileiras com a dança contemporânea.

Trabalharam com Antonio Nóbrega, Ismael Ivo, Ivaldo Bertazzo, Fernando Lee, Né Barros, Sidi Larbi Cherkaoui, Tati Sanchis, Tino Sehgal, e percorreram diversos países, como Argentina, Áustria, Espanha, Portugal e Rússia.

“Nossa intenção é contribuir para a desmistificação de manifestações culturais brasileiras e afro-brasileiras, valorizando-as como elementos possíveis para a concepção da arte contemporânea, e despertar no público o interesse e a necessidade de reconhecer narrativas históricas das diferentes vivências e corpos negros. Por meio da linguagem da dança, queremos materializar contemporaneidades e tornar possíveis novos imaginários sobre passados, presentes e futuros negros na dança e no mundo. Em nossos trabalhos, desenvolvemos pesquisas em dança e também em outros campos, como as teorias da linguagem, a literatura, a história, a sociologia e comunicação. Para a realização de nossos projetos, convidamos diferentes artistas e estabelecemos diversas parcerias com profissionais da dança e outras áreas dos estudos culturais e sociais”, Cláudia Nwabasili e Roges Doglas.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Govenador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, UMA, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor das premiações Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *