Mostra Internacional de Cinema Virtual tem 33 filmes grátis de 21 países

Por Miguel Arcanjo Prado

Que tal ter o melhor do cinema internacional sem precisar sair de casa ou pagar? É o que propõe a primeira Mostra Internacional de Cinema Virtual, que começa nesta terça (1º). A iniciativa do Governo de São Paulo é feita pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SEC) e a Secretaria de Relações Internacionais (SERI), em parceria com a organização Amigos da Arte. O evento inédito ocorre entre os dias 1 e 30 de setembro e exibirá ao menos 33 filmes de 21 países.

Toda a programação será exibida diariamente pela plataforma #CulturaEmCasa, sempre às 19h e 22h. A mostra apresentará uma seleção de filmes produzidos nos últimos cinco anos nas categorias de ficção, animação e documentário, de curta e longa-metragem. “Mais uma iniciativa boa e positiva para o setor de Cultura e Economia Criativa, que tanto vem sofrendo com os efeitos da pandemia”, afirmou o Governador João Doria, durante a coletiva de imprensa.

Um webinar no dia 1 de setembro, às 15h, marca a abertura da Mostra. Nele, os secretários Sérgio Sá Leitão (Cultura) e Julio Serson (Relações Internacionais) discutirão o audiovisual e a sua importância para a aproximação entre países e culturas. Interessados em participar do webinar devem se inscrever neste link. O webinar será transmitido pelo Canal da SEC no YouTube.

Em seguida, será exibido o filme “Sabores do Templo” (Coréia). Sérgio Sá Leitão espera que o evento entre para o calendário anual de ações da Secretaria de Cultura. “Será uma oportunidade fantástica para termos acesso a uma produção cinematográfica de altíssima qualidade. O melhor do cinema internacional sem precisar sair de casa, via #CulturaEmCasa”, afirma o secretário.

A realização da Mostra foi possível por conta de uma ampla mobilização colaborativa. Consulados, embaixadas e institutos estrangeiros com sede em São Paulo foram envolvidos. “A 1ª Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo nasceu graças à ótima interlocução que sempre tivemos com embaixadas, consulados e institutos culturais. A parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa também foi fundamental para que esse projeto se concretizasse. Estamos muito felizes com o resultado, espero que todos gostem”, diz o secretário Julio Serson.

A plataforma de streaming e vídeo #CulturaEmCasa foi lançada em 20 de abril e, em quatro meses, registrou 1,5 milhão de visualizações e mais de mil conteúdos. Seu objetivo é ampliar o acesso da população a eventos culturais e artísticos das instituições vinculadas à Secretaria de Cultura e Economia Criativa em tempos de pandemia e isolamento social. “Trata-se de um instrumento que gera renda e oportunidades para o setor criativo, um dos mais afetados pela pandemia”, afirma o secretário Sérgio Sá Leitão.

O #FestivalCulturaEmCasa, o SPGastronomia e o #DiálogosNecessários fazem parte da plataforma com a apresentação de personalidades da diversidade cultural paulista como Renato Teixeira, Sérgio Reis, Gregório Duvivier, Tony Belloto, Tom Zé, Sérgio Mamberti, os chefs Paulo Machado, Morena Leite e Aritana Maritoni, entre outros. A plataforma reúne ainda conteúdos inéditos de instituições e corpos artísticos vinculados à SEC como a OSESP, a Jazz Sinfônica, Pinacoteca, Museu da Imagem e do Som, Museu do Futebol, Biblioteca São Paulo, Biblioteca Parque Villa-Lobos, Museu da Diversidade Sexual, São Paulo Companhia de Dança e Projeto Guri. Conheça a programação completa.

O Blog do Arcanjo adianta a programação:

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *