Marjorie Gerardi em Cannes e na Itália: série Sintomas conquista Europa

Por Miguel Arcanjo Prado
@miguel.arcanjo

Fotos Edson Lopes Jr.

A atriz Marjorie Gerardi decidiu se movimentar e criar, no começo da pandemia em 2020, uma série para a web em seu Instagram, Sintomas, para a qual convidou o amigo Augusto Madeira para viver um terapeuta que ouve as questões existenciais de uma atriz durante a quarentena, interpretada por ela.

O trabalho despretensioso cresceu, ganhou novos públicos e atualmente pode ser visto no streaming da Vivo Play, Now (NET), Amazon Prime Vídeo e Looke, além de uma segunda temporada, que acaba de estrear. Mas, fez dois importantes feitos internacionais. A série foi selecionada em dois importantes festivais da Europa. Sintomas concorre no Côte d’Azur WebFest, a extensão de projetos para web do 74º Festival de Cannes, e também foi selecionada pelo Sicily Web Fest, em Sicília, na Itália, que também acontece neste mês de julho.

E ela não para. Marjorie, que esteve na novela Rock Story e na série Se Eu Fechar os Olhos Agora na Globo, ainda pode ser vista na Netflix na série Coisa Mais Linda. A atriz ainda interpretou Heidi na tela da Record na novela Gênesis. Em breve, estará na série À Mesa, no Canal Brasil. Em uma tarde de sol de inverno, Marjorie conversou com o Blog do Arcanjo e posou para o ensaio com o fotógrafo Edson Lopes Jr., realizado no prédio histórico da SP Escola de Teatro, no bairro do Brás, em São Paulo.

Leia com toda a calma do mundo.

Série Sinomas abre cortinas internacionais a Marjorie Gerardi em Cannes e na Itália: “As seleções para estes festivais já são lindos prêmios” – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Miguel Arcanjo Prado – Como é concorrer em festivais na Itália e na França com sua série Sintomas?
Marjorie Gerardi –
Essa série só nos trouxe felicidades. Sintomas foi selecionada para dois grandes festivais internacionais: Sicily Web Fest, que é um dos maiores festivais de web do mundo e fica na Sicília, Itália. Essa premiação vai acontecer no dia 16 de Julho. E está também no grande Côte d’Azur WebFest, que é a extensão do Festival de Cannes para web, nada mais incrível poderia nos acontecer e a premiação deste vai acontecer nesta quarta (7). Estamos ansiosos, mas a nossa grande comemoração mesmo, foram as seleções para estes festivais, que já são lindos prêmios.

Marjorie Gerardi criou a série Sintomas durante a quarentena: ideia surgiu na terapia holística – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Quem não surtou um pouco na quarentena?”
Marjorie Gerardi, atriz e criadora da série Sintomas

Miguel Arcanjo Prado – Qual foi a importância de fazer este trabalho, Sintomas, em 2020 para você?
Marjorie Gerardi –
Eu realmente escrevi essa série porque minha terapeuta holística me falou para escrever algo e realizar, a voz dela ressoou tão forte dentro de mim que, no dia seguinte a ideia já estava pronta na minha cabeça. Foi tão importante roteirizar e realizar essa série em maio e junho de 2020, como está sendo agora dar continuidade ao projeto por conta do sucesso, um ano depois. Na época eu fiz porque o setor do audiovisual estava parado, fiz porque os teatros estavam fechados, fiz porque a minha cabeça não parou, fiz porque tive muito tempo livre, tempo de escrever, filmar e montar. Na época, quando terminamos a primeira temporada, não me passava na cabeça fazer uma segunda. Hoje, eu estou fazendo a segunda temporada porque a pandemia não acabou e os sintomas da pandemia só evoluíram. Achei um bom mote. Afinal, quem não surtou um pouco na quarentena?

Marjorie Gerardi esteve em Gênesis, novela da Record: “Só guardo boas recordações” – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Marjorie Gerardi – Você está em Gênesis, na Record. Como foi a experiência de fazer esta novela?
Marjorie Gerardi –
Eu fui muito feliz filmando a novela Gênesis, aprendi bastante sobre esse primeiro livro da Bíblia, conheci pessoas legais e interessantes, desfrutei de momentos lindos nas viagens com nosso núcleo e abri novas portas na minha carreira. Contamos a história da Arca de Noé, que é a primeira fase da novela, passamos 5 meses filmando, locações lindas e estúdios com a remontagem da arca era realmente impressionante. Fiz parte de uma superprodução, tudo impecável. Só guardo boas recordações. A minha personagem Heide, é uma mulher forte e corajosa, amei dar corpo a ela. O meu parceiro de cena, Augusto Caliman, me ajudou muito. Repito: foi uma delícia filmar.

Marjorie Gerardi filmou na pandemia: “Sempre temos de nos adaptar e resistir” – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Miguel Arcanjo Prado – Você chegou a gravar na pandemia?
Marjorie Gerardi –
Me sinto sortuda quando penso que terminamos nossas gravações em março de 2020, não existia o terror da Covid-19 instalado no SET. Fizemos a cena da invasão da Arca com muitos figurantes, as trocas de cena não tinham as dificuldades que encontramos hoje, não tínhamos o medo de morrer dessa doença. Hoje, quando vou para um set de filmagem, fico super paranoica, com medo de pegar, passo álcool nas mãos a todo momento e fico com a máscara até falarem “ação” . Tenho amigos que ainda estão filmando a novela, atrasou muito e tiveram muitas adaptações de cenas por conta da pandemia. Triste, mas sempre temos que nos adaptar e resistir para conseguirmos dar continuidade na vida e trabalho. Quem não teve que se reinventar ou se adaptar ao novo normal na pandemia?

Marjorie Gerardi protagoniza o longa Sophia, em fase de finalização – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Miguel Arcanjo Prado – Você vai protagonizar o filme Sophia. Quem é essa personagem? Já pode adiantar algo sobre a estreia?
Marjorie Gerardi –
Por conta da pandemia, a estreia do filme atrasou bastante, uma pena. Eu falei recentemente com o diretor Rafael Santin, e ele me disse que esse ano vão finalizar o último tratamento para de fato estrearmos. Sophia é a minha primeira protagonista no cinema, estou de cabelo curtinho, corte chanel e liso. Personagem ardilosa, uma história de vingança dessas que você sente o sabor, junto com a personagem, de justiça com as próprias mãos.

Marjorie Gerardi no cartaz do filme Sophia, de Rafael Santin e Henrique Sattin – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Miguel Arcanjo Prado – Você tem algum projeto engatado para este segundo semestre?
Marjorie Gerardi –
Eu acabei de filmar uma série para o Canal Brasil, À Mesa, direção de Rossana Foglia e Rubens Rewald. Sou protagonista do episódio junto com o ator Marcos Suchara. O tema principal da série é “à mesa”, as diversas histórias que acontecem ao redor dela. Nosso episódio se chama Francês Cinco Estrelas. Estou super curiosa pra ver. Silmara, minha personagem é simples e ao mesmo tempo super agilizada, sorriso no rosto, e ela vai enfrentar um problema que muitas mulheres enfrentam. Sem mais spoiler [risos]. Estou louca para saber como o público vai receber essa série. Eu gostei muito de filmar, mesmo sendo na pandemia, com todos os protocolos.

Marjorie Gerardi pode ser vista em Coisa Mais Linda na Netflix: “Streaming é o formato do momento”

Streaming é o formato do momento.”
Marjorie Gerardi, atriz e criadora da série Sintomas

Miguel Arcanjo Prado – Você tem vontade de fazer mais séries por streaming?
Marjorie Gerardi –
Estou no streaming com Coisa Mais Linda na Netflix. Eu realmente adoro filmar séries. É um formato que me agrada muito, temos mais chances de desenvolver as personagens por ser grande, porém nem tanto, sabendo do início ao fim o que vai acontecer. Isso às vezes tem muitas vantagens. As nuances podem ser estrategicamente colocadas nos desenhos da personagem por cada episódio, é muito gostoso de fazer. Streaming é o formato do momento em que estamos vivendo e há uma grande aceitação pelo público, que consegue ver na hora que pode e também pode escolher o que quer ver. Adoro séries, tanto de filmar como de assistir.

Marjorie Gerardi: Maravilhas Contemporâneas, de Luiz Melodia, e Cinema Transcendental, de Caetano Veloso, na playlist – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Miguel Arcanjo Prado – Falando nisso, que tal indicar um livro, um disco, um filme e uma série que você gostou nos últimos tempos?
Marjorie Gerardi –
Eu amo ler, acho que é um dos melhores exercícios para atuação. Trabalha o conhecimento, a história, a imaginação e mergulha fundo para conhecer universos diferentes dos seus, nada mais rico para um ator ou uma atriz. Vou indicar uma super volta aos grandes clássicos, trilogia tebana de Sófocles: Édipo Rei, Édipo em Colono e Antígona. Aí depois de você se deliciar na trajetória das palavras trágicas de Sófocles, você vai ter a estranha sensação que quase todo o resto que você leu bebeu de lá. Agora uma leitura contemporânea para você não desgrudar os olhos dos livros: a tetralogia napolitana de Elena Ferrante: A Amiga Genial, A História do Novo Sobrenome, História de Quem Foge e de Quem Fica e História da Menina Perdida. Não sei dizer o quanto amei essa aventura. Falando de música, um não, Miguel, me desculpa, mas vou escolher dois discos que nunca vou parar de escutar: Maravilhas Contemporâneas, de Luiz Melodia, e Cinema Transcendental, de Caetano Veloso. Agora, falando de cinema, o último filme que vi e que realmente mexeu comigo foi Better Days, filme chinês produzido em Hong Kong que concorreu ao Oscar como melhor filme estrangeiro. Genial, simplesmente genial. Já série vou indicar a segunda temporada de Sintomas [risos].

Agradecimentos:
SP Escola de Teatro, locação @escoladeteatro
Cholet, look @choletoficial
Bianca Falletti, maquiagem @bifalletti
Aryane Faria, assessoria @aryconexoes

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *