Com Xuxa, filme Amor Estranho Amor vai passar na TV: ‘Vejam’, ela pede

Por Zirlene Lemos

O filme Amor Estranho Amor, com atuação de Xuxa Meneghel, então com 18 anos, passará pela primeira vez na TV. A sessão especial do longa de Walter Hugo Khouri (1929-2003) será na madrugada de quinta (11) para sexta-feira (12), às 0h30, no Canal Brasil, que adquiriu os direitos de exibição. “Vejam o filme”, pede Xuxa.

Durante muitos anos o filme foi proibido pela própria Xuxa. Na trama, que se passa em um bordel que explora sexualmente menores de idade, sua personagem é uma jovem prostituta de 16 anos que acaba iniciando sexualmente um menino de 12.

Como posteriormente a jovem modelo e atriz virou apresentadora infantil de sucesso na Manchete e depois na Globo, Xuxa decidiu proibir o filme na Justiça, pagando milhares de reais para que ele não fosse exibido.

Contudo, há dois anos, Xuxa mudou de opinião e hoje quer que as pessoas assistam, para que se resolva de uma vez por todas boatos maldosos que diziam que ela teria feito “pornô com um menino”, o que é uma mentira maldosa, que durante muito tempo foi alimentada por uma mídia sem escrúpulos.

Xuxa na estreia de Amor Estranho Amor – Foto: Divulgação – blogdoarcanjo.com

Afinal, trata-se de uma obra de ficção, elogiada na época pelo crítico norte-americano Kevin Thomas no Los Angeles Times, comparando o diretor Walter Hugo Khuri ao cineasta francês Louis Malle. No elenco do longa estão astros e estrelas como Vera Fischer, Tarcísio Meira, Íris Bruzzi, Otávio Augusto, Mauro Mendonça e Walter Foster.

No filme cercado de polêmica por 39 anos, Xuxa é Tamara, adolescente de 16 anos obrigada a leiloar sua ‘falsa’ virgindade entre os frequentadores de um bordel. No filme, ela contracena nua e inicia o garoto Hugo, de 12 anos, interpretado por Marcelo Ribeiro, em sua vida sexual. Como pano de fundo político, o longa se passa no Brasil dominado pela política que vivia às vésperas do golpe militar de 1964.

Amor Estranho Amor foi exibido no ano de sua estreia nas salas de cinema brasileiras, fez um bom público, mas foi tirado de circulação logo depois. Lançado no mercado externo, foi exibido nos EUA, Grécia, na antiga União Soviética e no Japão, tendo o título internacional The Experience.

Batalha judicial

De 1991 a 2018, Xuxa conseguiu manter o veto na Justiça, proibindo a exibição do filme Amor Estranho Amor.

Ela pagava o equivalente a R$ 345 mil pelos direitos do longa. Em 2018, desistiu da ação de bloqueio, mudou de opinião, e o filme foi liberado dessa forma no final de 2020, quando o Canal Brasil comprou os direitos de exibição.

‘Vejam o filme’, pede Xuxa

Aos 57 anos, Xuxa estimula o público a assistir ao filme. Em entrevista ao Fantástico no final do ano passado, ela chamou a atenção para o que há de mais importante no enredo.

“Quem não viu o filme, por favor, veja. Porque esse filme fala de uma coisa muito atual, que é a exploração infantil, isso é a realidade de muita gente, isso existe, diariamente, nesse país e no mundo todo, mas, principalmente, nesse país. Muitos meninos e meninas são vendidos e vendidas para políticos, para pessoas que dizem que têm poder, então, é muito importante as pessoas falarem, sim, desse filme”, Xuxa Meneghel.

Siga @miguel.arcanjo!

Ouça o Podcast do Arcanjo!

+ Artistas, Cultura e Entretenimento

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *