Festa das Nações de Piracicaba une gastronomia e cultura

Engenho Central de Piracicaba, onde acontece a Festa das Nações de Piracicaba até domingo – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Após espera de dois anos, o Engenho Central volta a receber a Festa das Nações de Piracicaba, que começou na quarta-feira, 18, e vai até domingo, 22/05. Aproximadamente 1.700 pessoas, entre voluntários e funcionários de empresas terceirizadas trabalham no evento, além de 5.000 voluntários durante os cinco dias da festa, que une gastronomia, cultura e solidariedade.

A abertura oficial contou com autoridades e apresentação das Rainhas, seguida de shows musicais. Fábio do Amaral Sanches, presidente da Fenapi (Associação Festa das Nações de Piracicaba), realizadora do evento, comemora o retorno. De acordo com ele, além de ser fonte de renda para as instituições e atendidos, a festa funciona como uma vitrine e momento de troca de relacionamento com pessoas e empresas que passam, até, a contribuir de forma permanente com os projetos sociais.

“A Festa das Nações tem a colaboração de toda a sociedade. São quase 2.000 pessoas envolvidas na montagem, preparação, além de mais de 5.000 pessoas voluntárias. A festa é uma unanimidade, um evento que todos admiram e gostam porque a festa não é das instituições sociais, não é da Fenapi. A Festa das Nações é de Piracicaba”, afirmou.

Nesta edição, a 37ª, a renda da festa será revertida a 19 instituições sociais que atendem milhares de pessoas em Piracicaba.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba (Fussp), que promove a festa, Andréa Almeida, também comemora o retorno da festa. “As instituições dependem muito desta festa para se manterem e ficamos muito felizes em poder promover e ajudar com nosso trabalho. Todas as secretarias municipais estão envolvidas na realização. Então quero agradecer a todos os servidores e a todos os voluntários e trabalhadores neste momento”, disse.

Os ingressos neste ano custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia-entrada). Além de venda pela internet, há três acessos ao Engenho Central, onde também haverá bilheterias para a compra na hora. Elas ficarão nas entradas do Engenho pelo Parque do Mirante (avenida Maurice Allain), passarela Pênsil (avenida Beira Rio) e passarela Estaiada (avenida Beira Rio).

GASTRONOMIA

A 37ª Festa das Nações terá 15 restaurantes, que vão servir pratos típicos da Alemanha, Brasil,  Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Índia, Itália, Japão, México, Nações Árabes, Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido e Suíça. O cardápio completo dos restaurantes está disponível no site festadasnacoes.org.br, no botão Instituições e Cardápios. É só acessar, clicar na bandeira da nação e conferir.

É importante lembrar que não há mais jantares fechados. Dessa forma, a festa e os restaurantes serão abertos a todos, todos os cinco dias de festa. Quem quiser, pode adquirir jantares antecipadamente. Para isso, deve entrar em contato com a instituição responsável pelo restaurante escolhido.

SHOWS

O Palco Principal da 37ª Festa das Nações terá mais de 20 atrações, durante os cinco dias, com artistas de Piracicaba e de diversas outras cidades.

Amanhã, às 21h, haverá apresentação de jazz com a banda instrumental Eloy Porto e Brasuká Sexteto. Na sequência, sobe ao palco o Água de Vintém, grupo de choro. Na quinta, 19/05, os shows são com André Grella Trio, e Hot Club de Piracicaba. Na sexta, 20/05, haverá apresentação de música e dança indianas, e da Orquestra Piracicabana de Viola Caipira.

No sábado, os shows começam às 12h, com Grupo Karon Cali, de dança árabe, seguido do Choro de Saia, Maracatu Baque Caipira, Samba de Lenço, Orquestra Sanfônica, do grupo de tradição suíça Tanzgruppe Helvetia, de dança gaúcha CTG Meu Pago. Às 19h, o público poderá acompanhar apresentação cultural coreana, a Orquestra Sinfônica de Piracicaba e a Orquestra Paulistana de Viola Caipira.

No domingo a apresentação Aprendendo com a Música abre a programação de shows, às 12h, seguida da Congada do Divino Espírito Santo, do grupo de dança Cor & Corpo, do Grupo Santa Olímpia de Danças Folclóricas, do grupo de dança folclórica Raízes de Portugal e da Orquestra Educacional de Piracicaba, que fecha o evento.

As Rainhas da 37ª Festa das Nações, que representam as 15 nações, se apresentam todos os dias no Palco Principal, às 20h, na quarta, quinta, sexta e sábado. No domingo, a apresentação será às 15h. Durante todos os cinco dias da festa uma banda de jazz vai percorrer o Engenho.

Confira programação completa e retire seu ingresso!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas