Morre integrante do RuPaul’s Drag Race Chi Chi DeVayne aos 34 anos

Por Miguel Arcanjo Prado

Morreu aos 34 anos a participante do RuPaul’s Drag Race Chi Chi DeVayne. Drag negra de origem pobre da Lousiana, estado fortemente racista do sul dos Estados Unidos, ela se destacou por seu grande carisma e história sofrida de vida na oitava temporada do programa em 2016, terminando em quarto lugar. Depois, participou do All Star 3, em 2018, quando ficou em oitavo lugar. Bob The Drag Queen, que venceu a oitava temporada, declarou: “Eu estou completamente arrasado”.

Chi Chi DeVayne é a segunda competidora do reality show a morrer desde o início do programa. A drag Sahara Davenport, de nome de batismo Antoine Ashley, da 2ª temporada, morreu de insuficiência cardíaca em 2012. Sahara era do Texas e tinha apenas 27 anos ao morrer; assim como Chi Chi, também era negra e de origem pobre.

A família Davenport confirmou a morte de Chi Chi em um comunicado na conta da drag no Instagram, sem deixar claro qual foi a causa. Chi Chi tinha recorrentes problemas de saúde e havia comunicado aos fãs recentemente uma internação.

A imprensa norte-americana especula que ela poderia ter sido vítima da pneumonia, o que a tornaria a primeira vítima da Covid-19 entre as integrantes do famoso reality show de drags comandando por RuPaul Charles.

Meritocracia feat Chi Chi Devayne | Lágrimas de Crocodilo

Críticas por ser pobre

Chi Chi Devayne, cujo nome de batismo era Zavion Michael Davenport, nasceu em 24 de setembro de 1985 na conservadora Shreveport, na Louisiana. “Eles vão explodir sua cabeça”, disse no programa quando explicou porque era difícil lutar pelos direitos LGBTQIA+ em seu estado.

A drag sulista marcou a competição com dublagens de entrega vigorosa e também por sua história de extrema pobreza — trabalhava como guardadora de carros e empacotadora de supermercado — antes de entrar na competição.

Por conta da origem humilde, não tinha roupas nem perucas caras e foi duramente criticada por isso pelo júri do programa, como se fosse culpada por isso.

Quando Chi Chi tentou se justificar, dizendo que não tinha um bom guarda-roupa por ser pobre, foi duramente repreendida, inclusive por RuPaul, que se negou a aceitar justificativas.

RuPaul Charles lamentou a perda. “Estou muito grato por termos experimentado sua bela e gentil alma. Ela fará muita falta, mas nunca será esquecida. Que seu espírito generoso e amoroso brilhe sobre todos nós. Em nome da VH1, World of Wonder e o elenco e equipe da RuPaul’s Drag Race, estendo meus mais profundos sentimentos da nossa família à dela”, declarou.

Siga @miguel.arcanjo


Você pode gostar...

1 Resultado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *