Morre atriz Rosaly Papadopol, grande nome do teatro e TV

Por Miguel Arcanjo Prado

Morreu Rosaly Papadopol, atriz ícone do teatro brasileiro e também de nossa televisão, aos 64 anos nesta quarta (16), não resistindo à luta contra um câncer no baço.

Rosaly iniciou a carreira no teatro, nos anos 1970, atuando em montagens como Alegro Desbum, A Garota do Gangster, Pássaro da Noite e o musical Saudades do Brasil, ao lado da cantora Elis Regina.

NA televisão, foi contratada em 1978 da extinta TV Tupi. Na Globo, trabalhou em produções como Bang Bang, Belíssima, Pé na Jaca, Minha Nada Mole Vida e Malhação. Seu último trabalho foi em 2018, quando fez uma participação especial na série Samantha!, da Netflix.

A produtora Camila Sartorelli, amiga de décadas de Rosaly, prestou homenagem nas redes sociais. “Hoje o dia amanheceu muito triste… Não sei nem como começar… o que falar… Só agradeço a Deus por ter colocado a Rosaly no meu caminho, na minha vida de forma tão intensa há exatos 20 anos. São tantas histórias, tantos momentos que só nós sabemos. Uma das poucas pessoas que me ligavam só pra saber como eu estava! Foram tantas Covadongas, tantos japas, tanta, tanta risada, tanta VIDA! Uma vez uma pessoa falou que ela era TEATRO, ela entrava e alegrava todo e qualquer ambiente, sempre com muita energia, muita alegria! Espero Ro que você descanse agora, porque eu sei que você lutou muito! Obrigada por TUDO!! Por tantos momentos e histórias… Não queria parar de escrever. Tantas coisas para dizer, TE AMO e você sempre vai ser especial e importante na minha vida!!!”, declarou a amiga.

Lembre outras mortes de artistas em 2020

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Bob Sousa.

Siga @miguel.arcanjo

Ouça o Podcast do Arcanjo

Veja as últimas notícias dos artistas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *