Festival Tomada Urbana movimenta interior do Rio com teatro e arte

Cena de "Fricción" do Colectivo de a II, do Equador, na Tomada Urbana - Foto: Luísa Ritter

Cena de “Fricción” do Colectivo de a II, do Equador, na Tomada Urbana – Foto: Luísa Ritter

Por Miguel Arcanjo Prado

Artistas internacionais ocuparam as ruas de Barra Mansa, Resende, Itatiaia e Volta Redonda, no interior do Rio, na oitava edição do festival Tomada Urbana, em sua parte brasileira. O evento foi realizado também no México e no Uruguai, onde as atividades terminaram no último dia 4.

A Tomada Urbana é um festival internacional de artes cênicas que também promove ações de performances, música e artes visuais em espaços urbanos e não convencionais, além de oficinas artísticas e intercâmbio.

Bernardo Sánchez Lapuente (México-Alemanha) em "Ressoando Ossos (Resonando Huesos)" - Foto: Luísa Ritter

Bernardo Sánchez Lapuente (México-Alemanha) em “Ressoando Ossos” – Foto: Luísa Ritter

A produção é do Coletivo Teatral Sala Preta, com sede em Barra Mansa (RJ), que realiza parceria com os grupos do México, Pulpo e Foro Escénico e Okos Teatro, além do Coletivo Tomada Urbana Uruguai.

“Realizar a Tomada Urbana em diversos territórios do planeta amplia a formação de uma plateia consciente e crítica em relação à ocupação da silhueta urbana. O mundo é visto sem fronteiras como um lugar possível, consolidado a arte como linguagem transmutadora dos limites geopolíticos”, fala o artista Bravo, que produz a Tomada Urbana no Brasil.

“A Tomada Urbana passou a entender o mundo como um lugar só, refletindo sobre a atuação dos latinos no mundo. Por isso propaga os valores da cidadania, o exercício dos direitos e da diversidade cultural, com o objetivo de fortalecer uma rede horizontal de organizações em todo o mundo voltada para a produção e difusão do saber artístico, social e humano”, conclui.

Saiba mais sobre a Tomada Urbana

Colectivo de Teatro Físico Escaranilla, do México - Foto: Luísa Ritter

Colectivo de Teatro Físico Escaranilla, do México – Foto: Luísa Ritter

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...