Carol Hubner se despede da comédia A Banheira, após 6 anos de sucesso

Carol Hubner: pausa no teatro para rodar um longa e curtir a família – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Carol Hubner resolveu que é hora de encerrar um ciclo de sucesso no teatro. Com novos projetos em andamento, a atriz deixa o elenco da peça A Banheira, comédia amada pelo público de São Paulo há seis anos e que atualmente segue em cartaz no Teatro Maria Della Costa, sob produção de Val Keller.

“É uma peça muito especial na minha vida, com a qual aprendi muito e tive muitas alegrias, além de ter sido muito prazeiroso todos esses anos de trabalho com a Val Keller, uma das grandes produtoras do teatro paulistano”, diz Carol Hubner ao Blog do Arcanjo.

A peça A Banheira entrou para a história ao ser pioneira na retomada do teatro presencial em 2020 após a quarentena.

Carol Hubner em A Banheira: atriz deixa a comédia após seis anos de sucesso em mais de 500 apresentações – Foto: Leticia Lima – Blog do Arcanjo

6 anos de sucesso

Foram seis anos protagonizando a obra em mais de 500 apresentações em cinco diferentes teatros de São Paulo. Agora, Carol Hubner dá um tempo no frenesi das apresentações lotadas para o prazer dos estudos e da convivência serena com a família — ela é casada com o tenista e comentarista esportivo Fernando Meligeni, com quem tem os filhos Gael e Alicia.

Além disso, Carol se prepara para rodar um longa-metragem nos meses de agosto e setembro.

Ao lembrar de tudo o que viveu em A Banheira, a atriz se emociona.

“Foi uma peça marcante em minha carreira, pois pude trabalhar com a comédia que tanto gosto, foram anos divertidíssimos nos palcos. Porém, precisava de um tempo para ficar com a minha família, meus filhos, até chegar o momento de rodar o filme e esperar uma nova e boa oportunidade para voltar ao teatro. Eu vivo o teatro”, pontua.

Filme e novela

O nome do longa não poderia ser mais apropriado para seu atual momento: O Ar Que a Gente Respira, sob direção de Rafael Santin.

Além do cinema, Carol ainda celebra poder rever na TV um momento importante do começo da carreira, a novela Esmeralda, que é reprisada pelo SBT.

A Banheira segue em cartaz

Com texto de Gugu Keller, a peça A Banheira segue em cartaz no Teatro Maria Della Costa, projetado por Oscar Niemeyer. O papel que era vivido por Carol Hubner, Fernanda, agora é defendido por Samara Pereira. Ainda estão no elenco André Grecco, Wagner Maciel, Glaura Lacerda e Jorge Paulo. Retire seu ingresso!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg


Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas