Ninguém Dirá Que É Tarde Demais tem brilho de Arlete Salles, Edwin Luisi e grande elenco

Elenco de Ninguém Dirá Que É Tarde Demais é fortemente aplaudido no Teatro das Artes – Foto: Silvana Garzaro – Blog do Arcanjo

Amir Haddad dirige texto de Pedro Medina, também no elenco com Alexandre Barbalho no Teatro das Artes em SP

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Quem disse que há tempo para o amor? Ou para se aproveitar a vida? Ao ver o espetáculo Ninguém Dirá Que É Tarde Demais, texto de Pedro Medina encenado por Amir Haddad no Teatro das Artes do Shopping Eldorado, em São Paulo, a gente sai com a sensação de que não há limite de idade para o afeto ou redescobertas. A peça pode ser vista às sextas, 20h, e sábado e domingo, 19h, até 16 de outubro. Retire seu ingresso!

Arlete Salles, uma das maiores atrizes de nossa dramaturgia e que celebra 65 anos de carreira, protagoniza o espetáculo, cujo título e inspiração vêm de uma linda canção da banda Los Hermanos. A produção e criação original do projeto é do trio Tulio Rivadávia, Marcio Sam e Rose Dalney.

Os produtores Túlio Rivadávia, Rose Dalney e Marcio Sam estão à frente de Ninguém Dirá Que É Tarde Demais no Teatro das Artes – Foto: Silvana Garzaro – Blog do Arcanjo

Arlete interpreta uma idosa de classe média, trancafiada com o neto durante a quarentena. O rapaz, interpretado pelo próprio autor da peça Pedro Medina, parece meio sem rumo na vida, do tipo eterno adolescente ao qual ela empurra rumo às responsabilidades da vida adulta.

Do outro lado, há a dupla de vizinhos formada por Edwin Luisi, na pele de um viúvo um tanto quanto perdido na vida após a partida da mulher, e seu filho, papel de Alexandre Barbalho, que busca alentar o pai enquanto reconstrói sua vida após uma traumática separação.

Retire seu ingresso para Ninguém Dirá Que É Tarde Demais!

Elenco de Ninguém Dirá Que É Tarde Demais é fortemente aplaudido no Teatro das Artes – Foto: Silvana Garzaro – Blog do Arcanjo

Essas histórias mínimas se cruzam na rua quando os idosos saem, ainda de máscara, pela primeira vez. Após tanto confinamento, a pulsão irrefreável da vida toma conta de tudo, com seu movimento sempre em frente, sensibilizando o espectador. Amir Haddad aposta em uma encenação enxuta de recursos e que aposta, crucialmente, no talento dos atores em cima do palco. E o quarteto consegue conquistar a atenção do público durante as duas horas de espetáculo.

Arlete Salles mostra em cena a grande atriz que é, dando o texto com propriedade e nuances. Edwin também demonstra seu talento, ao construir um personagem contido, construindo com Arlete a química necessária. Os outros atores, Pedro Medina, com seu personagem mais estabanado, e Alexandre Barbalho, mais elegante, constroem o entorno necessário para que o casal protagonista brilhe.

Ninguém Dirá Que É Tarde Demais traz uma preciosa lição de quem não devemos desistir da vida, nem mesmo quando ela parece acabar. Porque sempre há uma chance de ser feliz, é só se reprogramar para isso e abandonar o peso que muitas vezes o passado costuma ter.

Elenco de Ninguém Dirá Que É Tarde Demais é fortemente aplaudido no Teatro das Artes – Foto: Silvana Garzaro – Blog do Arcanjo

O Blog do Arcanjo acompanhou uma das sessões e mostra os bastidores nas fotos de Silvana Garzaro.

Retire seu ingresso para Ninguém Dirá Que É Tarde Demais!

Elenco de Ninguém Dirá Que É Tarde Demais recebe Blog do Arcanjo no camarim

Blog do Arcanjo mostra quem já aplaudiu Ninguém Dirá Que É Tarde Demais no Teatro das Artes

Retire seu ingresso para Ninguém Dirá Que É Tarde Demais!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo