Evita Open Air homenageia 4 atrizes que foram Eva Perón no Brasil nos 70 anos da morte da primeira-dama da Argentina

Do alto, em sentido horário: Claudya, Paula Capovilla, Bianca Tadini e Myra Ruiz, as quatro atrizes que viveram Evita no Brasil são homenageadas no musical Evita Open Air neste domingo, 31 de julho – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O próximo domingo, 31 de julho, promete ser de emoção no palco ao ar livre do musical Evita Open Air, no Parque Villa-Lobos, em São Paulo. Os produtores Carlos Cavalcanti, Vinicius Munhoz e Cleto Baccic, da Atelier de Cultura, responsável pela superprodução, prometem homenagear as quatro atrizes que viveram a personagem Eva Perón (1919-1952) nos palcos brasileiros: Claudya, que protagonizou o musical em 1983 dirigido por Maurcio Sherman e que rendeu a gravação de um LP, Paula Capovilla e Bianca Tadini, que deram vida a Evita no musical de 2011 dirigido por Jorge Takla, e a atual Evita, Myra Ruyz, protagonista de Evita Open Air. A homenagem acontece na semana dos 70 anos da morte da primeira-dama da Argentina Eva Perón, em 26 de julho de 1952, com apenas 33 anos, deixando órfão todo um país e se tornando uma das figuras femininas mais importantes da história na América Latina. A celebração vai ocorrer nas sessões das 15h e 18h. Imperdível!

Retire seu ingresso para Evita Open Air!

Evita Perón (1919-1952), primeira-dama da Argentina e uma das mulheres mais importantes do século 20 – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Atrizes falam sobre Evita em suas vidas

Ser Evita é uma honra muito grande. Ela foi uma mulher pioneira, que viveu em um mundo dominado por homens. Evita passou por muitas coisas na vida que um homem não passaria. Ela foi muito atacada por julgamentos e pelo machismo, que dominava na imprensa e na sociedade. Eu me identifico demais com ela, porque eu também, como mulher, ainda passo pelas mesmas coisas, sabe? Evita foi interpretada por grandes mulheres, como Madonna no cinema. Mas quis tirar o peso da Evita personagem, da megaestrutura, das músicas difíceis… Tudo isso sumiu e este trabalho se tornou muito mais sobre eu me conectar à história de uma mulher com a qual me identifico. Não estou imitando a Evita, não tenho traços e tudo mais semelhantes a ela. É sobre a minha relação com ela, minha real conexão com essa mulher. E sinto que, a partir desta verdade, o público se conecta também.

Myra Ruiz
Atriz que vive Eva Perón em Evita Open Air em 2022 no Parque Villa-Lobos

Faz 70 anos que Eva Peron, líder espiritual da Argentina, entrou para a imortalidade. Impossível não parar um pouquinho e pensar nela. Sempre fui fascinada por sua história. Li o Santa Evita com 13 anos, depois de decorar o OBC duplo com a Patti LuPone e o Mandy Patinkin. Meu segundo encontro com ela foi na AMDA onde me colocaram para fazer a Valsa para Eva e Che. Meu terceiro encontro foi inesquecível: a montagem linda de 2011 dirigida por Jorge Takla (obrigada por realizar o sonho da menina de 13 anos que cantava Rainbow High no chuveiro). Eu fazia a Amante de Peron. De repente, passei a cobrir a Evita. Foi tudo mega rápido. No susto mesmo. Estreei no aniversário dela: 7 de Maio. Tenho certeza que ela estava lá comigo. Certeza. Obrigada por tocar minha vida, Eva!

Bianca Tadini
Atriz que viveu Evita no musical em 2011 no Teatro Alfa

Blog do Arcanjo mostra imagens do musical Evita Open Air

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Jô Soares sofre censura após morte Diário de Pilar na Grécia faz temporada no Teatro das Artes em SP O Deus de Spinoza estreia no Teatro Itália Bandeirantes Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz