Rapidinhas no Festival de Curitiba: Diogo Portugal, Luís Melo, João Luiz Fiani, Leci Brandão e muito mais!

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Bilheteria feliz

O Risorama – Inimigos do Mau Humor sempre é campeão de vendas no Festival de Curitiba. E, pelo jeito, neste ano não será diferente. Nesta terça-feira (19), às 19h, o anfitrião e curador da mostra de stand-up que completa 20 anos, o intrépido Diogo Portugal, faz um pocket show na bilheteria física oficial, no piso térreo do ParkShoppingBarigüi, na capital do Paraná. O povo vai morrer de rir.

Última chance

Ninguém precisa mais ficar em faniquito porque não conseguiu ingresso para Mutações, com Luís Melo, no Festival de Curitiba. A peça acaba de ganhar sessão extra no dia 6 de abril às 17h30 no Guairinha. Com dramaturgia de Gabriella Mellão e direção de André Guerreiro Lopes, o espetáculo se inspira no I Ching e conta com Luís Melo, Andréia Nhur e Alex Bartelli no elenco, além de música de Federico Puppi. As duas sessões originais nos dias 5 e 6 às 20h30 já estavam esgotadas. Compre aqui. Depois não diga que não avisei.

Ai, que delícia

O 20º Festival Pão com Bolinho, com a iguaria gastronômica do Paraná, vai rolar durante o 32º Festival de Curitiba. Mais precisamente de 20 de março a 15 de abril. O preço único é 22 reais, sob realização da Curitiba Honesta. É maravilhoso.

Folias teatrais

De 28 a 31 de março, o Fringe promove dentro de sua programação de rua no 32º Festival de Curitiba o Honk! CWB, um festival de fanfarras ativistas que promete ressuscitar a folia. “Pra quem acha que o carnaval acabou, nós temos uma novidade”, avisa Pri de Morais, a mulher toda poderosa coordenadora executiva do Fringe. “Dizemos que as fanfarras são ativistas porque ocupam as ruas de maneira popular e se preocupam com a inclusão e com a diversidade”, complementa. O Honk! como movimento nasceu em Boston, nos Estados Unidos, ainda no ano de 2006. Dali, se espalhou pelo mundo. Chegou ao Brasil em 2013 e começou a ganhar, uma a uma, as capitais do país. Agora, chega pela primeira vez a Curitiba. Delícia.

Viva Leci

Às vésperas de completar 80 anos em 12 de setembro de 2024, uma das lendas vivas do samba vê sua história ser contada no Festival de Curitiba no premiado musical Leci Brandão – Na Palma da Mão, em cartaz nos dias 1 e 2 de abril, no SESC da Esquina, na capital do Paraná. Dirigido por Luiz Antonio de Pilar, vencedor do Prêmio Shell, o espetáculo traz a trajetória de Leci Brandão contada por três intérpretes, que nunca saem de cena: as atrizes Tay O’Hanna e Verônica Bonfim incorporam, respectivamente, Leci Brandão e sua mãe, Dona Lecy. Já o ator Sérgio Kauffmann representa personagens masculinos que passaram pela vida da cantora, como o líder comunitário Zé do Caroço, inspiração de uma de suas músicas mais famosas. Vai dar samba.

Registro histórico

A fotógrafa Lenise Pinheiro vai lançar seu livro Festival de Teatro de Curitiba, com fotos históricas do evento pelas Edições Sesc no dia 6 de abril, às 15h, no Paço da Liberdade, coração do centro da capital paranaense. A autora fará bate-papo com mediação de Fabíula Passini, diretora do evento, e da atriz Cássia Damasceno, grande nome da cena curitibana. Não vai faltar click.

Sucesso de público

Um dos grandes atores, diretores e dramaturgos do teatro paranaense, João Luiz Fiani estará na peça Férias Conjugais no Festival de Curitiba. A comédia que foi a maior bilheteria de Curitiba em 2023 faz sessões nos dias 29, 30 e 31 de março, 20h, no Teatro Lala Schneider. Também estão no elenco Fernanda Bahi, Pedro Cardoso Escorsin e June Catellano. O roteiro mostra um casal que resolve se separar nas férias. Claro que vai dar confusão.

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ouça Arcanjo Pod no Spotify

Blog do Arcanjo no YouTube

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Jornalista cultural influente e respeitado no Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, desde 2019. É Mestre em Artes pela UNESP, Pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, Bacharel em Comunicação pela UFMG e Crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e apresenta o Arcanjo Pod. Eleito três vezes um dos melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, UMA, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. Integra o júri de Prêmio Arcanjo, Prêmio Jabuti, Prêmio Governador do Estado de São Paulo, Prêmio Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Prêmio Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. Vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Medalha Mário de Andrade do Prêmio Governador do Estado, maior honraria na área de Letras de São Paulo.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *