Vanessa da Mata protagoniza musical Clara Nunes – A Tal Guerreira

Vanessa da Mata protagoniza musical Clara Nunes - A Tal Guerreira - Foto: Priscila Prade/Divulgação - Blog do Arcanjo
Vanessa da Mata protagoniza musical Clara Nunes – A Tal Guerreira – Foto: Priscila Prade/Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Uma das últimas cantoras da música popular brasileira a conseguir atingir o estrelato nacional, a mato-grossense Vanessa da Mata será a mineira Clara Nunes, estrela da primeira constelação da MPB, no musical Clara Nunes – A Tal Guerreira. O musical tem previsão de estreia no último trimestre de 2021, em sessões online, e sessões presenciais apenas em 2022, ano em que Clara faria 80 anos de vida e que Vanessa da Mata comemora os 20 anos de seu primeiro disco.

Jorge Farjalla assina a direção do espetáculo, com produção musical de Kassin, velho parceiro de Vanessa, e direção de produção de Marcos Griesi. Mineira de Caetanópolis, Clara Francisca Gonçalves (1942 – 1983) reinou com seus sambas no imaginário nacional na virada dos anos 1970 para 1980, com participações inesquecíveis em clipes do Fantástico e no Cassino do Chacrinha, na Globo.

Brasil que Clara canta

“Sempre fui apaixonada pelos Brasis que Clara canta! Das intérpretes que cantam o Brasil de maneira grandiosa, Clara Nunes sempre me capturou de forma diferente! Clara é um dos ícones que sustentam um orgulho de nascermos aqui e, apesar de tudo, termos o riso e a força transparecendo de várias formas. Precisamos levar às novas gerações a diversidade musical, lúdica, híbrida, poética das músicas tradicionais de muitas regiões que Clara deu a uma multidão de maneira nacional”, declarou Vanessa da Mata.

A cantora há havia surgido diante das câmeras de Clara Nunes em 2012, no desfile da Portela, escola de coração de Clara, no Carnaval carioca na Marquês de Sapucaí. Além do musical, Vanessa da Mata tem se dedicado às artes plásticas nos últimos meses e recentemente declarou que foi salva pelos seus quadros.

Deixa Clarear

Clara Nunes é tema de outro musical que é sucesso de público, Deixa Clarear, com Clara Santhana, texto de Marcia Zanelatto e direção de Isaac Bernat.

A produção estreou em 2013 e, desde então, lotou teatros país a fora, sendo assistido por mais de 500 mil pessoas. Com o avanço da vacinação e a reabertura das casas de espetáculos, o musical volta ao Rio, onde chega ao Teatro Riachuelo em única apresentação no dia 12 de agosto, aniversário de Clara Nunes, que faria 79 anos. A apresentação presencial tem ingressos entre R$ 80 e R$ 50 e poderá ser vista também de forma remota, a R$ 15.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *