Morre Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo e ícone da cultura brasileira

Danilo Santos de Miranda recebe o Prêmio Arcanjo 2019 e é ovacionado no Theatro Municipal © Edson Lopes Jr. Blog do Arcanjo 2023

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

A morte do filósofo, sociólogo e executivo Danilo Santos de Miranda, aos 80 anos, neste domingo, 29, deixa um vazio imenso na cultura, no empresariado e na sociedade brasileiras. Conhecido como o maior ministro da Cultura sem jamais ter ocupado o cargo, pelo importante viés cultural que implementou no Sesc São Paulo sob sua direção desde 1984, ele era muito querido e respeitado na classe artística. O Sesc SP comunicou sua morte neste domingo, aos 80 anos. A causa da morte não foi informada. O velório será no Sesc Pompeia, na zona oeste da capital paulista, entre 10h e 14h. A cremação será às 17h no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra. Danilo Santos de Miranda recebeu o Prêmio Arcanjo de Cultura em 2019, na primeira edição da premiação, no Theatro Municipal. Ele voltou a receber a premiação em nome do Sesc São Paulo em 2020, ano em que a cerimônia foi online por conta da pandemia. Sua morte deixa a cultura em luto profundo.

“Com enorme pesar e profunda dor, comunicamos o falecimento de nosso Diretor Regional, Danilo Santos de Miranda, na noite deste domingo, 29/10. Natural de Campos dos Goytacazes, estado do Rio de Janeiro, Danilo dedicou 55 anos de sua vida ao Sesc SP, estando à frente da Diretoria Regional da instituição desde 1984. Neste momento de grande consternação para todos nós, em nome da Presidência, do Conselho Regional e do corpo de funcionários do Sesc SP, prestamos nossa solidariedade e sinceros sentimentos à família e aos amigos de Danilo, e nossa homenagem ao querido diretor e companheiro.

Sesc SP
Diretoria Regional
Assessoria de Imprensa

O Danilo foi um dos primeiros grandes nomes da cultura, afinal ele era o nosso Ministro da Cultura, a me parabenizar pelo cargo e me dar caminhos por onde ir. Sempre fui sua admiradora. Vivo pela cultura a mais de 10 anos e ele sempre foi a minha referência maior! Ele conseguiu unir a visão sofisticada da cultura com a necessidade das bordas! Sempre com falas certeiras, dóceis e necessárias. Sem falar no papel fundamental no desenvolvimento do Sesc, tornando-o uma potência na promoção da cultura e do bem-estar. Seu compromisso com o apoio a artistas, curadores e produtores, por meio de fomentos e iniciativas diversas, deixou um legado que continuará a inspirar gerações futuras. Neste momento de luto, e eu aqui em lágrimas, expresso minhas mais sinceras condolências à família, amigos e a toda a comunidade cultural brasileira. Danilo Miranda deixa um vazio inestimável. Esse foi o nosso último encontro, no evento de abertura das celebrações dos 60 anos do Trabalho Social com a Pessoa Idosa, do Sesc.

Aline Torres
Secretária de Cultura da cidade de São Paulo

Hoje me despeço do maior Ministro da Cultura que o Brasil nunca teve. A arte e a cultura transbordaram e continuarão transbordando através da beleza, generosidade, ética, sabedoria, entrega e amor de Danilo Miranda. Meu mestre! Sempre que tínhamos a oportunidade de conversar, eu o chamava de mestre! Sua força e dedicação são fontes constantes de inspiração para mim. Você é amável, visionário, e seu legado será eternamente lembrado. Sua militância pela cultura brasileira e por um país mais justo e com uma democracia sólida jamais será esquecida. Descanse em paz, querido Danilo Miranda! À família, meus mais sinceros sentimentos.

Eduardo Saron
Presidente do Itaú Cultural

Que homem genial foi o Danilo Miranda! Me sinto privilegiado por ter tido a oportunidade de trabalhar com ele nestes últimos anos. Danilo era uma das pessoas mais cultas e geniais que já conheci. O que esse homem fez pela cultura brasileira é verdadeiramente impressionante! O trabalho que ele realizou na SP Escola de Teatro é realmente inestimável. Vou sentir tanta, mas tanta saudade! Que descanse em paz, meu querido.

Ivam Cabral
Diretor executivo da SP Escola de Teatro e Adaap, da qual Danilo Santos de Miranda era conselheiro

É com grande pesar que recebo a notícia do falecimento do querido amigo Danilo Miranda. O Papa da Cultura, como eu o chamava, foi mais do que um amigo, foi um mentor, um confidente, um companheiro de histórias. Descanse em paz meu querido. A Cléo, companheira de vida, aos familiares e a toda família Sesc SP meus sentimentos.

Marilia Marton
Secretária da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo

Começamos a semana com a triste notícia da partida do grande Danilo Santos de Miranda. Sociólogo e filósofo, reinventou a forma de fazer cultura no Brasil com o seu trabalho no SESC São Paulo, se tornando imenso para todos nós, pelo seu amor dedicado à cultura e arte. Tive a oportunidade de estar com Danilo em duas ocasiões. Uma no Minc, em reunião com Marcelo Freixo, presidente da Embratur, em Brasília. Onde pudemos dialogar sobre vários assuntos importantes naquele momento. Já em São Paulo, fui recebida com muito carinho por ele e sua equipe em visita a exposição “Dos Brasis – Arte e Pensamento Negro”, no SESC Belenzinho. O legado de Danilo é imensurável e seguirá vivo como combustível para a arte do país. Meus sentimentos à família e amigos e a todos que fazem parte do sistema Sesc. Obrigada, Danilo Miranda

Margereth Menezes
Ministra da Cultura do Brasil

A cultura perde seu grande pai. A morte de Danilo Santos de Miranda nos deixa em luto profundo. À frente do Sesc São Paulo por 40 anos ele se tornou uma espécie de ministro da Cultura sem nunca ter precisado ocupar o cargo. Todos temos um imenso respeito por seu nome e seu legado. Tive a sorte de poder entrevistá-lo várias vezes e sentir que o carinho que tinha por ele era recíproco. Tive também a honra de poder homenageá-lo em vida, na primeira edição do @premioarcanjo. O encontrei pelas últimas vezes em junho, no casamento de Zé Celso, e depois em agosto, quando ele caminhava ao lado da ministra da Cultura Margareth Menezes na visita à exposição de arte negra Dos Brasis no Sesc Belenzinho. Na verdade, eu via dois ministros à minha frente. Viva Danilo Santos de Miranda! Nossos aplausos de pé por sua brilhante trajetória. Obrigado por tudo, grande e icônico mestre!

Miguel Arcanjo Prado
jornalista e mestre em artes
Blog do Arcanjo e Prêmio Arcanjo

Partiu o maior gestor cultural da história do país, o grande alicerce da arte paulista, que deixa um legado tão impactante que é impossível de ser calculado – seja pela sua dimensão material, tangível, seja pela subjetividade e múltiplas consequências positivas, intangíveis, de cada uma das suas ações. Em todas as unidades de excelência do Sesc São Paulo e em tudo que acontece todos os dias dentro delas – cada espetáculo de altíssimo nível, cada exposição disruptiva, cada intercâmbio revelador, cada atendimento acolhedor – viverá eternamente o mestre Danilo Miranda, um gênio brasileiro. Minha grande inspiração profissional, sempre o consultei ao longo da minha trajetória. Seus conselhos sempre foram equilibrados, certeiros. Sua generosidade sempre foi imensa. Seu coração, gigante. Que honra e que privilégio conviver contigo, querido professor. Desencase, obrigado por tudo. Permaneceremos trabalhando pela cultura e honrando sua memória. Meus mais profundos sentimentos para Cleo, Camila, Talita e toda família e para toda comunidade do Sesc SP. 

Alê Youssef
Ex-secretário de Cultura da Cidade de São Paulo

Grande perda para a cultura brasileira. Danilo Santos de Miranda tanto fez por nós! Melhorou o país, melhorou o mundo com sua genialidade e alma sensível, tornou-se uma referência na produção e gestão cultural. Um visionário incansável, que mostrou com o SESC como se faz cidadania e política pública. Expressamos nossos sentimentos aos familiares e amigos. Nosso eterno agradecimento pela sua dedicação e legado. Que sua trajetória continue a inspirar gerações.

Marta Suplicy
Ex-prefeita de São Paulo

Triste com a notícia do falecimento de Danilo Miranda, diretor do SESC São Paulo, cuja vida se confunde com a trajetória da instituição e da própria cena cultural no estado. Miranda foi responsável por difundir o reconhecimento da cidadania através do acesso à cultura e ao lazer. Um dos mais importantes atores culturais do país, dizia esperar um futuro menos desigual através da democratização dos espaços de reflexão e engrandecimento cultural. Meus sentimentos à família, amigos e à comunidade do Sesc São Paulo.

Geraldo Alckmin
Vice-presidente da República do Brasil

Grande perda. Meus sentimentos aos familiares, amigos e todos que admiravam e foram beneficiados pelo seu trabalho.

Luiz Inácio Lula da Silva
Presidente da República do Brasil
Danilo Santos de Miranda recebe o Prêmio Arcanjo 2019 na primeira edição da premiação no Theatro Municipal © Edson Lopes Jr. Blog do Arcanjo 2023
Danilo Santos de Miranda recebe o Prêmio Arcanjo 2019 na primeira edição da premiação no Theatro Municipal © Edson Lopes Jr. Blog do Arcanjo 2023
Danilo Santos de Miranda recebe o Prêmio Arcanjo 2019 na primeira edição da premiação no Theatro Municipal © Edson Lopes Jr. Blog do Arcanjo 2023
Danilo Santos de Miranda em retrato de Bob Sousa © Bob Sousa Blog do Arcanjo 2023

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ouça Arcanjo Pod no Spotify

Blog do Arcanjo no YouTube

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Jornalista cultural influente e respeitado no Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, desde 2019. É Mestre em Artes pela UNESP, Pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, Bacharel em Comunicação pela UFMG e Crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e apresenta o Arcanjo Pod. Eleito três vezes um dos melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, UMA, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. Integra o júri de Prêmio Arcanjo, Prêmio Jabuti, Prêmio Governador do Estado de São Paulo, Prêmio Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Prêmio Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. Vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Medalha Mário de Andrade do Prêmio Governador do Estado, maior honraria na área de Letras de São Paulo.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *