Morre Claudia Jimenez, grande atriz e humorista, aos 63

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Morreu no Rio Claudia Jimenez, aos 93 anos, vítimas de insuficiência cardíaca, aos 63 anos. A atriz é um dos grandes nomes do humor nacional, interpretando a Cacilda da Escolinha do Professor Raimundo e a Edileuza da série Sai de Baixo, grandes sucessos de audiência na década de 1990.

Corajosa, a atriz vinha enfrentando nos últimos anos o câncer, sempre com muita disposição de vencer essa batalha, dando exemplo de superação. Tanto no teatro, quanto na TV e no cinema, a atriz se notabilizou pelo seu excelente tempo para a comédia e o farto carisma que imprimia às suas personagens.

Ela atuou no Viva o Gordo, ao lado de Jô Soares, em Os Trapalhões, e em Chico Anysio Show, entre outros programas. Nas novelas, brilhou como a garçonete Bina em Torre de Babel.

E também fez parceria de sucesso nos palcos com o amigo Miguel Falabella, na peça de sucesso Como Encher um Biquíni Selvagem, de 1996.

Em 2003, novamente lado de Falabella, fez Batalha de Arroz num Ringue para Dois, de Mauro Rasi.No ano seguinte, dividiu o palco com Ernani Moraes, na comédia Pequeno Dicionário Amoroso, de Jorge Fernando.

Em 2010, participou do espetáculo Mais Respeito que Sou Tua Mãe!, escrita pelo argentino Hernán Casciari e dirigida por Falabella.

O Blog do Arcanjo lamenta profundamente a perda desta grande artista brasileira e envia as condolências aos familiares, amigos e fãs.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo