Prêmio Governo do Estado de São Paulo para as Artes anuncia vencedores de 2022

Premiações da Cultura de São Paulo no Teatro Sérgio Cardoso – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Cerimônia no Teatro Sérgio Cardoso marca fim da gestão de Sérgio Sá Leitão na Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo; CEO do Blog do Arcanjo e Prêmio Arcanjo, Miguel Arcanjo Prado vence a Medalha Mário de Andrade

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O Governo do Estado de São Paulo realizou na noite desta quarta-feira (14), no Teatro Sérgio Cardoso, a cerimônia de Premiações da Cultura de São Paulo 2021/2022. Na ocasião, foram condecorados cerca de 100 profissionais que se destacaram por realizações em 2021/2022 em 15 categorias distintas, com o valor de R$ 30 mil. Um investimento de R$ 450 mil.

Além de premiar os destaques de cada categoria, o Governo do Estado, por meio do Secretário de Estado de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, entregou as medalhas Mário de Andrade, Tarsila do Amaral e Medalha Mérito Museológico Waldisa Rússio Camargo Guarnieri para personalidades da Cultura e Economia Criativa que foram elementos importantes do cenário cultural entre 2021 e 2022, assim como os vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura que foram homenageados durante a cerimônia de premiação. Miguel Arcanjo Prado, CEO do Blog do Arcanjo e Prêmio Arcanjo foi um dos vitoriosos na Medalha Mário de Andrade.

O Governo de São Paulo valoriza a cultura e por isso elevou o investimento na área nos últimos quatro anos, o que possibilitou uma série de entregas relevantes, como a abertura do Novo Museu do Ipiranga e do Museu da Língua Portuguesa, a expansão e a descentralização dos programas de fomento e a criação de cinco Fábricas de Cultura 4.0. Os prêmios e medalhas que outorgamos são homenagens aos profissionais que fazem no dia a dia a cultura paulista ser cada vez mais forte e plural, em todas as regiões do Estado. Mais cultura significa mais emprego, mais renda, mais inclusão, mais qualidade de vida e mais desenvolvimento.

Sérgio Sá Leitão
secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

A noite contou com a jornalista Adriana Couto como mestre de cerimônia e show do Trio Café, além de presença no palco da secretária de Cultura da Cidade de São Paulo, Aline Torres, do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Carlão Pignatari, do secretário-executivo de Cultura e Economia Criativa, Frederico Mascarenhas, e do ex-ministro e presidente do Conselho Administrativo da Amigos da Arte, José Gregori.

Sérgio Sá Leitão: 20 anos de vida pública dedicados à cultura – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Em seu discurso, Sá Leitão ressaltou que completa 20 anos de gestão cultural, com passagens pelo Ministério da Cultura como ministro no governo Michel Temer e chefe de gabinete do ministro Gilberto Gil nos dois primeiros governo Lula, secretarias de Cultura do Rio de Janeiro, na gestão de Eduardo Paes, e de São Paulo, gestão João Doria/Rodrigo Garcia, BNDES, RioFilme e Ancine. “A sensação é de dever cumprido”, afirmou, ressaltando que o investimento na cultura em sua gestão deu salto de 90%, passando de R$ 143 milhões em 2018 para R$ 273 milhões em 2022. Além de 45% a mais para as instituições públicas de cultura, de R$ 675 milhões em 2018 para R$ 980 milhões em 2022. Foram mais de 20 mil projetos fomentados e 70 empresas paulistas culturais participando de eventos internacionais com apoio da CreativeSP com InvestSP.

Ao lado da jornalista Adriana Couto, o ex-ministro José Gregori faz discurso impecável nas Premiações da Cultura de São Paulo – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Outro discurso emocionante da noite foi do ex-ministro José Gregori, aos 92 anos. Ele pediu um grande viva para a cultura, anunciando novos tempos para o setor. Em seu discurso, Aline Torres ressaltou a importância da representatividade e de pessoas negras ocuparem cargos de poder dentro do mercado cultural. Enquanto que o presidente da Alesp, Carlão Pignatari, reforçou o retorno econômico e social que a cultura dá à sociedade.

Houve, ainda, homenagens para grandes nomes do cenário cultural brasileiro que faleceram recentemente, entre elas: as cantoras Gal Costa e Elza Soares, o ator, cantor, compositor e apresentador da TV Cultura Rolando Boldrin, o produtor cultural Sérgio Ajzenberg, o ex-diretor do Museu Afro-Brasil, Emanoel Araújo e o jornalista Jorge da Cunha Lima, além do arquiteto Ruy Ohtake.

As 21 cidades que participaram da 16ª edição da ViradaSP, maratona cultural do Governo do Estado de São Paulo, foram contempladas pela ação com o título de capital estadual da cultura de 2022.

Vencedores Prêmio Governo do Estado de São Paulo para as Artes

1.Iniciativas Culturais para Crianças e Adolescentes
Paulo Tatit e Sandra Peres, pelo conjunto de atividades do projeto e grupo Palavra Cantada

2.Comunicação Cultural
Paula Alzugaray, pela realização da revista “Select”

3.Livro, Leitura e Bibliotecas
Daniel Munduruku, pelo trabalho do Instituto Uka / Casa dos Saberes Ancestrais

4. Formação e Capacitação em Cultura
Edillson Ventureli e Isaac Karabtchevski, pelo conjunto de atividades do Instituto Baccarelli e da Orquestra Sinfônica de Heliópolis

5. Inclusão, Diversidade e Acesso à Cultura
Igor Cayres, pela criação da Orquestra Parassinfônica de São Paulo (Opesp)

6. Museus, Equipamentos e Centros Culturais
João Doria Jr., pela viabilização e apoio à realização do projeto de restauro e ampliação do Museu do Ipiranga e do Jardim Francês

7. Patrimônio Cultural Material e Imaterial
Anelis Assunpção, pela criação e funcionamento do Museu Itamar Assumpção

8. Cultura Popular e Tradicional
Sidnei Carriuolo, pelo conjunto de atividades da Liga das Escolas de Samba de São Paulo

9.Cultura Urbana
Felipe Flip e Paulo Cruz, pela realização do podcast “Noir”

10. Grupos, Companhias e Corpos Estáveis
Andrea Caruso e Cassi Abranches, pelo trabalho à frente do Balé da Cidade de São Paulo

11.Empreendedorismo Cultural e Criativo
Facundo Guerra, pelo conjunto de atividades do Grupo Vegas

12.Inovação e Tecnologia em Arte e Cultura
Marcello Dantas, pelo conjunto de atividades da Magnetoscopio

13.Estudos e Pesquisas em Cultura e Economia Criativa
Jader Rosa, pelo conjunto de estudos e pesquisas do Itaú Cultural

14.Mostras, Festivais, Mercados e Eventos Culturais
Zita Carvalhosa, pela realização do Festival Internacional de Curtas de São Paulo

15.Produção Cultural Independente
João Carlos Martins, pelos 60 anos de seu primeiro concerto no Carnegie Hall

MEDALHA MÁRIO DE ANDRADE

● André Sturm
● Andreia Vigo
● Antônio Hermann
● Caio Carvalho
● Carlos Gradim
● Claudia Pedrozo
● Celso Athayde
● Clóvis Carvalho
● Daniel Neves
● Eneida Soller
● Fábio Barbosa
● Fernando Cunha
● Heitor Martins
● José Carlos Marçal de Barros
● José Roberto Maluf
● Jorge Damião
● Marcelo Peroni
● Marcos Mendonça
● Miguel Arcanjo
● Pedro Parente
● Pierre Ruprecht
● Preto Zezé
● Rafael Steinhauser
● Raphael Callou
● Ricardo Piquet
● Sérgio Freitas
● Simon Schazer

MEDALHA TARSILA DO AMARAL

● Afonso Borges
● Alessandra Almeida
● Alessandra Costa
● Amilson Godoy
● Ana Lúcia Bilard Sicherle
● Angélica Fabbri
● Carlos Faggin
● Carlos Meceni
● Carlos Papá
● Cristine Takuá
● Danielle Nigromonte
● Érica Malunguinho
● Fábio Magalhães
● Fernanda Feitosa
● Inês Bogéa
● Ivam Cabral
● Hugo Possolo
● Jochen Volz
● Marcelo Lopes
● Maria Ignez Mantovani
● Odilon Wagner
● Paulo Zuben
● Renata Motta
● Ricardo Ohtake
● Ruriá Duprat
● Samuel Mac Dowell de Figueiredo
● Sônia Barbosa de Souza

MEDALHA MÉRITO MUSEOLÓGICO WALDISA RÚSSIO CAMARGO GUARNIERI – 2021 E 2022

● 2021
○ Marília Xavier Cury
○ Maurício Segall

● 2022
○ Maria Ignez Mantovani
○ Maria Inês Lopes Coutinho

PRÊMIO SÃO PAULO DE LITERATURA 2021 E 2022

● 2021
○ Edimilson de Almeida Pereira (Melhor Romance)
○ Morgana Kretzmann (Melhor Romance de Estreia)

● 2022
○ Antônio Xerxenesky (Melhor Romance)
○ Rita Carelli (Melhor Romance de Estreia)

CAPITAIS DA CULTURA DE 2022

Adamantina
Bertioga
Botucatu
Campinas
Iguape
Ilha Solteira
Indaiatuba
Itanhaém
Itapevi
Mairiporã
Paraibuna
Presidente Prudente
Registro
Santa Bárbara d’Oeste
Santa Rita do Passa Quatro
Santo Antônio do Pinhal
Santos
São José dos Campos
São Sebastião
Ubarana
Votuporanga

Premiações da Cultura de São Paulo 2021/2022 – Fotos Rafa Marques

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Respeitado jornalista cultural e crítico de artes do Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022