Rapidinhas: Natal Mágico de Billy Bond aporta no Tom Brasil

Então, é Natal

Projeções 3D, chuva, neve, telões de LED, experiências sensoriais, mais de 250 figurinos, voos cenográficos, interação e muitas surpresas para deixar a criançada (e os crescidinhos) boquiabertos. Tudo isso está no musical Natal Mágico, criado pelo ítalo-argentino Billy Bond, o grande produtor teatral e musical responsável por algum dos maiores sucessos do rock argentino, como do ícone Charly Garcia. A superprodução natalina faz sétima temporada entre 13 e 20 de dezembro no Tom Brasil. Ah, Papai Noel não faltará. Aliás, o Bom Velhinho convenceu os organizadores a dar uma promoção aos papais e mamães neste tão complicado 2020: o pagamento pode ser feito em até dez vezes. A coluna dá uma dica importante: se puder, leve uma criança que não teria condições de ir. Ela jamais esquecerá.

Black friday

O Teatro Fernando Torres, no Tatuapé, faz entra no clima da Black Friday e faz promoção no ingresso do último fim de semana do ano da peça O Vendedor de Sonhos, com Luiz Amorim. O desconto é de 55% na inteira. Olha só.

Contagem regressiva

O coordenador geral da Satyrianas, Gustavo Ferreira, respira aliviado. Bem como sua equipe batuta, na qual brilham os incansáveis Diego Ribeiro, Silvio Eduardo, André Lu e Mariana França — estes dois últimos na curadoria da inédita ação SatyriBlack, com foco nos artistas negros e à qual este colunista deu singelas contribuições. Essa turma porreta conseguiu fechar a gigante programação do Festival Satyrianas 2020, de 3 a 6 de dezembro, repleto de arte digital e sob orientação de Rodolfo García Vázquez e Ivam Cabral. Tem de A a Z. Ah, neste 2020, o evento celebra 20 anos do Satyros na praça Roosevelt, que nunca mais foi a mesma depois que a frenética trupe lá aportou em 1º de dezembro de 2000, começando uma uma verdadeira odisseia teatral. Danados.

Números fartos

O 21º Festival Satyrianas conta com mais de 400 atrações em 78 horas ininterruptas de programação totalmente gratuita: mais de 100 espetáculos teatrais nacionais e internacionais, 30 textos dramatúrgicos inéditos, mais de 70 filmes, 30 performances, 20 espetáculos de dança, 10 lançamentos de livros, entre outras atrações de audiovisual, performances, podcasts, show de variedades, música, fotografia, poesia, encontros, debates e lives. São atrações de 22 estados brasileiros e 14 países: Espanha, Uruguai, Cabo Verde, Alemanha, Suécia, Portugal, Estados Unidos, Nigéria, África do Sul, Zimbabwe, Senegal, Inglaterra, Rússia e Finlândia. Ufa.

Viva a diferença

A Casa Natura Musical é o único equipamento cultural em sua categoria a ser reconhecido com o Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade 2020. Tudo por sua farta diretriz de diversidade e inclusão LGBTQIA+, que a gente vê na curadoria artística do espaço e também em suas redes. Que sirva de exemplo.

Sucesso digital

A dramaturga Vana Medeiros comemora o sucesso da temporada digital de sua peça A Verdade e Um Pouco Mais, com Marina Regis e Renata Alves. Todo sábado e segunda, 20h, até 7 de dezembro, com ingressos na Sympla. Prestigie você também.

Clássico

A dança retoma seu lugar de direito: o palco. A Cisne Negro Cia de Dança apresenta no Teatro Santander em 28 e 29 de novembro um dos mais consagrados balés da história, com narração de Ana Botafogo e participação especial dos solistas Marcia Jacqueline e Cícero Gomes: A Magia do Quebra-Nozes. Que chique.

Festa estranha…

O humorista Mauricio Meirelles vai comemorar seus 37 anos em uma festa para mil pessoas no Zoom neste sábado. É o tal do novo normal.

É da Moooooca, meu

A Mooca, um dos mais charmosos bairros paulistanos e que se orgulha de ter até sotaque próprio, agora tem um teatro para chamar de seu. É o Teatro São Cristóvão Saúde, novo espaço cultural da zona leste paulistana e que fica dentro do Mooca Plaza Shopping. Apostando no conceito 4D, que une teatro presencial e por streaming, a administração está a cargo da STR Eventos e da VinciBrasil. A peça que abre o espaço é Um Casamento Feliz, de Gérald Bitton e Michel Munz, e com Fábio Villa Verde, Renato Rabelo, Marcos Wainberg, Regiane Cesnique e Junno Andrade no elenco. A produção é do ator Marcos Pasquim. Sasha Meneghel aplaudiu a estreia, nesta quinta, prestigiando seu padrasto, Junno, companheiro de Xuxa. A união faz a força.

Domingo saudável

Domingo agora, 29 de novembro, não é dia só de segundo turno das eleições. Das 8h às 17h, acontece o Espaço Vegano, na rua Dona Germaine Burchard, 283, do ladinho do Parque da Água Branca, na zona oeste paulistana, com café da manhã, bufê de antepastos e pratos quentes, sob o comando da cozinha Pira na Banana. A entrada é de graça e pet friendly. “Queremos difundir pequenos produtores e apresentar uma variedade de sabores para uma alimentação saudável, natural e funcional”, promete o organizador, Sergio Chamma. Entre as delícias está o nhoque de banana recheado com jaca, exibido na foto acima. De ar água na boca.

Empoderadas

Devido ao sucesso de seu retorno presencial, a comédia Os Monólogos da Vagina agendou mais duas datas no Teatro Gazeta da avenida Paulista, 900: dia 4 de dezembro, às 21h, e 5 de dezembro, às 19h. Estão todos convidados.

Memorialista

O ator Ivam Cabral abriu o processo de Ruínas e Construções, seu segundo monólogo da Trilogia das Revelações, com texto dele e de Rodolfo García Vázquez, que abriu a seleção. O foco são as memórias de infância do artista, na pequena Ribeirão Claro, no interior do Paraná. Faz muito bem.

Visita literária

O ator Odilon Esteves, que já contracenou com Fernanda Montenegro na série Queridos Amigos na Globo, faz estreia nacional da peça literária Na Sala com Clarice, no dia 6 de dezembro, domingo, às 19h, em comemoração ao centenário de Clarice Lispector, no CCBB-BH. O solo foi criado durante a quarentena em regime de isolamento físico, e será apresentado ao vivo pela plataforma Zoom até 31 de janeiro (com breve pausa entre 20/12 e 9/01). Os espectadores escolhem, ao longo da sessão, por enquete eletrônica, os textos que gostariam de ouvir interpretados. A transmissão é feita da sala do ator para a sala do espectador. Puro requinte.

Tropicalista

Jards Macalé homenageia o artista Hélio Oiticica, um dos influenciadores da Tropicália, em show promovido pelo Instituto Inhotim. Neste sábado 28), às 11h, no canal do espaço no YouTube. Perde não.

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Bob Sousa.

Siga @miguel.arcanjo

Ouça o Podcast do Arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *