Revista de teatro da USP, Sala Preta é extinta após 20 anos

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Após 20 anos de história, a revista Sala Preta foi extinta pelo seu mantenedor, o Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). O encerramento foi confirmado pela equipe da USP somente neste mês de junho, mas a última edição da Sala Preta foi lançada em dezembro de 2020, quando homenageou o Teatro Oficina, dirigido por José Celso Martinez Corrêa, que escreveu artigo especial que abre a publicação e no qual protesta contra o governo de Jair Bolsonaro (sem partido). A revista era especializada em artigos acadêmicos sobre o campo das artes cênicas e seu nome fazia referência a um tipo de sala teatral e não a um recorte étnico.

Dificuldades

Segundo o professor Luiz Fernando Ramos, idealizador da revista ao lado da também professora Silvia Fernandes, as dificuldades levaram ao fim da publicação. “Antes de se procurar um novo editor entre os vários professores de nosso programa que poderiam assumir essa tarefa, percebemos que havia um problema anterior, quase crônico, que era a nossa crescente incapacidade de atender aos parâmetros de excelência atuais, e o quanto esses parâmetros tinham se tornado insensatos e pouco estimulantes”, disse Ramos ao site da USP.

O professor ainda deixou no ar que uma nova revista pode ser criada. “Talvez fosse a hora de um novo projeto, tão inovador quanto o da Sala Preta […] Percebemos que tínhamos cumprido um ciclo vitorioso de 20 anos e que talvez fosse a hora de um novo projeto, tão inovador quanto o da Sala Preta foi em seu início, para começar com sangue novo e novas perspectivas”, concluiu.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas