Sem apoio, Teatro Contadores de Mentira vai fechar em Suzano

Sede do Teatro Contadores de Mentira, em Suzano, SP: sem apoio do poder público, espaço do grupo vai fechar as portas em julho – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo/UOL

Um dos principais grupos teatrais paulistas, o Contadores de Mentira, com sede em Suzano, na região do Alto Tietê, na Grande São Paulo, anunciou nesta quarta (9) que fechará suas portas de seu teatro em julho próximo.

O motivo alegado pelo grupo é a falta de condições financeiras de arcar com os custos e o aluguel de sua sede, situada desde 2012 no bairro Parque Maria Helena, próximo à estação Suzano da CPTM.

Fundado em 1995, no mesmo município, o Contadores de Mentira logo ganhou projeção fora do Brasil, chegando a fazer apresentações em festivais internacionais, como no Equador.

Com direção de Cleiton Pereira e sem apoio do poder público, o grupo não tem mais como arcar com sua sobrevivência.

“Há 23 anos produzimos projetos, espetáculos, festivais, encontros, redes, e, sobretudo, diálogos de sobrevivência, crescimento, articulação e atitude entre cidadão e cultura”, diz o grupo, em nota.

A companhia lembra que pelo teatro já passaram “mais de 300 espetáculos, shows musicais, palestras, vivências, debates e oficinas”, representando “coletivos de todas as regiões do Estado, do Brasil e de diversos países”. Nomes importantes do teatro mundial, como o diretor italiano Eugenio Barba, já estiveram no Teatro Contadores de Mentira.

Projeção internacional: Contadores de Mentira se apresenta no Equador para 500 pessoas; mesmo assim grupo não tem apoio do poder público e vai fechar as portas de sua sede em Suzano, na Grande São Paulo – Foto: Sebastian Melo/Divulgação – Blog do Arcanjo/UOL

Contadores de Mentira é principal teatro de Suzano

“Em 2018 o município de Suzano completou 69 anos, ou seja, o grupo Contadores de Mentira sobrevive de forma ativa e independente há um terço da história da cidade. Em tempos tão difíceis, temos nos movimentado, e muito, para sobreviver e manter dignas nossas convicções”, afirma a nota, antes de reiterar: “um espaço cultural não se mantém sem a coautoria da sociedade”.

O texto ainda diz: “No entanto, a soma de nossos esforças e da sociedade se apresentam, neste momento da história, insuficientes para manter as atividades, a manutenção e a locação da casa. Diante deste panorama anunciamos, com pesar, o fechamento do Teatro Contadores de Mentira no mês de julho de 2018”.

O grupo ainda lançou uma hashtag de apoio na internet: #meuapoioaoscontadores

Fale com o Teatro Contadores de Mentira

Siga Miguel Arcanjo no Instagram

Você pode gostar...