Cia. Pessoal do Faroeste é despejada em SP

Por Miguel Arcanjo Prado

A Cia. Pessoal do Faroeste, sob direção de Paulo Faria, está sendo despejada de sua Sede Luz do Faroeste, no bairro da Luz, centro de São Paulo, nesta quarta-feira (2), por atraso de aluguel. A dívida é de R$ 200 mil. Segundo informou a trupe teatral ao Blog do Arcanjo, enquanto entregavam cestas básicas do programa #FomeZeroLuz, o grupo recebeu um Oficial de Justiça, que determinou a saída imediata do local. “Não oferecemos nenhum tipo de resistência e alguns homens estão lá retirando as coisas de dentro do espaço, mas explicaram que eles têm um prazo de dez dias para fazer isso e não farão tudo hoje, porque o acervo da companhia é gigantesco”, conta o assessor do grupo, Antonio Montano. Pelo Faroeste já passaram artistas como Mel Lisboa, rainha do bloco carnavalesco do grupo, o Cordão do Triunfo, Leona Jhovs, Thaís Dias, Raphael García e Flávio Rodrigues, entre outros.

Segundo o diretor Paulo Faria, a dívida acumulada “chega a R$ 200 mil”, já que “o aluguem foi reajustado em abril deste ano, em plena pandemia, de 10 mil para 11.280 mil”. O artista, que já foi despejado do apartamento onde vivia no bairro de Santa Ifigênia, estava morando no teatro nesta quarentena com seus animais de estimação. Agora, está sem onde viver. “Em 2020, não tivemos nenhum apoio financeiro por meio do Fomento ao Teatro, que é o que mantém a companhia em atividade. Nosso espaço é pequeno e todos os espetáculos têm como bilheteria o sistema ‘pague quanto puder’. Em março, reestreamos a peça O Assassinato do Presidente que, devido a recomendação de isolamento social, teve que ser interrompida depois de apenas duas apresentações”, conta. No início de 2019, o espaço já havia sofrido ação de despejo. Na época, após a mobilização #FicaFaroeste, houve acordo com o proprietário e o pagamento foi realizado com recursos do Programa Municipal de Fomento ao Teatro da Cidade de São Paulo. Com seu futuro incerto, a Cia. Pessoal do Faroeste abriu uma vaquinha online e pede qualquer tipo de contribuição.

Paulo Faria, diretor da Cia. Pessoal do Faroeste – Foto: Bob Sousa – Blog do @miguel.arcanjo

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Renatto Valentte disse:

    Pq não fazer uma vaquinha virtual e se manter no mesmo espaço???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *