Contos de fadas ganham releitura crítica na peça O Estranho Mundo de Grimm, que estreia na SP Escola de Teatro

Bela Adormecida ganha releitura na peça O Estranho Mundo de Grimm – Foto: Giovana Santiago, Lucival Almeida e Rafael Soares – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Bruxas, princesas, crianças peraltas, maçãs envenenadas e príncipes encantados. Os personagens dos mais famosos contos de fadas ganham releitura crítica nos palcos de São Paulo a partir desta sexta (13) em projeto idealizado pelo diretor Ronaldo Saad. É quando estreia, às 21h, na Sala Alberto Guzik da SP Escola de Teatro, na Praça Roosevelt, 210, a peça O Estranho Mundo de Grimm. A obra pode ser vista sextas e sábados, às 21h até 27 de maio com ingressos disponíveis no Sympla, por R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira).

Dirigido e criado por Ronaldo Saad, o projeto é uma releitura de 3 contos de fadas clássicos escritos por Jacob Ludwig Carl Grimm e Wilhelm Carl Grimm, os irmãos Grimm. A Gata Borralheira, João e Maria e A Bela Adormecida são encenados a partir de um ponto de vista crítico e moderno, buscando outro novo olhar sobre as ações dos personagens, enquanto família e indivíduos sociais.

Os contos de fadas tiveram sua ascensão no século 17, na França. Autores como os irmãos Grimm foram precursores de histórias arrebatadoras disseminadas de geração em geração, contudo, com uma análise mais crítica da origem dessas narrativas, é possível perceber profundas alterações que o gênero sofreu ao longo do tempo, mudanças feitas para diminuir o impacto negativo das histórias originais.

Ronaldo Saad
diretor

Em João e Maria, por exemplo, a peça narra a vida de uma família muito pobre em que a mãe resolve abandonar os filhos na floresta porque não consegue mais alimentá-los, trazendo uma reflexão sobre a fome, um problema ainda muito atual.

“Já no terceiro ato, vemos Tália, a famosa Bela Adormecida, tornar-se dona da própria narrativa ao revelar as dores do estupro sofrido enquanto dormia e ter engravidado de seu abusador: o próprio príncipe”, analisa Saad.

Retire seu ingresso para O Estranho Mundo de Grimm

A origem dos contos de fadas

Os contos de fadas pertencem à literatura infantil, mas nem por isso deixam de encantar pessoas de várias idades ao redor do mundo. Considerados clássicos da literatura mundial, os contos de fadas têm origem em tempos remotos e nem sempre se apresentaram como os conhecemos hoje.

O aspecto fantasioso e lúdico que hoje os envolve surgiu da necessidade de minimizar enredos controversos e polêmicos, próprios de uma época em que a civilização ainda não havia inventado o conceito que hoje conhecemos tão bem: a infância.

Os contos de fadas têm sua origem na cultura céltico-bretã, na qual a fada, um ser fantástico, tem importância fundamental.

O ESTRANHO MUNDO DE GRIMM

Quando: de 13/05 (sexta-feira) até 27/05 (sábado)
Sextas e sábados, sempre às 21h. 70 minutos. 14 anos.
Ingressos: meia-> R$15/ INTEIRA-> R$30
Ingressos via Sympla

FICHA TÉCNICA
Direção e Concepção: Ronaldo Saad
Dramaturgia: Alessandro Lopes, Giovana Santiago, May Crepaldi, Ronaldo Saad e Vinicius Nunes
Revisão final: Ronaldo Saad e Vinícius Nunes
Produção: CPA – Centro de Pesquisa em Artes
Assist. Direção: May Crepaldi
Elenco: Bárbaro Xavier, Breno Borges, Cledson Soares, Danilo Rezende, Denis Felix, Emmanuelly Berbel, Gio Cípola, Jhonata Souzaa, Luiz Vieira, Lucas Duca, Lucival Almeida, Mariah Saphira, May Crepaldi, Marcelo Liborni, Micaela Rodrigues, Myra Saturnino, Patrícia Oliveira, Sofia Falastro e Tilly Garcia.
Figurinos: Ângela Schoendorfer e Ronaldo Saad
Cenografia: Ângela Schoendorfer e Danilo Rezende
Desenho de luz: Ronaldo Saad e Vinicius Nunes
Sonoplastia: Ronaldo Saad e Vitor Hugo
Visagismo: Hello Santana
Preparação vocal: Robson Guedes
Coreografia e limpeza: Tilly Garcia
Assessoria de Imprensa: Luiz Vieira
Coordenador de palco: Danilo Rezende
Assist. de Palco e operador de som: Vitor Hugo
Fotos: Giovana Santiago, Lucival Almeida e Rafael Soares
Estagiário: Igor Lima
Gênero: Comédia / Drama.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo Fred Raposo é destaque no Mirada Maitê Proença estreia O Pior de Mim em SP