Viviane Ferreira é 1ª mulher negra a presidir comissão que indica filme do Brasil ao Oscar

Por Miguel Arcanjo Prado

Pela primeira vez uma mulher negra comanda a seleção do representante brasileiro na corrida pelo Oscar. A cineasta Viviane Ferreira foi eleita Presidente do Comitê Brasileiro de Seleção do Oscar 2021, em votação pela Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovsuais. Viviane é sócia-diretora da Odun Filmes e presidente da APAN – Associação de Profissionais do Audiovisual Negro. Em decorrência da pandemia do coronavirus, a cerimônia do Oscar será realizada no dia 25 de abril de 2021 com novas regras.

Este mês, a Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais foi reconhecida oficialmente pela Academy of Motion Picture, Arts and Sciences (AMPAS) como única entidade responsável pela seleção do filme que a cada ano concorre a uma vaga entre os cinco indicados ao prêmio de Melhor Longa-Metragem Internacional no Oscar. O comitê é formado por Affonso Beato, Clelia Bessa, Lais Bodanzky, Leonardo Monteiro de Barros, Lula Carvalho, Renata Magalhães, Rodrigo Teixeira, Roberto Berliner e Viviane Ferreira.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *